Current track
Title
Artist

Current show

Background

Alda Maria Gonçalves Tomé – professora de Português por profissão e vocação. Dedicada à educação de adultos e à aprendizagem ao longo da vida, sempre orientei a minha componente pedagógica no sentido de poder enriquecer, nas aulas, a prática da língua portuguesa – escrita e oral. Nas lides radiofónicas, ao microfone, é outra coisa… mas […]

Aos 12 anos entrava pela primeira vez num estúdio de rádio, um dia inteiro encostado a um canto num total silêncio tímido foi quanto bastou para ficar irremediavelmente “contagiado”. Com 14 anos montava um emissor de FM de 5 Watts e com mais algum material tinha quanto baste para fazer umas “emissões” para a “vizinhança”.  […]

Beirã de 39 anos a Tina é divertida e brincalhona, de tal forma que se pudesse vivia com todos os amigos e família, na mesma casa. Não perde a oportunidade para realizar uma boa tertúlia. Gosta de escrever, do campo, do mês de Novembro e o número 13. Mas mais que brincar e conversar adora […]

Nasceu na linha de Cascais.Desde sempre foi ouvinte de rádio, principalmente, das rádios locais da Linha de Cascais.Em 1992 iniciou a carreira de técnico de áudio e Disc-Jockey no Ruina Bar, no Estoril, onde fez o som de várias bandas emergentes do panorama Pop-Rock nacional.Mais tarde, completa o curso profissional de audiovisuais.Durante dois anos trabalhou em televisão, mudando-se depois para a música ao vivo e gravação musical.Para além de free-lancer, foi técnico residente do Estúdio 1 Só Céu (dos Delfins) e técnico de som ao vivo de Delfins, Alémmar, Astronautas, Cinemuerte e Sara Tavares, entre muitas outras bandas Pop Rock.Desde 2009 é o técnico responsável do Estúdio de Vídeo da Fundação para a Ciência e a Tecnologia e Voz-Off corporativa da instituição.Desde 2016, é o realizador do programa de rádio “Cascais Garage”.

Francisco Rocha, pois… sou eu !! …comunicação !.. uma real necessidade entre nós…mas que novidadeee !!… digo eu e todos vós… advirto desde já que não há espaço para hipocrisia…com excepção se for de bom nível. Desde cedo fui orientado para a imagem / televisão até mesmo trabalhar com ela e ali fiquei qual pega-monstro… […]

Professor nas disciplinas de Atelier Rádio (desde 1994) e Semiótica da Comunicação (desde 2008). Coordenador do Laboratório de Rádio (RadioLab) da universidade (desde 1993). Coordenador e formador nos cursos de especialização em rádio (desde 2005). Produtor do blog/programa Vinil: http://vinil.radioautonoma.com.pt (desde 2011). Formador de Design de Comunicação e Multimédia para o programa POPH (de 2008 […]

Joaquim Pantaleão é nome que dispensa apresentações na indústria da música de dança made in Portugal. Figura incontornável da rádio e televisão com uma atividade paralela na área do dj. Com apenas 17 anos, tornou-se Locutor de Rádio e Realizador na 98FM, Seguiram-se convites e participações noutras rádios como a Marginal, Rádio Mais, Super Fm […]

Aprendizagem num tempo em que a palavra reclamava na necessidade e urgência da sua transmissão. Consolidação em vastas horas de saberes temáticos. Vivência na soma dos dias com intensidade, coragem, rigor, entusiasmo, ambição. E os sons da beleza das palavras na exigência da paixão e na atracção do amor.  Libertando o encanto.       […]

  Tinha 13 anos  quando entrei pela primeira vez numa rádio! Aquilo foi amor à primeira escuta. Dois anos depois, já tinha o meu programa!Este “bichinho” quando entra nunca mais sai, e volvidos 25 anos, volto a fazer algo que tanto amo. Sou uma miscelânea de gostos…já fui uma “pop girl” mas nos últimos tempos […]

Desde muito cedo fui infectado pelo conhecido bicho da rádio, “doença” que se mantém até hoje. Um dia sem rádio, um dia sem música, é seguramente um mau dia. É como não quero ter maus dias, quero rádio todos os dias.

Mergulho nos projetos com os quais me envolvo. Mas sempre com botija de oxigénio. Nascido no ano de 1977 em Lisboa, é esta a cidade onde reside. Amante de boa música seja ela de onde for, de bons filmes ficção científica, e também amante de pessoas com humor.

