PARTICIPANTES COLETÂNEAS MULHERIO DAS LETRAS PORTUGAL 2020

Written by on 19/09/2020

MULHERIO DAS LETRAS
Brasil – Portugal – Itália – Europa – Estados Unidos


Coletâneas Mulherio das Letras Portugal 2020 Poesia, Prosa e Conto
Produção e Divulgação: IN-FINITA

Esse é um grande exemplo da força da mulher, do desejo de realizar, da vontade de contribuir, agregar e também de superação. Foi um trabalho gratificante de longos meses e aprendizado para mim que coordenei a colectânea em meio a uma pandemia (covid-19), convivendo um pouco com desabafos, apreensão e insegurança e a frustração do II Encontro Mulherio das Letras Portugal , em Lisboa e do lançamento presencial cancelados. Adiando prazos, compreendendo particularidades, me re-vendo reflexo de cada uma de vocês.


E para a designer e filha, Julia Mayrinck, responsável pela capa e todo o projeto gráfico, que teve que se superar, entre as aulas online e a criação dos dois livros em tempo limitado para fazer chegar às mãos de todas vocês, os livros que percorreram momentos de gráfica fechada, redução de equipe e atrasos nos correios. Aqui, agradeço publicamente a mais uma mulher e amiga que, com toda a dedicação e organização, me ajuda em todo o trabalho de logística no Brasil, Daniela Franzolin, incansável, driblando as dificuldades em São Paulo, no auge da pandemia.

Todo o resto, devo a vocês, “Mulherio das Letras”, 233 autoras lusófonas, espalhadas por todo o Brasil, Portugal, demais países da Europa (Espanha, Bélgica, França, Suíça, Itália, Alemanha, Luxemburgo, Croácia, Irlanda, Londres, Dinamarca) e Estados Unidos envolvidas no fortalecimento da língua portuguesa, na divulgação da força da mulher na literatura. Gratidão pela sororidade, que deixou de ser apenas um conceito e palavra e que efetivamente, foi colocada em prática pelo carinho, participação, apoio, generosidade e divulgação de todas as envolvidas. Obrigada as autoras que divulgaram, convidaram amigas e hoje estamos todas aqui… unidas pela arte da palavra. Seja em Poesia, em Prosa ou Conto.

(Adriana Mayrinck)

Autoras Participantes:
Para quem é de Poesia e Para quem é de Prosa & Conto

Adelaide Paula – Brasília/ Brasil
Adna Raul – Salvador – BA/ Brasil
Adriana Silva Santiago – Minas Gerais/ Brasil
Agnete Maria Sombra Teixeira Carvalho – Fortaleza/ Brasil
Aila Magalhães – Fortaleza/ Brasil
Aldirene Máximo – São Paulo/ Brasil
Alessandra Barcelar – São Paulo/ Brasil
Alexandra Jacob – Piracicaba/Brasil
Alice Santos – Lisboa/ Portugal
Ana Acto – Setúbal/ Portugal
Ana Casanova – Genebra/Suíça
Ana Cava – Niterói / Brasil
Ana Coelho – Alenquer/ Portugal
Ana Dietmüller – Áustria
Ana Landeiro Ferreira – Lisboa/ Portugal
Ana Luzia Oliveira – Rio de Janeiro/ Brasil
Ana Maria Lopes – Brasília/Brasil
Ana Maria Lopes – Lisboa/ Portugal
Ana Maria Rocha Barrozo – Fortaleza – CE/ Brasil
Anamaria Alves – Minas Gerais/Brasil
Ana Mendes – Vevey/ Suíça
Andréa Agnus – Jacarecanga – CE / Brasil
Andréa Mascarenhas – Salvador – BA/ Brasil
Angela Rodriguez Mooney – Atlanta/ Estados Unidos
Aniete Goes – Salvador-Bahia/ Brasil
Anne Karolynne Santos de Negreiros – Campina Grande- PB/Brasil
Aparecida Amaral – Salvador – BA/ Brasil
Aparecida Vines – São Paulo/ Brasil
Auzêh Freitas – Natal/ Brasil
Beatriz H. Ramos do Amaral – São Paulo/ Brasil
Beth Brait Alvim – São Paulo -SP/ Brasil
C. Gonçalves – Barreiro / Portugal
Cacau Nascimento – São Paulo/ Brasil
Camila Nobeling – Jundiaí/ Berlim
Carina Fortuna – Açores/ Portugal
Carla De Sà Morais – Suíça
Carla Félix – Açores/ Portugal
Carlota Marques Canha – Lisboa/Portugal
Carmen Lúcia de Queiroz Pires – Recife/ Brasil
Carmen Regina Saraiva Maia – Fortaleza/ Brasil
Carolina Bernardes – Ribeirão Preto/ Brasil
Carolina Vieira – Torres Vedras/ Portugal
Cássia de Oliveira Figueiredo – Fortaleza/ Brasil
Cássia Nascimento – São Paulo/ Brasil
Cassiana Lima Cardoso – Petrópolis – RJ/ Brasil
Cecília Dias Gomes – Setúbal/Portugal
Cecília Maria Pereira Pestana – Funchal -Madeira/ Portugal
Ceila Maria Ferreira – Rio de Janeiro/ Brasil
Celeste Pereira – Lisboa / Portugal
Celia Oliveira – Ceará/ Brasil
Clara Patachão – Cascais/ Portugal
Clarissa Comin – Curitiba – Brasil
Clarisse Pacheco – Rio de Janeiro/ Brasil
Cláudia Carola – Sesimbra/ Portugal
Claudia Fernandes Filippo – Rio de Janeiro/Brasil
Cláudia Gonçalves – Porto Alegre/ Brasil
Claudia Lundgren – Teresópolis – RJ/ Brasil
Cláudia Marczak – Braga/ Portugal
Cláudia Monteiro – Vila Nova Gaia / Portugal
Cleonice Bourscheid – Porto Alegre / Brasil
Conceição Ferreira – Tavira/ Portugal
Cristiane Cunha Bezerra – São Paulo/Brasil
Cristina Amorim – Rio de Janeiro/ Brasil
Cristina Rodrigues – Póvoa de Santa Iria/ Portugal
Cristina Vianna – Niterói – RJ/ Brasil
Custódia Pereira – Seixal/ Portugal
Daniele Barbosa Bezerra – Fortaleza/ Brasil
Danielli Cavalcanti – Dinamarca
Debora Pedroni – Podstrana/Croácia
Debora Pio – São Paulo/ Atenas – Grécia
Denize Ribeiro – São Paulo/ Brasil
Diana Pilatti – Campo Grande- MT/ Brasil
Dirce Carneiro – São Paulo -SP/ Brasil
Dulce Baptista – Brasília/ Brasil
Dulce Sotto Mayor – Porto/ Portugal
Edna Santos Almeida – Bahia/ Brasil
Eliana Machado – Nice/ França
Elisa Pereira – Sintra/ Portugal
Enaide Alencar Vidal Pires – Recife/ Brasil
Enne Marx – Recife/Leria – Brasil/Portugal
Esther Alcântara – Salvador/ Brasil
Eugênia Correia – João Pessoa/ Brasil
Fabiola Rodrigues Ferreira – Rio Grande do Sul/ Brasil
Fabrícia Martins – Fortaleza / Brasil
Farah Serra – Genova/ Itália
Fátima d’Oliveira – Santarém/ Portugal
Fátima Soares – Recife/ Brasil
Fatinha do Barreiro – Setúbal / Portugal
Fernanda Beatriz – Amadora/ Portugal
Flavia Alice Zogbi – São Paulo / Brasil
Fortunata Fialho – Évora / Portugal
Gabriela Amorim – Lençóis – BA / Brasil
Georgia Alves- Recife/ Brasil
Georgina Caçador – Coruche / Portugal
Gesilda Medeiros – Pernambuco / Brasil
Gilsa da Rocha Magri – São José do Rio Preto – SP / Brasil
Giovana Damaceno – Rio de Janeiro/ Brasil
Graziela Barduco – São Paulo/ Brasil
Hannah Cavalcanti – Rio de Janeiro/ Brasil
Helena Maria Sousa – Fortaleza/ Brasil
Inês Nabais – Almada / Portugal
Inêz Oludé – Bruxelas/ Bélgica
Irene Matias – Lisboa/ Portugal
Isabel Bastos Nunes – Setúbal/ Portugal
Isabel Furini – Curitiba/ Brasil
Itanira Soares – Fortaleza/ Brasil
Izilda Bichara – São Paulo / Brasil
Jacqueline Meire – Bahia/ Brasil
Jammy Said – Niterói/Brasil
Jane Caneca – Fortaleza – CE/ Brasil
Janice Reis Morais – Minas Gerais / Brasil
Jeovânia P – Natal/ Brasil
Jéssica Rodrigues Romualdo – Belo Horizonte/ Brasil
Joana D’arc Pinheiro – Lisboa/ Portugal
Joema Carvalho – Curitiba / Brasil
Ju Lopes – Curitiba – PR/ Brasil
Jullie Veiga -Joinville-SC/ Brasil
Karina Yara Jürgensen – São Paulo/ Brasil
Katia Gilaberte – Recife/ Brasil
Kilvia Mesquita- Fortaleza/ Brasil
Laura Monte Serrat – Paraná/ Brasil
Laurinda Rodrigues – Lisboa/ Portugal
Lena Marçal – Praia – Cabo Verde / África
Lia Sena – Bahia / Brasil
Lídia Moura – Porto/Portugal
Liège De Melo – Recife/ Brasil
Lindevania Martins – Maranhão/ Brasil
Lisieux Beviláqua – Fortaleza – CE/ Brasil
Litas Ricardo – Santarém/Portugal
Liz Rabello – São Paulo/Brasil
Liza Ferreira – Palmela/ Portugal
Lorena Grisi – Salvador/ Brasil
Lucia De Verona – Cacém/ Portugal
Lúcia Eneida Ferreira Moreira – Natal/ Brasil
Lúcia Wan – João Pessoa/ Brasil
Luciane Couto – Minas Gerais/Porto
Lucirene Façanha – Fortaleza / Brasil
Luísa Currito – Elvas/ Portugal
Luzia Costa Becker – Berlim / Alemanha
Mardenia Maria de Sousa Magalhães – Caucaia – CE/ Brasil
Maria Alice Bragança – Porto Alegre/ Brasil
Maria Amélia Elói – Águas Claras – DF/ Brasil
Maria Antonieta Oliveira – Lisboa/ Portugal
Maria Cleide Bernal – Fortaleza/ Brasil
Maria de Fátima Bravo – Lisboa/ Portugal
Maria de Fátima Carvalho da Silva Cardoso – V. N. de Famalicão/ PT
Maria de Fátima Soares – Lisboa/ Portugal
Maria Elisa S Ribeiro – Brasília/Lisboa
Maria Elizabete Nascimento de Oliveira -Cáceres / Brasil
Maria Esmeriz-Thomas – Figueira da Foz/ Portugal
Maria Eunice Sisti Fabricio – Santo Ângelo- RS/ Brasil
Maria Gomes Pereira Cabana – Lisboa/ Portugal
Maria João Abreu – Setúbal/ Portugal
Maria Luísa Campos Teixeira – Coimbra / Portugal
Maria Ruivo – Sesimbra/ Portugal
Mariana Freitas – Lyon/ França
Mariana Virgínia Moretti Carvalho – São Paulo / Brasil
Mariângela Rocha Toloi Cardozo – São José do Rio Preto – SP/ Brasil
Mariléia Sell – Rio Grande do Sul/ Brasil
Marilia Kubota – Paraná/ Brasil
Marilis de Assis – Curitiba – PA / Brasil
Marise Hansen – São Paulo/ Brasil
Marta Cortezão – Segovia/Espanha
Mary Cristina Rosa – Curitiba/ Brasil
Melissa Suárez – São Bernardo do Campo – SP /Brasil
Morgana Poiesis – Bahia/ Brasil
Negra Luz- Salvador – BA/ Brasil
NegrAnória d’Oxum – Bahia/ Brasil
Nic Cardeal – Paraná/Brasil
Nicoleta Peceli – Sintra/ Portugal
Nonô (M.ª Leonor Costa) – Mem-Martins-Sintra/ Portugal
Patrícia Aniceto – Minas Gerais/ Brasil
Patrícia Cacau – Fortaleza – CE/ Brasil
Patrícia Cassique – Vila Franca de Xira/ Portugal
Paula Costa – São João de Ver / Portugal
Paula Valéria Andrade – São Paulo/Brasil
Renata Frade – Lisboa/ Portugal
Renata Maurício Sampaio – Minas Gerais/ Brasil
Renata Penzani – São Paulo/ Brasil
Raquel Lopes – Jaboatão dos Guararapes/ Brasil
Rita Almeida – Lisboa/ Portugal
Rita Delamari – Curitiba / Brasil
Rita Feitoza – Fortaleza – CE/ Brasil
Rita Lages – Belo Horizonte- MG/ Brasil
Rita Queiroz – Salvador/ Brasil
Rosa Acassia Luizari – São Paulo/ Brasil
Rosa Morena – Fortaleza/ Brasil
Rosa Silva – Lisboa/ Portugal
Rosalina Lopes Pires Fialho – Rio Claro -SP/ Brasil
Rosalina Vaqueiro – Sesimbra/ Portugal
Rosário Pedroso – Cascais / Portugal
Rose Pereira – João Pessoa/ Brasil
Rossana Jansen – São Luís do Maranhão/ Brasil
Rozz Messias – Colombo – PA/ Brasil
Rute Paulo – Torres Vedras / Irlanda
Sabrina Dalbelo – Bento Gonçalves/ Brasil
Sabrina Santos Souza – Alfenas -Minas Gerais/ Brasil
Sandra Maria Sampaio Rodrigues – São Paulo/ Brasil
Sandra Ramos – Alverca do Ribatejo/ Portugal
Sandra Silva – Oliveira do Bairro/ Portugal
São Silveirinha – Campo Maior/ Portugal
Sara Timóteo – Póvoa de Santa Iria/ Portugal
Sergia A. – Teresina-PI / Brasil
Sheila Martins Dos Santos- Rio de Janeiro/ Brasil
Shirley Pinheiro – Curitiba -PA/ Brasil
Silvana Salerno – São Paulo/ Brasil
Sílvia Schmidt – São Paulo/ Brasil
Socorro Borges – Teresina/ Brasil
Sofia Cortez – Lisboa/ Portugal
Solange Cianni – Brasília- DF/ Brasil
Solange Padilha – Rio de Janeiro/ Brasil
Sonia Cardoso – Curitiba / Brasil
Suzana D’ Eça – Lisboa / Portugal
Teca Mascarenhas – Santa Catarina/ Brasil
Teresa Lino Vicente – Alfeizerão/ Portugal
Terezinha Malaquias – Freiburg/Alemanha
Terezinha Pereira – Minas Gerais/ Brasil
Tiló Henriques – Portugal
Tita Leal – Luxemburgo
Tita Tavares – Lisboa / Portugal
Valéria Victorino Valle – Goiás/ Brasil
Valeska Brinkmann – Berlin/Alemanha
Valquiria Imperiano – Genebra/ Suíça
Vallda – Açores / Portugal
Vânia Gusmão – Ceará/ Brasil
Vera Lúcia de Oliveira Maccherani – Perugia/ Itália
Victória Mendes – Porto Alegre/ Brasil
Vieirinha Vieira – Vila Nova de Gaia/ Portugal
Virna Teixeira – Wimbledon/ London
Vitoria Porto – Salvador/ Brasil
Wilne Moraes – São Luis Maranhão/Brasil
Yvonne Miller – Aldeia – Pernambuco/Brasil

