CONCURSO BOLSAS CRIAR LUSOFONIA 2020

Written by on 16/10/2020

CANDIDATURAS ENTRE 16 OUTUBRO E 16 NOVEMBRO.

O concurso Criar Lusofonia tem por objetivo a atribuição de bolsas no domínio da escrita para cidadãos de países da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa.

Com estas bolsas pretende-se criar oportunidades de contacto aprofundado com outros países lusófonos aos escritores/investigadores de língua portuguesa, a fim de produzirem uma obra destinada à divulgação no espaço lusófono.

BOLSAS CRIAR LUSOFONIA
2020


O concurso Criar Lusofonia tem por objetivo a atribuição de bolsas no domínio da escrita para
cidadãos de países da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa.
Com estas bolsas pretende-se criar oportunidades de contacto aprofundado com outros países
lusófonos aos escritores/investigadores de língua portuguesa, a fim de produzirem uma obra
destinada à divulgação no espaço lusófono.
A edição 2020 do concurso tem o apoio do Ministério da Cultura e é gerida pelo Centro Nacional
de Cultura (CNC).
BOLSAS
São instituídas duas bolsas de criação/investigação literária que permitirão estadas de quatro
meses em Portugal ou num dos outros sete países lusófonos.
Pelo menos uma das bolsas será atribuída a um português.
CANDIDATURAS
Podem candidatar-se às bolsas de criação/investigação escritores e investigadores com obra
publicada nos respetivos países e, preferencialmente, também fora deles.
Os candidatos serão apreciados com base no curriculum vitae, no conjunto da obra produzida até
à data da candidatura e na “declaração de motivos”. Os processos de candidatura deverão
incluir:
 Declaração de motivos e Projeto a desenvolver
 Indicação do país de sua preferência explicando a escolha
 Livros, artigos publicados (indicação)
 Cópia de documento de identificação
 Curriculum Vitae
 Nacionalidade e País de residência
 Endereço de email e telefone de contacto
As candidaturas deverão ser entregues em 5 exemplares, pessoalmente ou enviadas por correio,
ao cuidado de:
Bolsas Criar Lusofonia
Rua António Maria Cardoso nº 68
1249-101 Lisboa
Portugal
PROGRAMA
O programa de cada bolseiro será de sua livre escolha devendo, no entanto, respeitar as
seguintes condições:
 Estabelecer um plano geral para o tempo de estada e dar dele conhecimento ao CNC antes do
início de vigência da bolsa
 O referido plano deverá prever deslocações a vários pontos do país onde se encontra,
despesas que serão cobertas pelo bolseiro

VIAGEM


A viagem aérea ida e volta em classe económica será liquidada perante entrega no CNC do
bilhete utilizado. Em alternativa, o CNC pode adquirir o bilhete e entregá-lo ao bolseiro. O
montante máximo atribuído a viagens (internacionais e/ou internas) é de 1000 € por bolsa.

MONTANTE DAS BOLSAS


Será atribuída a cada bolsa a quantia de 3000 €, que será disponibilizada em duas tranches,
obrigando-se o Bolseiro a enviar ao CNC um relatório mensal de progresso.


DIVULGAÇÃO DAS OBRAS PRODUZIDAS

A apresentação das obras, no caso de serem publicadas, será feita nas instalações do CNC ou em
lugar que tenha o seu acordo.
As edições resultantes das bolsas devem fazer referência obrigatória ao apoio da Bolsa Criar
Lusofonia e do Ministério da Cultura, referindo a frase “Com o apoio das Bolsas Criar Lusofonia e
do Ministério da Cultura”.


JÚRI
Será constituído um júri com três elementos de reconhecida competência na área da literatura,
um representante da DGLAB e um representante do CNC. As bolsas poderão não ser atribuídas
caso o júri entenda que a qualidade dos “dossiers” de candidatura não o justifica.
As decisões do júri serão devidamente fundamentadas, em ata assinada por todos os seus
elementos.
O júri decidirá sobre as questões omissas no Regulamento.


CALENDÁRIO
O concurso será anunciado na imprensa e/ou por outras vias complementares que permitam
levá-lo ao conhecimento dos potenciais interessados, recorrendo-se para tal ao apoio das
embaixadas e consulados de Portugal no estrangeiro, assim como às embaixadas em Lisboa dos
países de expressão portuguesa.
Candidaturas entre 16 de outubro e 16 de novembro (data do correio)
Selecção pelo júri até 31 de dezembro de 2020
Entrega pelos bolseiros de programas individuais de desenvolvimento do projeto: entre 15 e 30
de janeiro de 2021
Desenvolvimento dos projetos entre março e setembro de 2021
Entrega de relatórios finais de estada e das obras realizadas até 31 de outubro de 2021
Entrega da obra final no prazo de 1 ano após o último relatório.


PRAZOS
Qualquer adiamento por parte dos bolseiros dos prazos acima referidos para entrega dos
relatórios e finalização dos projectos deve ser autorizado pelo CNC.
Qualquer prestação devida perde a validade se a concretização da ação a que se refere exceder
em 6 meses o prazo inicialmente previsto.
Os projetos não selecionados deverão ser levantados até 31 de dezembro de 2020,
responsabilizando-se o Centro Nacional de Cultura pela devolução, até essa data, de um dos
exemplares apresentados no ato de candidatura.


Current track

Title

Artist