EXPOSIÇÃO “LUTO – GUSTAVO SUMPTA” 19 NOVEMBRO 2020 A 8 JANEIRO 2021

Written by on 18/11/2020

Abertura 19 de Novembro das 15h30 às 19h

Ana Catarina Fragoso, Bárbara Fonte, Francisco Tropa, Gustavo Sumpta, João Belga, Maria Condado e Rui Chafes. 



A Galeria da Casa A. Molder inaugura com a exposição Luto de Gustavo Sumpta (1970).
Luto é o título da escultura efémera que foi realizada especialmente para as salas da Galeria da Casa A. Molder e que dá o título à exposição. A escultura envolve e limita o espaço, propondo uma interacção atenta com o espectador. Nas palavras do artista, que usa frequentemente como material das suas esculturas fita de cassetes de VHS, um material de registo magnético obsoleto: “Esta escultura é apresentada como se do resíduo de uma performance se tratasse. Elogia-se o movimento contínuo e repetido. Aqui o Luto é a metamorfose do pranto”.

A exposição estará aberta ao público durante a semana, no horário da tarde da Loja: das 15h30 às 19h, e aos fins-de-semana e Feriados por marcação. A entrada para a Galeria faz-se pela loja.

Covid-19
Obrigatório o uso de máscara e desinfecção das mãos à entrada da loja. O espaço da galeria está limitado a 3 pessoas.

GALERIA da CASA A. MOLDER

A Galeria da Casa A. Molder é um projecto da artista Adriana Molder, o qual propõe mostrar arte contemporânea, recuperando para tal o espaço de exposições existente na Casa A. Molder, loja histórica de filatelia situada no coração da cidade de Lisboa, na Rua 1º de Dezembro, 101, 3º andar, desde 1943, quando foi fundada por August Molder.

As exposições estarão abertas ao público durante a semana, no horário da tarde da Loja: das 15h30 às 19h e aos fins-de-Semana e Feriados por marcação. A entrada para a Galeria faz-se pela loja.

O projecto Galeria da Casa A. Molder não tem qualquer intento comercial.


Current track

Title

Artist