Coordenação: Adriana Mayrinck
Produção: In-Finita

Giovana Damaceno – Rio de Janeiro/ Brasil
(articuladora Mulherio das Letras Brasil)

Jornalista e escritora. Possui três livros publicados, além de participação com contos e crônicas em coletâneas diversas. Muitos de seus textos encontram-se em www.giovanadamaceno.com. Integrante da Academia Volta-redondense de Letras e do Coletivo Feminista Literário Mulherio das Letras

Lia Sena – Bahia / Brasil
(articuladora Mulherio das Letras Bahia)

Baiana, poeta, de vez em quando arrisca-se em pequenos contos, crônicas e está escrevendo um romance. Publicou quatro livros de poesia, sendo o mais recente, De foro íntimo (Penalux/2018) e aguarda o quinto livro, vencedor do III Prêmio Sosígenes Costa de Poesia, quase pronto, que sairá pela Editus . Publicou em diversas Antologias e revistas eletrônicas. Articuladora do Mulherio das Letras – Bahia, uma das organizadoras da Antologia, Outras Carolinas – Mulherio da Bahia e editora adjunta da nova Revista Eletrônica, Ser MulherArte.

Rita Queiroz – Salvador/ Brasil
(articuladora Mulherio das Letras )

Natural de Salvador, Bahia, Brasil. Professora universitária, filóloga (pesquisadora do manuscrito), poeta. Autora dos livros Confissões de Afrodite, O Canto da borboleta, Canibalismos (Penalux, 2019, 2018, 2017), Ciranda, cirandinha: vamos brincar com poesia? (Infantil) e Colheitas (Darda, 2019, 2018). Organizadora de coletâneas. Colunista na Revista Cultural Evidenciarte. Publicações em diversas antologias, no Brasil e no exterior, bem como em revistas literárias. Integrante dos coletivos “Confraria Poética Feminina”, “Mulherio das Letras” e “Coletivo de autoras de literatura infantil e infanto-juvenil da Bahia-CALIIB”. 

Nic Cardeal – Paraná/Brasil

E autora de ‘Sede de céu – poemas’ (Penalux, 2019), e prepara a publicação de seu próximo livro, de contos e crônicas, em fase de costuras e remendos. Já publicou textos em 29 antologias/coletâneas, 24 no Brasil, 4 em Portugal e 1 na Alemanha. É integrante do ‘Movimento Mulherio das Letras’ desde a sua criação em 2016. Possui textos publicados em diversas revistas e/ou blogs eletrônicos: ‘Scenarium Plural’; ‘Blog do Menalton – Literatura’; ‘Revista Gueto – Artes Literárias’; ‘Germina – Revista de Literatura e Arte’; ‘Revista Digital Literatura & Fechadura’; ‘Revista Virtual Cultural Carlos Zemek’; e atua como autora/colaboradora na ‘Revista Feminina de Arte Contemporânea SerMulherArte’. Escreve porque, assim como são imensas as suas insuficiências, também é profunda a necessidade de dizê-las.

Solange Padilha – Rio de Janeiro/ Brasil
(articuladora Mulherio das Letras Rio de Janeiro)


Cidade de origem: Belém do Pará
Livros de poemas publicados: Safographia (1983) Dadá Anda AInda (1992) Escrita Labial (2014) no prelo um livro de contos e outro de poemas. Antologia Mulherio das Letras 2018/ Poesia do Grão-Pará 2001/ Poetas Cariocas 2012/ Nova poesia brasileira 1992. Pronta para quaisquer informações que precisem.

Lídia Moura – Porto/Portugal


SER MULHER, PROJECTO SOLIDÁRIO
Nasceu em 1969 no Porto. Artista plástica inconformada com o seu saber, segue na procura e no estudo de aprender e apreender. Aliando a plasticidade, ao experimentalismo conceptual, numa afirmação pessoal da sua obra, tem vindo a explorar a temática ‘ MULHER CRISTO ‘, situada na compreensão do seu ‘ Eu ‘ enquanto Mulher e Indivíduo. Mentora e Responsável do projecto/causa, ‘ SER MULHER, PROJECTO SOLIDÁRIO em solidariedade com o CENTRO de MAMA do Hospital de São João do Porto/Portugal pela Prevenção do Cancro da Mama, com Artes e Letras.

