FESTIVAL “AMADORA BD” 22 OUTUBRO A 6 NOVEMBRO

Written by on 22/10/2020

O Festival de Banda Desenhada da Amadora está de volta, desta vez através do ecrã, com transmissão nas redes sociais do evento, a partir da Bedeteca da Cidade.

O Amadora BD arranca esta quinta-feira, 22 de Outubro, com um novo formato, vocacionado exclusivamente para o universo digital, com transmissão nas redes sociais do evento até 6 de Novembro. Sem precisar de sair de casa, vai ser possível assistir a conversas com autores, lançamentos de novas edições, apresentações de projectos, visitas virtuais a exposições, oficinas e muitas outras novidades relacionadas com o universo da banda desenhada.

A Câmara Municipal da Amadora , durante o Verão, já tinha referido que este ano o festival de banda desenhada da cidade, organizado desde 1989, não se iria realizar “nos moldes habituais”. Mas o novo formato só foi anunciado na quarta-feira, e destaca a apresentação de duas exposições na Bedeteca do Município, localizada na Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos.

No âmbito da comemoração do 90.º aniversário do “Mestre da Banda Desenhada” José Ruy, a exposição “Do Tejo ao Fim do Mundo” centra-se nas viagens, tanto reais como imaginadas, pelos estudos, esquiços, argumentos e desenhos originais da sua obra. Já para assinalar a actual situação pandémica, “momento único para a criação artística”, a autarquia convidou 30 autores portugueses, entre desenhadores e argumentistas, a apresentarem “obras realizadas durante a quarentena ou que tenham a pandemia como inspiração”. A exposição colectiva “30 + 1: A BD não faz quarentena” reflecte sobre esta conjuntura e o que ela significa para a banda desenhada portuguesa.

Este ano, celebra-se ainda o 30.º aniversário do festival, com a exibição de Entre Traços: 30 anos de Banda Desenhada, um documentário sobre a estreita proximidade entre a Amadora e a BD, “desde a sua infância à maturidade, perspectivando o lugar do evento no futuro e para as novas gerações”. Mas há muito mais para ver na programação, desde as oficinas da It’s a Book até às conversas com o colectivo The Lisbon Studio e aos lançamentos das editoras como a Escorpião Azul, Polvo e Ala dos Livros.

Se por acaso sair de casa para desconfinar um bocadinho, vai ainda gostar de saber que a Câmara Municipal da Amadora desafiou André Carrilho, Nuno Saraiva, Luís Louro, José Ruy, Joana Afonso e Marta Teives “a criar uma ilustração original para vários outdoors espalhados pelo concelho”, passando para BD as medidas de prevenção do contágio pelo novo coronavírus, através de provocações, como a de Luís Louro, que recorda a necessidade de evitar aglomerados e deixa o repto: “Não seja um Covidiota”.

Para não perder pitada, basta estar atento à página de INSTAGRAM e FACEBOOK do Festival de Banda Desenhada da Amadora, onde já estão a ser anunciadas todas as novidades, como uma conversa com o mestre José Ruy (22 de Outubro, 21.30) ou um workshop para criar uma banda desenhada tridimensional (25 de Outubro, 11.00).

(via: timeout)


Current track

Title

Artist