  Uma das vozes doces da NTR , tranquila e serena vai dando os primeiros passos nas lides radiofónicas. Fã incondicional de tertúlias com amigos não perde uma oportunidade para uma boa conversa.  Vai trazer á antena da NTR momentos com grandes recordações.  

“Dizem que o Nuno Ferreira gosta de tocar guitarra nos tempos livres. É professor algures numa escola pública, entre as aulas e os ensaios com a sua banda, promete trazer novidades dentro do ADN da Sinfonia Alternativa, o seu espaço na Network Radio”.

Paulo Félix de Oliveira Jurista http://anoitebranca.blogspot.pt/  

Foi no final da década de 80,que descobri a minha paixão pela rádio, através de amigos comuns. Depois te ter ” abraçado ” vários projectos,e de um interregno de quase 15 anos,esse ” bichinho ” nunca morreu. É com todo o prazer que regresso em Outubro para mais um desafio na NTR, que espero ser […]

  Estou contigo na NTR, a partir das 22:30, quando a noite já vai alta mas nem por isso resolvida e eu estou a aqui para ti.  Sempre aqui. Aqui temos encontro marcado todas as sextas-feiras, com as propostas calmas diferentes para as noites as mais tranquilas.

Gostava de ter feito Rádio, toda a minha vida! Mas vá-se lá saber porquê, não foi assim que o projeto correu (eu tenho uma vaga ideia). Mas comecei cedo, lá pelos 9 anos já fazia relatos de futebol, da varanda de minha casa para toda a rua, uma vez que a minha mãe não me […]

Relação estranha a minha com a rádio… Amei-a de paixão, casei com ela mas agora estamos em litigio. Talvez o carinho se sobreponha e cá estou eu com o meu pequeno contributo. Mas não me quero apaixonar novamente, pelo menos da mesma forma. Ela mudou, eu mudei. Nunca mais seremos o mesmo, até porque isso […]

A paixão pela rádio concretizou-se em 1986, numa "rádio pirata"  (Rádio Saturno - 102.0 FM estérico) embora nunca tenha visto por lá ninguém com olho de vidro e perna de pau.Papagaios, esses, eram muitos...Com o passar do tempo a aventura prosseguiu por outras estações de rádio (Nova Antena, Rádio Frequência Mais e Rádio Mais).Lembro-me perfeitamente do Natal mais triste da Rádio portuguesa... 1988, quando todas as rádios se silenciaram até obterem a sua licença de transmissão.Janeiro de 1989,  marcou-me definitivamente porque é quando inicío uma viagem fantástica de 5 anos na Rádio Renascença.Uns meses, breves mas intensos, na Voz de Lisboa, depois uns anos  repartidos pela  RFM e o Canal 1 da Renascença. Agora na NTR - Network Rádio, continua o desafio, numa plataforma web mas com a mesma vontade de sempre... Comunicar!!!Porque aqui... É OUTRA MÚSICA!!!     

    O Rodrigo é a mais jovem estrela da Network Rádio. Um grande ” benfiquista”, que sofre durante os jogos a jogar mindcraft. O maior fan do mundo dos youtubers, sempre que pode, não larga o computador! Gosta muito de fazer rádio, e como ele diz, (…) estou aqui para trabalhar na Network Rádio, […]

Locutor e animador profissional com mais de 30 anos de experiência na área da apresentação e realização de programas radiofónicos. Quando era menino e moço já brincava à rádio em casa com os amigos e montava estúdios improvisados, na sala lá de casa, com um gravador de k7, e mais tarde um de bobines, gira-discos […]

Conta com cerca de 30 anos de experiência em Locução em rádio, Televisão e outros meios de comunicação. Critica acérrima de tudo o que se faz ao nível da locução em Portugal, principalmente na forma e no estilo das locuções que os profissionais da voz nos fazem chegar, defende o brio profissional que cada locução […]

O  Vítor Ferreira, bem-disposto, começou nas lides da rádio em 1969, na antiga Rádio Universidade é o decano dos animadores da Network Rádio. Deslizou nas ondas do éter na Rádio Onda Jovem, Saturno, Mais, e Renascença e actualmente é jornalista no canal angolano Banda TV, animador na Network Rádio. E com todo este treino, mantém […]

  A paixão pela Radio, começou no inicio da vaga de Rádios Piratas, pós 25 de Abril, em Portugal O Vítor engenhocas e criador de elite lá começou o seu percurso radiofónico na Radio Saturno, no longínquo ano de 1979. Como isto não chegava e tinha de saber com precisão como fazer as coisas, decide […]