Ana Casanova – Genebra/SuiçaASSOCIAÇÃO MULHER MIGRANTE – SUIÇA


Nasceu em Luanda-Angola, a 10 de Junho de 1967. Residiu em Portugal de 1979 a 2014, data em foi residir para Genebra-Suiça. Publicou até à data dez livros de poesia. Participa em antologias e tertúlias poéticas e nesta área já recebeu diversas distinções e prémios. Partilha a sua poesia no blogue www.anavision.blogspot.com e na sua página oficial FB “Ana Casanova Poesias”.

                           Isabel Furini – Curitiba/ Brasil 


É poeta, escritora e palestrante. Autora de 35 livros, entre eles, “Os Corvos de Van Gogh” (poemas). Participou de Antologias em Portugal, Argentina e Chile; é criadora do Projeto Poetizar o Mundo; membro da da AVIPAF (Academia Virtual Internacional de Poesia, Arte e Filosofia),  coeditora da Revista Carlos Zemek de Arte e Cultura;  Embaixadora da Palavra pela Fundação Cesar Egido Serrano (Espanha); seus poemas foram premiados no Brasil, Espanha e Portugal. Participou em Férias do Livro no Brasil, e, em 2018, e realizou um Recital Poético bilingue (espanhol/inglês) na Biblioteca Pública de Burlingame, Califórnia, USA.  

Vera Lúcia de Oliveira Maccherani – Perugia/ Itália


Vera Lúcia de Oliveira é poeta, ensaísta e professora de Literaturas Portuguesa  e Brasileira na Università degli Studi di Perugia. Recebeu diversos prêmios pela sua produção, entre os quais o Prêmio de Poesia da Academia Brasileira de Letras (Rio de Janeiro, 2005), o Prêmio Internacional de Poesia Pasolini (Roma, 2006), o Prêmio Literatura para Todos (Brasília, 2006). A autora, que escreve tanto em português como em italiano, tem poemas e ensaios publicados no Brasil, Itália, França, Alemanha, Romênia, Estados Unidos, Espanha e Portugal.

Graziela Barduco – São Paulo/ Brasil


Graziela Barduco é atriz, diretora, escritora, arte-educadora, editora de vídeo, mestre em Artes da Cena pela ESCH e autora dos livros “Na Rima da Menina” (ed. Versejar) e “Lutei Contra 100 Leões – Todos os 100 Eram Jumentos” (ed. Feminas).É graduada em Cinema pela FAAP, pós-graduada em Artes Cênicas pela FPA, em Interpretação para Musical pela ESCH e em Administração pela UNIP. Foi orientanda de Liana Ferraz na pós-graduação em Interpretação para Musical e no mestrado, e aluna de Antonio Nóbrega e Rosane Almeida.Integra a Cia Cordiais, focada no público infantil, companhia da qual é diretora e fundadora, bem como é pesquisadora das artes da cena, com foco no teatro infantil em conexão com a cultura popular brasileira.

Carla Félix – Açores/ Portugal


Nasceu na cidade da Praia da Vitoria, Terceira , Açores. Licenciada em Educação de Infância pela Universidade dos Açores. Iniciou a escrita de poesia em 2013 , tendo já divulgado alguns poemas em alguns grupos de poesia , participando em diversas antologias e/ou colectâneas. Publicou o primeiro livro de poesia Melodia nos Versos de (A)mar – edição de autor, em Dezembro de 2018. Divulga a poesia na página pessoal Melodia nos Versos – Carla Félix da rede social facebook e pelo blogue Melodia nos Versos . Colabora na Revista Vicejar – Brasil com textos e poemas. Já participou em vários encontros de poetas/poetisas colaborando na organização.. Realizou um Ateliê Poético para crianças. Coordena a página Maré de Poesia no Jornal da Praia – Praia da Vitória desde Junho de 2018.

Debora Pio – São Paulo/ Atenas – Grécia


Debora Pio, formada em Letras e Linguística pela USP – Universidade de São Paulo, com pós-graduação em Semiótica e Linguística Geral, também pela USP. Vive há dezenove anos em Atenas, Grécia, onde leciona Português Língua Estrangeira e Português Língua de Herança. Escreve contos e poemas desde a infância, tendo publicações na Itália, Suíca, Alemanha. Foi Membro da Academia Juvenil de Letras “Monteiro Lobato”, em São Paulo. Em 2018 recebeu Menção Honrosa no Prêmio Mundial de Poesia Nosside.

Silvana Salerno – São Paulo/ Brasil


Silvana Salerno escreve livros para a infância que podem ser lidos por qualquer idade. Formou-se na Escola de Comunicações e Artes da USP, onde também cursou Letras. Estudou História da Arte em Florença e Mitologia na Grécia. Tem 25 livros publicados. Seus temas principais são as emoções, os mitos, a cultura popular. Recebeu da FNLIJ o prêmio O Melhor Reconto e vários Altamente Recomendável. Finalista do Jabuti, tem obras selecionadas pelo PNBE/MEC, Crescer (Os 30 melhores do ano), PNLD, Minha Biblioteca. Suas obras costumam ser incluídas nos catálogos FNLIJ das Feiras deBolonha e Frankfurt. Alia o trabalho de escritora ao de arte-educadora.

Farah Serra – Genova/ Itália

 Idealizadora e organizadora da “Coletânea Reedificações – Histórias de mulheres brasileiras que se reinventaram pelo mundo” (Fafalag, 2019), autora do livro “Fator Humano da Qualidade em Empresas Hoteleiras” (Qualitymark, 2002) e de vários textos, artigos, disseminados em seus blogs e em outros portais. Integrante de diversas antologias, e dos coletivos: Elas e as Letras, Mulherio das Letras Brasil, Europa e Portugal. Iniciadora do Movimento Mulherio das Letras Itália.

Carina Fortuna – Açores/ Portugal


Nasceu a 27 de outubro de 1979, em Angra do Heroísmo, Ilha Terceira, Açores.Participou em várias antologias e coletânias. Em abril de 2016, publicou o seu primeiro livro de poesia – No Mar dos Meus Sonhos. Em outubro de 2017, publicou o seu segundo livro de poesia – Poesia-me a Alma!. Em junho de 2018, tomou a iniciativa e organizou a antologia – Palavras (Con)Sentidas.Encontra-se a preparar o seu terceiro livro. Atualmente faz parte do clube de poesia organizado pela Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro. É autora e responsável pelo blogue POESIA-ME da WORDPRESS.COM.  Profissionalmente, e desde o ano 2000, tem o privilégio de estar diretamente ligada à área cultural, uma vez que é colaboradora da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo. Atualmente dedica-se ao cinema, na qualidade de responsável pela programação cinematográfica.

Adelaide Paula –  Brasília/ Brasil


É mestre em Teoria Literária e professora universitária de Literatura Brasileira em Brasília. É autora de dois livros infantis: “Depois do arco-íris tinha uma escola” e “As aventuras de Bonitona e a vida secreta dos Bichos”Publica regularmente no site Recanto das Letras e participou de três coletâneas: “Palavreiras”, “A Face do Disfarce” e “Estudos Literários”É uma das fundadoras da “Academia de Letras de Ceilândia” – ACLAP – ocupando a cadeira 26, em homenagem à escritora Júlia Lopes de Almeida.

Valéria Victorino Valle – Goiás/ Brasil

Embaixadora da Paz – Comitê Internacional dos Boinas Azuis / ONU-RJ e ACLAPT-CTC/ES. Senadora Cultural da Federação Brasileira dos Acadêmicos em Ciências, Letras e Artes-RJ. Delegada da Academia de Letras e Artes de Valparaiso – ALAV – CHILE. Comendadora da Academia da Universidade de Santiago no Chile e de Letras de Goiás-ALG-GO. Membro Internacional da Confederação Internacional dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes –  CONINTER – RJ. Membro Academias: ANALE, ALBA, ALG, ULA, APLAM (GO); corresp. LITERARTE, ANBA, ARTPOP, AAL (SP) ALTO (MG) Nucleo Letras y Artes BUENOS AIRES e LISBOA/PT. Graduação em Letras pela FACEA (atual UEG), Pós graduação em Literatura Brasileira pela PUC de Belo Horizonte-MG, Pós graduação em Administração Educacional pela Universo-GO, professora universitária da Faculdade Anhanguera de Anápolis nos cursos de Letras, Pedagogia, Direito, Agronomia e Psicologia, é professora na Faculdade FIBRA no curso de Direito e também de Literatura e Redação nos colégios de ensino médio, colaboradora em avaliação e correção para universidades, faculdades e para o MEC. Assessora e orientadora em Valle Letras Assessoria Educacional. Escritora entusiasta de poesia, crônicas e contos, com publicações de 16 livros solos, 132 coletâneas com premiações nacionais e internaciona

Ana Landeiro Ferreira – Lisboa/ Portugal


Nasceu em Lisboa no dia 14 de julho de 1965. Licenciada em Filosofia pela Universidade Nova de Lisboa e Mestre em Teologia e  Ética da saúde pela Universidade de Lisboa. 

Professora do grupo de Filosofia no ensino secundário.Começou muito cedo por volta dos oito anos a escrever poemas para a mãe com o intuito de a ajudar a encontrar propósito na vida face à sua grande depressão.

                                    Maria Amélia Elói – Águas Claras – DF/ Brasil


Nasceu em 1973 em Taguatinga, DF. Jornalista e mestre em Teoria da Literatura pela Universidade de Brasília, foi premiada em 2009 no III Concurso Literatura para Todos, do Ministério da Educação, com a obra “Poesia Torta”. Em 2001, ganhou o Prêmio Nestlé/MEC pelo ensaio “Ideias a Mais!: a crítica literária no JB e na Folha de S. Paulo no ano 2000″. Em 2016, publicou o livro de crônicas “Um milagre para cada corcova”, pela Editora Penalux. Em 2017, participou da antologia de contos “Novena para pecar em paz,” também pela Editora Penalux, e de antologias do Mulherio das Letras no Brasil, entre outras coletâneas. Publica mensalmente na revista eletrônica “Samizdat”. É servidora da Câmara dos Deputados, onde desenvolve projetos culturais.

Fernanda Beatriz – Amadora/ Portugal


Ler e escrever foram seguindo a par, desde a escolinha e o gosto foi crescendo até hoje, não podendo deixar de escrever mas, muito mais premente, é ler diariamente. Assim, aos 74 anos, participei em mais de trinta colectâneas/antologias, tenho dois livros em nome próprio, bem como divulgações em revistas e jornais regionalistas, Televisão, Internete, tertúlias e muita escrita já feita à espera de aparecer à luz do dia e, ainda, bastantes temas guardados no coração e memória para serem transformados em palavras.  

Lisieux Beviláqua – Fortaleza – CE/ Brasil


 Lisieux Beviláqua é graduada em Letras, pós-graduada em Língua Portuguesa e Literatura, mestre e doutora em Ciências da Educação. Professora titular em escola pública do Estado do Ceará/Brasil. Participa de clubes literários e escreve poesias e prosas, por puro deleite. Em 2019 teve trabalhos publicados em dois livros de coletâneas: Ecos do Nordeste, pela editora In-Finita e Mulheres do Ceará: Literatura, Cultura, Arte e Ofícios, pela editora Expressão Grá.

Mariléia Sell – Rio Grande do Sul/ Brasil

A literatura sempre fez parte da minha vida. Talvez por isso tenha optado por me graduar em Letras e Jornalismo e por buscar mestrado e doutorado em Linguística Aplicada. Tenho várias publicações acadêmicas e recentemente comecei a escrever crônicas e contos, que publico no blog @Letrasinsubordinadas. Equilibrando a influência do texto acadêmico e jornalístico com a profunda inspiração de textos literários, eu forjei um estilo de escrita leve, porém contundente. Em meus textos, promovo os acontecimentos do cotidiano, da vida comezinha e ordinária, a fenômenos sociológicos complexos e altamente narráveis.

                                    Angela Rodriguez Mooney – Atlanta/ Estados Unidos

Angela Rodriguez Mooney é brasileira e doutoranda em Literatura pelo Departamento de Espanhol e Português da Tulane University. Possui mestrado em Línguas Românticas pela University of New Orleans. Atualmente é professora adjunta de espanhol na Texas Woman’s University. Ela é uma das organizadoras do primeiro encontro do Mulherio das Letras nos Estados Unidos realizado em Atlanta no mês de novembro de 2019. 

Hannah Cavalcanti – Rio de Janeiro/ Brasil


Hannah Cavalcanti  é formada em História, doutoranda em Memória Social pela UNIRIO,  produtora cultural na Livre Essência e escritora.  Recebeu Menção Honrosa no concurso literário da editora Kazuá – São Paulo, em 2015; em 2018 foi premiada pelo Ministério da Cultura com o livro “Travessia Perene”, lançado em 2019. 

Vieirinha Vieira – Vila Nova de Gaia/ Portugal

Nasço 10.5.1076 em V. N. de Gaia. Participo em mais 60 livros como co-autora, autora da “A Menina que fui “Lo Escrita, pela Pastelaria Stúdios e o “Vestigium d’ Arbor” Vieirinha Vieira pela Chiado Editora. Escrevo tb com o heterónimo de Maria de Mais. peemviagem.blogspot.com  Membro fundador da Ass musical de divulgação poética-D’Alma inspiradora. I prémio no II concurso literário das Edições Vieira da Silva em 2018. Membro académico da associação Internacional de Escritores e Artistas de Portugal.

São Silveirinha – Campo Maior/ Portugal

Nasceu a 28 de novembro de 1972, em Campo Maior, Portugal.
Editou três livros de poesia: “O Voo da Libelinha” (1993), “Em Viagem” (2017) e
“Outras Liberdades” (2019).
Ganhou o 1.º Prémio do Concurso Literário de Edições Vieira da Silva, com o poema “Tons de Liberdade” (abril 2018).
Passou a integrar o grupo “Mulherio das Letras, Portugal (novembro 2018).
Tem vários trabalhos publicados em antologias poéticas.

Maria de Fátima Carvalho da Silva Cardoso – V. N. de Famalicão/ Portugal

Licenciou-se em Direito e exerce funções públicas de jurista. Escreve sob o pseudónimo de Maria Fraterna, tendo poemas publicados em várias antologias. Recentemente obteve um prémio literário.

Gabriela Amorim – Lençóis – BA / Brasil

Publicou seu primeiro livro em 2014, através do Prêmio Nacional Dalcídio Jurandir de Literatura. O romance O Velho foi prefaciado pela poetisa Maria Lúcia dal Farra. Antes dessa publicação, já havia participado de coletâneas de contos e, por dois anos, foi cronista do portal de notícias sergipano Infonet. Neste intervalo de publicações literárias, dedicou-se à maternidade, à agricultura e à pesquisa científica independente no sítio onde mora, tendo realizado algumas publicações sobre ervas medicinais do bioma nordestino.

   Cristina ViannaNiterói – RJ/ Brasil

Éniteroiense, professora, escritora e poeta. Graduada em Letras pela UERJ e especialista em Leitura e Produção textual pela UFF. Tem um livro infantil chamado: As meninas de dentro, publicado em 2016. Participou com poesias e minicontos  em duas coletâneas publicadas  pelo Mulherio das Letras. Escreve diariamente no @eupoetizo textos cheios de afeto, feminino, poesia e mar.

Shirley Pinheiro – Curitiba -PR/ Brasil     

Nasceu em Curitiba, escreve desde sua infância. Formada em Estudos Sociais, Pós-graduada pela PUC (especialista em trânsito), participou das antologias folhetim dos poetas malditos (2015). Conexão III (2017) e Parnaso Poético (2018). Lançou seu primeiro livro, “Mercuria”, pelo Coletivo Marianas, em abril de 2018. Conexão IV 2018, Conexões Atlânticas III Brasil/Portugal. Antologia Comemorativa Dia Internacional da Mulher, Mulherio das Letras Lisboa 2019. Parnaso III, 2019. Conexão V, outubro de 2019. Antologia das Marianas, novembro de 2019.

Rozz Messias – Colombo – PR/ Brasil

Rozz Messias mora em Colombo – Paraná, é professora, pedagoga, contista e poeta. Participou dos Planos de Aula da Revista Nova Escola e foi premiada duas vezes no Concurso Literário de Colombo. É autora dos ebooks “Filha da tempestade” e “Entrelaçados”. Recentemente lançou o romance “Ao seu encontro” pela editora Skull e atualmente trabalha na produção dos livros “Poetizando” e “Poetize-se”. Foi aceita pela ACILBRAS para ocupar a cadeira 524 e participa de 32 Antologias de contos e poesias.  

Maria Gomes Pereira Cabana – Lisboa/ Portugal

Nasceu numa maravilhosa aldeia da Beira alta,de seu nome
Valadares , conselho de São Pedro do Sul,a 17de Setembro de 1962. 
Lançou seu primeiro livro Pêndulo de Vida em 2019 (In-Finita).
Tem participado em tertúlias, concursos, workshops.
Fez parte do livro (Sentires no Plural )do grupo Sorrisos.
Atualmente partilha alguns dos seus poemas na sua página do Facebook.

Fátima d’Oliveira – Santarém/ Portugal

É natural da freguesia do Vale de Santarém, no concelho e distrito de Santarém (Portugal). Sempre gostou muito de escrever e é com palavras que constrói os seus sonhos e desenha os seus pesadelos. Não se considera uma escritora, pois tal seria demasiada presunção: antes uma autora, que já teve a felicidade de ver o seu trabalho publicado, quer a solo, quer em antologias, tanto de prosa, como de poesia. Possui uma página no Facebook, https://www.facebook.com/autora.fatimadoliveira/, onde vai partilhando um pouco de si e do seu mundo – ver “Notas” e “Sobre Fátima d’Oliveira –

Autora: Bibliografia”.

Lorena Grisi – Salvador/ Brasil


 É escritora e revisora. Nasceu e vive em Salvador, Bahia, Brasil, depois de já ter morado em Porto Seguro, no Rio de Janeiro e em Niterói. Tem formação em Letras pela Universidade Federal da Bahia e trabalha no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano. Em 2019, participou do projeto “Grafias eletrônicas”, da Fundação Cultural do Estado da Bahia e do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia com seu poema “Cartografia”. Teve seus poemas “Do que não se sabe” e “Ofélias” publicados na coletânea “Hilstianas vol. 1”, organizada pelo Instituto Hilda Hilst e pela Editora Patuá.

 Rute Paulo –  Torres Vedras / Irlanda


Natural de Torres Vedras partiu á aventura pelo mundo;residente no estrangeiro, mas muito orgulhosa do seu Portugal. Questionando-se sobre o significado da vida e da alma encontrou na escrita a sua paixão e o seu refúgio. Autora de “Not Just Another Spiritual Book” e “Poemas Pueris”. Questionando-se sobre o significado da vida e da alma encontrou naescrita a sua paixão e o seu refúgio. 

Jeovânia P – Natal/ Brasil


É poeta; bacharel, licenciada e mestre em Filosofia pela UFPB, especialista em Educação pela UEPB, licenciatura em Letras pela UFPB Virtual, atualmente faz uma especialização em Educação Financeira e é aluna especial do doutorado em Letras da UFPB; é professora de Filosofia. Foi 1º lugar I Concurso Literário de Contos dos Estudantes da UFPB em 2006, e 1º lugar I Concurso Poético Performático da SAMBA, Natal/RN, 2011. Obras publicads: em 2016 lançou Palavras Poéticas, pela editora Ixtlan, São Paulo. Em 2019 também pela editora Ixtlan lançou Poeticamente Entre Versos & BocasA-M-O-R,pela Sangre Editorial; o livro de contos, Quem abriu a boca da pedra, pela editora popular Venas Abiertas; e a coletânea de poesias e contos na qual é idealizadora e organizadora, O Livro das Marias, pela editora Ixtlan, São Paulo. No prelo da editora da UFPB encontrasse  Re[s][x]istência, obra selecionada no edital de obras poéticas da UFPB, em 2019.

Victória Mendes – Porto Alegre/ Brasil


Victória Mendes, 23 anos, graduada em Letras pelo Centro Universitário Leonardo DaVinci, escritora com mais de 20.000 acessos diários no portal Obvious Magazine, é apaixonada por tudo que envolva palavras.

   Lúcia Eneida Ferreira Moreira – Natal/ Brasil


É escritora e poetisa nascida em Natal/RN, Brasil. Escreveu os seguintes livros: “Confissões em prosa & versos” pela Editora CJA, em 2016 e “Maria Queiroz daSilva Baía – exemplo de superação e luta contra o preconceito” que foi publicado pela Editora Offset, em 2019. Participou como coautora de doze antologias e sete coletâneas, além de revistas literárias. É membro da ALAMP – Associação Literária e Artística de Mulheres Potiguares e da SPVA – Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do RN.

   Jéssica Rodrigues Romualdo – Belo Horizonte/ Brasil

É brasileira, natural de Belo Horizonte/MG. Pedagoga e professora articuladora de projetos literários. Coautora em duas antologias de conto e poesia para o público adulto, e em uma de microcontos para o público infantil. Teve seu primeiro livro solo publicado em 2019, o “A vez e a voz da palavra”, coleção do Mulherio das Letras, pela Editora Venas Abiertas

  Solange Cianni – Brasília- DF/ Brasil


Nasceu no Rio de janeiro em 1957. Mudou-se para Brasília, ainda menina, com sua família e fez desta cidade o seu lar. É Pedagoga ePsicopedagoga. Como Atriz , trabalhou em Gota D’Água ao lado de Bibi Ferreira e com Diretores renomados em Bsb. Como escritora lançou seu 1o livro para adultos, contos eróticos românticos : Cigarras,Lagartas e Outras Marias. Tem 4 livros infantis editados : Clodoaldo Pé Descalço; Doce Princesa Negra( se tornou animação no programa A Cor da Cultura- TV Cultura ); O Presente do Pajé; A Fadinha Vivi e alguns contos e poemas em coletâneas do Mulherio das Letras Nacional e Internacional. É membro do Colégio Internacional dos Terapeutas – Unipaz / DF e do Coletivo Editorial Maria Cobogó.

 Patrícia Cacau –  Fortaleza – CE/ Brasil(articuladora Mulherio das Letras  Ceará)

Empreendedora Social.Ativista cultural na formação de saraus,rodas literárias , edições e publicações.Incentivadora do Mulherio das Letras Ceará.Com diversas participações em Antologias na Europa é Brasil.Lançou em 2019 seu livro individual”Quintais” uma encadernação artesanal produzido em Buenos Aires pela (Sangre Editorial).Mãe, Mulher e Poeta.”Uma Mulher que encontrou na escrita, uma nova forma de existir”.


Maria Antonieta Oliveira – Lisboa/ Portugal


Autora de cinco livros (quatro de poesia e um romance), colaborou em mais de cinco dezenas de obras colectivas, apresentou e prefaciou obras de outros autores e foi agraciada com algumas premiações. Participa com regularidade em tertúlias e saraus. É membro da AVPLP – Academia Virtual de Poetas da Língua Portuguesa, com assento na cadeira do poeta popular António Aleixo. É coordenadora de três colecções da In-Finita: Entre Versos, Entre Palavras e Ecos D`Alma

Isabel Bastos Nunes – Setúbal/ Portugal


Natural em Lisboa. Estudei em Tomar, Coimbra, Lisboa e Angola (Luanda e Stº António do Zaire) Em St. António do Zaire, estive ligada ao Ensino Escolar, deixando-o quando regressei a Portugal.Grande parte do meu percurso profissional, esteve ligado à Imprensa escrita. Neste momento dedico muito do meu tempo ao Voluntariado, dando aulas de Poesia na Associação Demãosdadas Acácio Veiga entre outras actividades na mesma Associação.Tenho publicado 3 livros de Poesia com os títulos “ Poemas por Acabar”- Editado por Pastelaria Studios,” À procura de Mim” e “Entre Poemas as Palavras”, ambos coordenados pela IN-Finita.  Premiada com o 3º lugar no 2º Festival de Poesia de Lisboa de 2017 com o Poema “ E a fome dos homens transforma-se em perdição”- Colectânea “ A vida em Poesia” das Edições Helvetia. Premiada com a publicação de um livro (3 Poetas) escrito em co-autoria com mais dois Poetas.

 Maria João Abreu – Setúbal/ Portugal


Nasci em Angola, Luanda, cidade de intensa beleza, banhada pelas águas do Atlântico e de poetas que a versam em lindos cântigos, a 12 de Junho de 1970.Em 1975 deixei para tráz esta linda terra prometida, um sonho de vida, e rumei a Portugal, com minha família onde vivemos 23 anos no Barreiro, e desde então em Setúbal, cidade de encantos tamanhos, onde resido actualmente.Escrevo apenas para exteriorizar um culminar de emoções sentidas
Que trago na alma e no âmago do meu mais profundo ser.

 Sandra Silva – Oliveira do Bairro/ Portugal


Nasceu na Venezuela em 5 de Outubro de 1981, filha de pais portugueses e de origens humildes. Preza pela humildade, pela sinceridade e tem um grande interesse pelos problemas da nossa sociedade actual, tendo já laborado com vítimas de violência doméstica, desalojados, toxicodependentes, etc. Lança o seu 1o Livro ” Borboletas ao Luar” em 16 de Março de 2019. Já foi entrevistada por algumas rádios, já participou em várias colectâneas de poesia, e já foi a um programa de televisão. É na poesia que encontra a sua força para viver, e lutar pelos seus sonhos, e que se refugia para se poder libertar dos seus fantasmas. 

    Alexandra Jacob – Piracicaba/Brasil

O ano, 74, Outubro, cheguei, engatinhei e em passinhos caminho até hoje.
Nascida em Piracicaba da língua Tupi Guarani: – ¨lugar onde os peixes
se juntam”.Bacharel em direito, os caminhos ficaram entre carrosséis e montanhas russas. As letras acompanham desde sempre.
A música e o pôr do sol, bálsamos. Fez criações, frases de impacto, músicas.
SarauLê festejou sua volta. Esteve junto à amigos em trabalhos do Salão de Arte Contemporânea da cidade. Fez curadorias, eis o que há para saber, o amor pelas letras a trouxe aqui

Adriana Silva Santiago – Minas Gerais/ Brasil
Livros individuais publicados: “Mar Revolto – poesias e crônicas, SP:ed. Scortecci,
2017; “Flores e Borboletas em meio século de poesia”, SP: ed.Scortecci, 2019; (já em
segunda edição). “O Sapo Jererê e suas aventuras”, SP: ed.Scortecci, 2019. (livro infantil).(já em segunda edição) 

                                                 Danielli Cavalcanti – Dinamarca


Paraibana, mora na Europa desde 2004. Escreve sobre o viver sob o manto e entre a cerca da migração. Livros publicados: Flor de Linz (2016), bilíngue português e alemão.Quando eu outono, tu primaveras (2018),  É sempre outono na migração, em português e alemão (2019). E o infantil Sopa de Sapo (2018), em português, dinamarquês e em alemão.Participação em várias coletâneas como: Mulherio das Letras – Prosa (2017),– Mulherio Poesia (2018), Mulherio das Letras na Europa – Outubro literário (2018), Elas e as letras – Ed. Versejar (2018). Coletânea infantil: Com o pé na terra – Ed. Caleidoscópio (2018).Revista Pixé Edição Brasileiros no exterior (2020).

    Sabrina Dalbelo – Bento Gonçalves/ Brasil


 É gaúcha e reside em Bento Gonçalves/RS, sul do Brasil.Escreve contos e poemas, é colaboradora do blog “As Contistas” e participa do coletivo Mulherio das Letras nacional e gaúcho. É autora dos livros de poesia “Baseado em Pessoas Reais” (Poesias Escolhidas, 2017) e “Lente de aumento para coisas grandes” (Penalux, 2018). Acredita que uma pequena palavra pode carregar um conteúdo imenso.


                                Carolina Vieira – Torres Vedras/ Portugal


 É formada em marketing, migrante em Portugal, colaboradora do projeto @PlataformaGeni e escreve poemas e versos para o @maria_ao_mar

 Valeska Brinkmann – Berlin/Alemanha


Nasceu em Santos, 1972. Estudou Rádio e TV na FAAP (SP). Escreve histórias para crianças, contos e poemas. Publicou, na Alemanha em 2016, o livro infantil bilíngue Pedrina- a perua que queria ser pavão pela editora Bübül Verlag Berlin, tem textos em sites literários e antologias na Alemanha, Brasil e Portugal. Com o coletivo GLENSE – Guerrilha Literária Espontânea na Sala de Estar fez uma mini-antologia pela Editora Girabrasil em 2019. Trabalha na emissora de Rádio e TV pública de Berlim, onde vive há quase vinte anos.

 Terezinha Malaquias – Freiburg/Alemanha

É Artista, Poeta, Performer. Autora de seis livros, entre eles: Modelo Vivo, Menina Coco (português e alemão), Teodoro (português e inglês). Tem participado de várias antologias. Tem um canal no YouTube com seu mome para seus vídeos, poemas e performances. Fundou a Olimalabo Editora em 2019 para publicar seus livros. Mora em Freiburg, Alemanha. Sua frase-oração: a grande função da arte é transmutar as pessoas para que possamos chegar até Deus.

                              Litas Ricardo – Santarém/Portugal

Com participação em várias antologias e três livros lançados, sendo um de textos poéticos, sou apenas uma construtora de puzzles usando como peças, as palavras, num desejo que estas enriqueçam e aqueçam os corações de quem as lê.

                              Jammy Said – Niterói/Brasil

Poeta/Escritora/ProdutoraCultural/Atriz/TerapeutaHolística/Jornalista/Coordenadora do Evento Cultural Encontro Sarau & Dança. Participou como co-autora das Antologias realizadas pelo Movimento Um Brinde à Poesia de Lucília Dowslley, e também das edições do Fanzine Alfarrábios na oitava edição. Diretora de Ações Culturais do Movimento União Cultural Núcleo Niterói, Delegada Cultural do Município de Niterói. Tem diversos Prêmios na Cultura, Poesia e Teatro. 

Tita Leal – Luxemburgo

Fátima Martins Leal ( TITA) nasceu em Marinhais , Santarém a 21 de Fevereiro 1960. Aos 18 anos emigrou para o Luxemburgo onde continua a residir. Sonhadora e sensível, começou a escrever muito nova e a rimar com as palavras parecendo- lhe escrita poetica. Tem um grande fascínio pela pintura e artes em geral.Não se define artista plástica,contudo envolve-se com os pinceis e as cores do arco-íres. Utiliza o pseudónimo Tita Leal nas suas telas e poemas. Preza muito a amizade e o amor. Condena as injustiças. Publicou o seu primeiro livro de poesia* O Segredo do Meu Olhar* em Agosto de 2013, editora Modocromia. Participou em várias Coletâneas e Antologias.

Carlota Marques Canha – Lisboa/Portugal

Nascida e natural de Lisboa é licenciada em Tradução económica-jurídica na vertente francês e inglês pela Universidade Europeia e com uma Pós-graduação em Gestão Comercial e Marketing pelo ISTE Porto. Exerce funções de Assessoria na Dir. Jurídica de grupo de retalho e em Dezembro de 2018 lançou o seu primeiro livro de poesia “Agarrar o tempo – Pensamentos sem tempo” pela editora Chiado. Para além do género de poesia gosta de escrever prosa, contos e letras originais de músicas.

Ana Maria Lopes – Brasília/Brasil

É jornalista e poeta. Tem três livros autorais : Conversa com Verso (LGE 2006), Risco (2012) e Mar Remoto (Maria Cobogó 2018) além de participação em diversas antologias: Escriptonita (Patuá), Antologia de Poesia Mulherio das Letras (Costelas Felinas), Mulherio das Letras Contos e Crônicas (Mariposa Cartonera), Conexões Atlânticas (In-Finita), Caminhos da Palavra (Outubro Edições) e os e-books Essas Águas (organizado por Wagner Muniz) e Mulheres na Literatura Brasileira (organizado pelo poeta Rubens Jardim). Tem alguns prêmios literários. Integra o Coletivo editorial Maria Cobogó que reúne cinco mulheres escritoras e cujo objetivo é dar voz e visibilidade à literatura feita no Distrito Federal.

 Wilne Moraes – São Luis Maranhão/Brasil

Brasileira, nascida em São Luis do Maranhão. Psicóloga clínica, (atende mulheres vítimas de relacionamentos abusivos, Transtornos de Personalidade entre outras doenças psíquicas), poeta e contista, tem conto publicado na antologia Admiráveis Mulheres pela Lura Editora, poemas publicados no livro HILSTIANAS v.1 Livro em homenagem à Hilda Hilst pela Editora Patuá, ensaia voo solitário com um livro de contos.

Cristiane Cunha Bezerra – São Paulo/Brasil

Natural de São Paulo, formada em Letras pela Universidade de São Paulo, amante da música, canta em um Grupo Vocal chamado Madrigueiros, louca por poesia e toda boa literatura, já publicou poesias em duas Coletâneas – Visões – a mulher – o amor – a vida e Nem uma a Menos.

Anamaria Alves – Minas Gerais/Brasil

Anamaria Alves Dias dos Santos, pesquisadora do Núcleo de Estudos Interdisciplinares de Alteridade da Faculdade de Letras da UFMG, professora de Alemão e Inglês, poeta e contista. Publicou em Portugal pelo selo In-Finita (Poesia e Conto), na Alemanha pelo selo Mulheres Emergentes(Poesia) e
no Brasil pelas editoras Letramento(Artigo em Teoria literária) e Quilombhoje (Conto).

Maria de Fátima Soares – Lisboa/ Portugal


Tenho catorze livros publicados. Sendo a sua apresentação feita em locais de culto, como a Biblioteca Camões. A Livraria Bertrand, a Bulhosa e outras. Concedi, quando solicitada, algumas entrevistas em rádios nacionais. Igualmente a, revistas do Brasil, onde sou membro honorário de várias Academias de Letras. Escrevi nalgumas colunas brasileiras. Colaborei semanalmente com jornais, nacionais, onde escrevi um pequeno apontamento de poesia, ou conto.

Katia Gilaberte – Recife/ Brasil


Carioca, hoje radicada em Recife, Katia Gilaberte é diplomata, escritora e fotógrafa.Teve dois contos premiados na OFF Flip (Paraty, Brasil): em 2007, Travessia. (2º lugar); e, em 2008, Depois da chuva. (9º lugar).Mais recentemente, vem-se dedicando à literatura para a infância: Catarina e o lagarto, ilustrado por Bruna Assis Brasil, foi premiado como melhor texto infantil de 2016 pela Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantojuvenil (AEILIJ). O acordeão vermelho, ilustrado por Luciana Grether e publicado pela Caleidoscópio, obteve no corrente ano o Selo Distinção da Cátedra de Leitura da UNESCO- Puc Rio. 

 Paula Valéria Andrade – São Paulo/Brasil


Poeta, escritora e artista visual.
Publicou dezoito livros: de poesia, arte-educação, antologias e seis livros-brinquedo infantis de pano e agora, um novo livro de Literatura Infantil. Recebeu prêmios literários em Portugal, Itália, Alemanha, EUA, e no Brasil oJabuti e APCA. Ganhou “Menção Honrosa” por sua poesia com a FALARJ (Federação de Academias de Literatura e Artes do Rio de Janeiro), 2016. Ainda em maio de 2016, recebeu o primeiro lugar no Prêmio ACIMA do Salone Internazionale Del Libro Di Torino, Itália, por seu texto para crianças “A Beija-Flor Dodô e Gil Girassol”, publicado em português-italiano na Antologia Amor & Amore, em 2017, e pela Editora do Brasil, em 2018

Marta Cortezão – Segovia/Espanha


É amazonense, nascida em Tefé. Participou de várias antologias nacionais e internacionais, de 2015 a 2016. Em 2017, lançou seu primeiro livro de poesias e poemas, cujo título é “Banzeiro Manso”. Em 2020 lançará seu segundo livro, intitulado “Amazonidades Poéticas: cultura e identidade”, pela Porto de Lenha Editora – Gramado / RS. É membro da Associação Brasileira de Escritores e Poetas Pan-amazônicos – ABEPPA e da Academia de Letras do Brasil – Amazonas – ALB/AM.

Cecília Maria Pereira Pestana -Funchal/ Portugal
Cecília Maria Pereira Pestana, nasceu a 4 de Dezembro de 1957, em Torres Novas. Filha de pais madeirenses e pai militar, veio residir para a cidade do Funchal, Ilha da Madeira, aos 9 anos de idade.
Amante de leitura de poesia desde jovem, apaixonou-se rapidamente pela escrita poética. É co-autora de doze Antologias e Coletâneas Poéticas, dois E.Books de Natal no Grupo Solar de Poetas, e participa com frequência, em Saraus e eventos de Poesia.
Publica o seu primeiro livro de Poesia “A voz do poeta “, em Fevereiro de 2020. Tem por especial interesse, além de leitura e poesia, cultura, e arte, nas suas mais diversas formas. É também uma apaixonada por viagens.


       Liza Ferreira – Palmela/ Portugal

Nasci na Aclimação São Paulo Brasil em março de 1970. Participei de duas coletâneas de poesias em são Paulo Brasil em 2010 (Cantos da Cidade), em 2016 publiquei o livro infanto juvenil “Minha avó é uma bruxa…E das boas!” , através da editora Scortecci em parceria com a Pingo de Letra, lançado na Bienal internacional do livro no Anhambi SP,Brasil.Contadora de histórias durante vários anos, uma breve experiência em radio comunicação, inúmeros trabalhos voluntários em bibliotecas, escolas e hospitais. Bacharela em direito pela faculdade de Direito em São Roque SP Brasil. Em 2016 ministrei a palestra Quanto vale o tempo e a importância de gerência-lo, para funcionários da empresa de engenharia REMO S/A.

                       Sheila Martins Dos Santos- Rio de Janeiro/ Brasil

Nascida e criada na Baixada Fluminense, atualmente ouça se desbravar pela Zona Oeste do Rio de janeiro. Além de atuar como livreira na Livraria Nombeko, trabalha como intérprete de LIBRAS no Instituto Nacional de Educação de Surdos, pedagoga, pesquisadora de Literatura negro-brasileira bem como sua difusão na comunidade Surda e co-autora de “Vértice: escritas negras” (Ed. Malê, 2019). Participou das antologias: Mulheres (Ed. Inovar, 2020), Antologia Ruínas (Ed. Patuá, 2020), Resistência Negra (Ed. IGM, 2020), e desenvolvendo o Projeto do livro “Narrativas Negras”, entre outros projetos

Cecília Dias Gomes – Setúbal/Portugal

Nasceu numa Vila que tem por nome Rossas, concelho Vieira do Minho, Distrito de Braga . É Artista plástica , foi condecorada pela Revista Repórter X Suíça como Artista. Estudou Psicologia na Universidade autônoma de lisboa . É formada em geriatria, trabalhou na área da saúde ( Geriatria), ė membro da Artiset ( associação dos Artistas plásticos de Setubal), foi Presidente do concelho fiscal NPS ( Núcleo de poesia de Setúbal. Lançou seu primeiro livro a 7 de julho de 2018 com o título “Encontro-me”, seu segundo livro no dia 22 de junho de 2019 “Metamorfose” à espera de mim, pela infinita, o terceiro livro será lançado dia 20 de junho 2020 com título ” a minha vez” , também dia 20 de junho 2020 vai ser lançado um CD de poesia declamada pela mesma com poesia original, uma panóplia de versos e poesia sobre sua vivência neste mundo. Dois livros editado pelas edições OZ . Participou em 21 coletâneas. Artista Plástica, expondo suas obras a nível Nacional e Internacional . Participa em ações registadas de voluntariado em Setúbal ou em qualquer parte do País para o bem de comunidade. Cecilia Gomes é um ser autodidata em várias vertentes de A a Z.,Ama a Poesia .

Ana Acto – Setúbal/ Portugal

Ana Isabel Correia Acto nascida a 5 de Abril de 1979 em Tomar. Reside actualmente em Setúbal. Participou em diversas 14 obras colectivas (colectâneas, antologias e livros de poesia). Em 2020 lançou seu primeiro livro intitulado “NUA”.

Ana Coelho – Alenquer/ Portugal

Ana Coelho nasceu a 20-11-1969, é casada e tem 2 filhos. É natural de Angola, vive em Alenquer desde os 5 anos. Tem 8 livros editados. Em 2012 cria o grupo literário AlenCriativos com uma outra autora Alenquerense como objetivo dar a conhecer a literatura. Colabora com a Biblioteca Municipal de Alenquer na organização de saraus poéticos e outros eventos literários. Premiada em alguns concursos literários na modalidade de poesia. Membro da Academia de Poetas da Língua Portuguesa, tendo como Patrono; Natália Correia. Em 2015 aceita o desafio de dar voz às palavras e autores semanalmente no Programa Livro Aberto na Rádio Voz de Alenquer.

Sandra Maria Sampaio Rodrigues – São Paulo/ Brasil


Natural de Caucaia – Ceará, mora em São Paulo. Autora do livro infantil “Falabella a borboleta azul e Gina formiguinha”, Ed. Scortecci, 2019 e outros a publicar. Artista plástica, escritora, ilustradora. Vivencia a natureza e alma humana em poemas, contos e crônicas.Integra desde 2018 em revistas literárias, 11 antologias em várias editoras do Brasil e em Portugal. 2019 em 7 antologias. Ilustrações de Capa e miolo em 3 antologias. Atua em grupos literários nas redes sociais, entrevistas em blogs e revistas literárias. Faz parte do Mulherio das Letras e Elas e as letras.

Eugênia Correia – João Pessoa/ Brasil


Ainda no prelo, seu primeiro livro de poemas, “Carapuça” foi sendo publicado aos poucos nas redes sociais em em versões manuscritas. Na contra-mão do mercado, tem divulgado seus poemas em livros artesanais. Participou de várias coletâneas do Mulherio das Letras, com contos e poemas. É compositora, letras e músicas, tendo gravados dois eps disponíveis pelo youtube: Trilhas de apartamento e Cirandas do silêncio.

Inêz Oludé – Bruxelas/ Bélgica


Inêz Oludé da Silva, pernambucana, residente em Bruxelas, é artista ARTivista e poeta subversiva, com formação em história da arte, arqueologia e pintura monumental. Membro da coalizão de artistas da Unesco pela difusão da história da geral da Africa e diretora do Museu-Valise da história da escravidão, parceiro da Onu-Unesco. Participou das publicações organizadas pelas editoras Ecos do Nordeste e  In Finita e Helvétia. Quand les Bruxellois Racontent, Harmattan, Paris, ‘Panorâmica do Conto em Pernambuco ed. Escrituras, ‘A geração que queria mudar o mundo’, Marcas da Memória, ed. Ministério da Justiça.

Claudia Fernandes Filippo – Rio de Janeiro/Brasil

Meu nome é Claudia Fernandes Filippo, não sou poeta, nem escritora, sou só uma mulher que gosta de escrever.Minhas participações são sempre no Livro aberto rádio voz de Alenquer, sob comando de Ana Coelho. Ano passado fui honrada com um segundo lugar no programa em que Participaram Irina Valério e Litas Ricardo, Encontro de almas. 

Sandra Ramos – Alverca do Ribatejo/ Portugal

Nascida em Lisboa em 1975, reside em Alverca do Ribatejo. Formada em Gestão, trabalha na Marinha Mercante há cerca de 20 anos. Iniciou-se na escrita em 2017 com uma Menção Honrosa num Concurso de Novos Autores da Cordel de Prata. Participou em diversas colectâneas, e foi co-autora vencedora dum livro de Concurso de Speed Writing, Foi cronista na Bird, e está actualmente na Repórter Sombra. Gere uma página de autor no Facebook: Escrevinhar / Sandra Ramos, onde publica prosa, poesia, crónicas de sua autoria e onde promove desafios a autores vários, bem como divulgação de obras.

Jacqueline Meire – Bahia/ Brasil


Natural da Bahia-BR, é licenciada em Pedagogia, Especialista em Ensino, Pesquisa e Extensão em Educação e Mestre em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Consultora, pesquisadora e professora com experiência nos diversos segmentos da educação formal e não-formal seja no Brasil e em Moçambique-África. Desde a infância interessa-se pelo encantamento da escrita, das relações entre ensinar e aprender. Escreve contos, poesia, livros infanto-juvenis, dentre outros além de desenhar. Em 2019 publicou na Antologia Poética Internacional Vol. IV e no Mulher Poesia Vol. 4, duas coletâneas de poesias da Editora Cogito.

                          Auzêh Freitas – Natal/ Brasil

Pernambucana de Pesqueira.
Professora, poeta declamadora, atriz.
Membro:  SPVA RN  Soc. dos Poetas Vivos e Afins do RN ,  SPVO – Soc. dos Poetas Vivos de Olinda, Representante em PE –  Grupo Corujão da Poesia Universo da Leitura do RJ, Guerrilheira cultural da UBE-PE e Sarau das Artes. Faz parte de Antologias Nacional e Internacional . Livro em Prelo.

Luciane Couto – Minas Gerais/Porto

Tem dividido seu tempo entre Brasil e Portugal. Publicou dois livros de poemas: Composição (2016) e Punhados de Amor (2019). Já contribuiu em duas antologias em Portugal e em quatro no Brasil, além de ter recebido premiações literárias por crônicas e poemas. Oferta desde 2017 a oficina Poesia Terapêutica e é membro da Academia de Letras João Guimarães Rosa/PMMG/Brasil.

Flavia Alice Zogbi – São Paulo / Brasil


Flavia Alice Zogbi (1963) nasceu em São Paulo, capital. Fez duas faculdades: Psicologia e Letras, especialista de espanhol. Nos anos noventa escreveu seu primeiro livro “Vindas Vida Idas” de autoajuda e espiritual. Em 2008 sofreu uma grave doença que a deixou de cadeira de rodas. Em 2016 escreveu “Caminhos de pedra, terra e areia. Caminhos de uma vida”. Esse livro foi traduzido para o espanhol e fez sucesso na Argentina. Agora volta a reescrever seus livros “Vindas Vida Idas”, Antologias: “O Silêncio das palavras “ e “ Construtor de amigos” com uma nova visão. Depois de tantos desafios em sua vida sente que é hora de repassar essas vivências. 

Cristina Rodrigues – Póvoa de Santa Iria/ Portugal


Nasceu em Vila Franca de Xira, terra do escritor Alves Redol e é licenciada em Ciências Sociais. Desde sempre gostou de se exprimir através da escrita, dando asas à sua criatividade. Embora esta seja a sua principal forma de sentir, só recentemente começou a participar em várias Antologias de Poesia e em Concursos Literários da Editora Vieira da Silva.


Vânia Gusmão – Ceará/ Brasil


Natural de Pernambuco mas há 15 anos reside em Fortaleza Tem no sangue a ebulição do frevo e na mente a paciência do jangadeiro Formada em Estudos Sociais e pós graduada em Psicanálise Clínica Embora escreva desde muito jovem, participado de várias coletâneas e assinado durante algum tempo a coluna Moda e Comportamento da revista Mundo da moda, não se considera poeta, costuma dizer: Não sou poeta, são meus sentimentos que fogem e sobre uma folha branca minhas mãos frementes choram sua ausência.

Laurinda Rodrigues – Lisboa/ Portugal


A autora é advogada, astróloga psicoterapêuta, investigadora, organizadora de eventos (poesia e fado); quatro livros publicados e participação em coletâneas.

Enaide Alencar Vidal Pires – Recife/ Brasil


Enaide Alencar Vidal Pires, nasceu em Água Branca, Paraíba, Brasil, filha de José de Freitas Vidal e Gualterina Alencar Vidal. É viúva, tem 08 filhos, 17 netos e 4 bisnetos. Foi professora de língua portuguesa e advogada. Exerceu as duas profissões, hoje, aposentada. Reside em Recife e participa de grupos literários e antologias de contos e poesias. Tem 4 livros publicados e ganhou em 2016 o prêmio “DULCE CHACON” – ESCRITORA NORDESTINA, com o livro, RETALHOS DE VIDA COSTURADOS DE SAUDADE.

Izilda Bichara – São Paulo / Brasil

Nasceu e vive na cidade de São Paulo, Brasil, é formada em Letras e em Direito pela USP e participa do Mulherio das Letras desde o seu surgimento. Também integra o Coletivo Literário Martelinho de Ouro, tendo contos publicados em todas coletâneas do grupo, como Achados e Perdidos, Serendpt, Sub, Eu não sou aqui e O dia como ele é. É autora da novela Térreo (ed. e-galáxia) e de Desculpa o atraso e outros contos (ed.@link) Contato: Facebook: @izildabicharaescritora Email: izildabichara@gmail.com


Maria Alice Bragança – Porto Alegre/ Brasil


A autora nasceu em Porto Alegre, RS, Brasil. Jornalista, mestre em Comunicação Social pela PUCRS, redatora e editora de emissoras de rádio de jornal, foi também professora de jornalismo e artes visuais. Publicou poemas em jornais, antologias nacionais e em Portugal, além dos livros: “Quarto em quadro” e “Cartas que não escrevi”. Mantém o blog “Alice & Labirintos” (alicelabirintos.blogspot.com) e participa do coletivo Mulherio das Letras (RS, Portugal e Europa). Tem poemas publicados nas revistas Literatura & Fechadura, Mallarmargens, Germina e InComunidade.


Ana Maria Lopes – Lisboa/ Portugal

Portuguesa, nascida no ano de 1961. Exerce funções de Investigadora e Técnica de Arquivo e Biblioteca na Sociedade Histórica da Independência de Portugal. É sócia efectiva da Sociedade Histórica da Independência de Portugal desde 1987. Faz parte da Comissão Executiva da Academia Lusófona Luís de Camões – S.H.I.P. Licenciada em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, possui as qualificações de Mestrado e Pós-Graduação em Ciências da Documentação e Informação na área de especialização – Biblioteconomia. Curso de Museologia. Tem vindo a participar em coletâneas, conferências, palestras, dedicando algum tempo à escrita de carácter académico e mais recentemente ao conto e poesia. Preparado o seu primeiro livro de poesia a publicar ainda este ano.

Elisa Pereira – Sintra/ Portugal


Editei o livro Tomás vai ao Canil -2012. Participei em Festivais,eventos de Poetry Slam e no 1ºSpeed Writing em Portugal.Ganhei o 3ºlugar no Concurso Cartas de Amor. Entrei em 2019 no III Concurso Literário e no Festival de Poesia em Lisboa.Escrevo para Umpoemademimparati.Participei em mais de 2 dezenas de antologias/colectâneas das editoras:Pastelaria Studios,Papel d’Arroz,Orquídea Edições,LLO,MP Edições,RVA Alenquer,Edições Hórus,Cordel D’Prata,
O Declamador,Os Patudos da Associação Amigo Fiel,Edições Vieira da Silva,Helvetia Éditions ,Chiado Editora e In-Finita. 

Sofia Cortez – Lisboa/ Portugal

Licenciada em Comunicação Empresarial pela Escola Superior de Comunicação Social de Lisboa, mestre em Publicidade e Marketing sobre o tema: “As bandas como marcas que constroem os novos mitos: o caso dos THE DOORS e uma pós-graduação em Marketing Management pelo ISEG. É marketeer por acaso, escritora em desenvolvimento e artista por vocação. Entre os seus trabalhos estão uma Exposição de Croquis de Moda realizada 97 no Espaço Ágora, curso de desenho na Sociedade de Belas Artes em Lisboa, a participação em feiras de artesanato com o projeto: Nomes em Papel para crianças, um livro editado em 2018 , várias participações em coletâneas de autores em poesia e conto, blogger no blog omeuserendipity.blogspot.pt.

Sara Timóteo – Póvoa de Santa Iria/ Portugal

Publicou 12 obras de poesia, teatro e narrativa de ficção em língua portuguesa. Publicou 3 obras de poesia e de não-ficção em língua inglesa. Enquanto autora, dedica-se ao ofício da escrita com todo o tempo que lhe sobra dos afazeres profissionais. A intervenção pela liberdade e pela equidade, ou a pura observação e escuta do que se passa em redor de si, constituem o cerne do seu processo de criação. O seu último projeto é uma peça de teatro sobre duas mulheres alvo das mais diversas formas de violência e que, por isso, se agridem entre si.




Cláudia Carola – Sesimbra/ Portugal

Nascida a 1 de Março de 1979 em Lisboa a paixão pela escrita acompanha-me desde que me lembro. Desde cedo que escrevia os meus diários e foi neles que iniciei também a poesia, por ser algo que me fluía com alguma facilidade. Já participei em algumas Antologias de poesia, umas através da Chiado Editora outras em edições mais pequenas, mas que sempre me deixaram orgulhosa. Maresia de Poesia, meu primeiro livro, será lançado brevemente.

Cláudia Monteiro – Vila Nova Gaia / Portugal

Nascida em S. Gonçalo, Amarante, Portugal, em 20 .12.1969. Professora do 3.º Ciclo e Secundário das disciplinas de Português, Francês e Educação Especial.Mãe de três filhos lindos. Feliz. 
Cláudia Sofia Tavares Ferraz de Lima Monteiro, coautora na Antologia +MULHER, na Antologia MULHER E SEUS DESTINOS, em PALAVRAS ILUSTRADAS, membro do Projeto SER MULHER.

Patrícia Cassique – Vila Franca de Xira/ Portugal

Fundadora do Awaking Connection, cocriadora da ESCRITA MEDITATIVA tem formação em várias áreas do desenvolvimento humano, como Fisioterapia, Terapia Holística, Massagem e Pedagogia e instrutora de Yoga. Seu prazer é integrar a escrita em diferentes vertentes da vida e diferentes conhecimentos.

Sílvia Schmidt – São Paulo/ Brasil

É natural de São Paulo, morou no Nordeste e Sul do Brasil, saindo de Florianópolis em 2000 em voos mais ousados para Inglaterra e EUA, com o objetivo de estudar o idioma inglês. Graduou-se em Letras Português Inglês e respectivas Literaturas em Lorena-SP- Fatea.Especializou-se em Comunicação e Semiótica na PUC/SP, Sociologia e Política/ USP, e Ontopsicologia em SC. Por 16 anos ministrou aulas de Literatura Brasileira. Em 2014 cria a editora para livros eletrônicos a Símbol@Digital quando lança seu romance de estreia Duty Free -2000 durante residência artística na CASA DO SOL, em Campinas, no IHH (Instituto Hilda Hilst). Tem participado como mediadora desde 2016, em eventos literários em crítica interseccional assim como, participado de antologias e revistas literárias com textos em poesia conto e ensaios. Durante o Flipoços 2020 mediará as mesas: Romance Contemporâneo Feminino: documento e memória, assim como Poesia Poder e Performance. Seu romance Made in Brasil – 2020 será lançado através do selo Símbolo Artesanal- sob sua concepção-durante o Flipoços2020.

Maria Ruivo – Sesimbra/ Portugal

Nasceu numa aldeia junto ao mar, no Cabo Espichel, mas cedo a levaram para a cidade e depois para a serra do Açor. Foi entre o Rio Alva e o Mondego que teve os primeiros amigos, os primeiros amores e um filho. É lá que volta quando sente frio na alma. Mas regressou para junto do mar, pois só aí sente que está em casa. É técnica superior da administração pública. Desde pequena que gosta de escrever. E de ouvir pessoas. Um caderno e um lápis de carvão andam sempre na mala. Só muito tarde começou a participar em coletâneas de conto e poesia, tertúlias e encontros de autores. Gosta de ler em voz alta. Sempre gostou de pessoas, de pedras e de palavras.


                         Itanira Soares – Fortaleza/ Brasil

Maria Itanira Araújo Soares, nascida em IpuCE) – terra de Iracema, cujo cenário serviu de inspiração para José de Alencar em seu livro Iracema.

Escritora Convidada, textos na Revista Acadêmica elaborada anualmente pela AILCA – Academia Ipuense de Letras, Ciências e Artes.
Autora dos livros do gênero poesias, intitulados: A POETISA NUA e POESIAS EM 4 TEMPOS.

                          Marise Hansen – São Paulo/ Brasil


Poeta, autora do livro Porta-retratos (2015, Ateliê Editorial) e da página @poesiagora. Mestre e Doutora em Literatura Brasileira (Usp). Professora de Literatura Brasileira na Universidade de São Paulo e ministrante de cursos de Literatura. Participação no volume “Contemporâneas” da revista de poesia Vidas Secretas.

                                    Tiló Henriques – Portugal 


Em 2014 editou o seu primeiro livro de poesia em 2014 “Esta terra que sou eu”, com A Temas Originais de Coimbra com o nome de Maria Otília Henriques. Em 2017 o seu segundo livro “Entre o Céu e a Terra”. Em 2019 o seu terceiro livro “Sonhos e Flores com Asas”.Ambos com a chancela de Edições OZ com o pseudónimo de Tiló Henriques. Em 2014 participou no livro Sob Epígrafe Tributo a Mário Sá-Carneiro. Em 2019 participou no livro Sob Epígrafe Tributo a Sophia de Mello Breynner Andresen. Em 2020 em OPUS. Edições da Temas Originais Coimbra.Participou em muitas e diversas coletâneas de poesia das Edições O Declamador. Em Ebooks do Solar dos Poetas. Em 2019 em POEMÁRIO 2019 e Antologia Perdidamente III Colectânea de Poetas Contemporâneos do GMH Pastelaria studios.

Edna Santos Almeida – Bahia/ Brasil

Nasceu em 20/06/1968 em Inhambupe-Ba. Graduada em Letras vernáculas com Inglesa pela UNEB-Universidade do Estado da Bahia. Pós-Graduada em Planejamento Educacional. Publicou em 2016 o livro “Caminhando entre as flores”. É membro da Casa do Poeta CASPAL e da Câmara Municipal de Literatura. Foi selecionada no Concurso Poético Dolores Duran em São Paulo. E instapoeta, membro do Mulherio das Letras no Brasil, Portugal e na Europa. Faz parte do Sarau do Boi Encantado.

Ana Dietmüller – Áustria


Nascida em Porto Alegre, em 1974.Graduada em Direito pela PUC/RS, em 1996; atuou como advogada corporativa por 15 anos no Brasil. Por conta do casamento, muda-se para a Áustria e passa a se dedicar à produção literária. 2016 – passa a atuar, como colunista, na plataforma Brasileiras pelo Mundo. 2017 – engaja-se à Rede Brasileira Infância e Consumo, igualmente, como colunista. 2018 – lança seu primeiro livro, “Histórias de Morar Fora”, pela Amazon. 2019 – participa com o conto “Na Contramão” da Coletânea Reedificações.
2020 – atua como jurista no aconselhamento a refugiados e imigrantes, de onde também recolhe inspiração para obra futura!

Rita Delamari – Curitiba / Brasil


Nasceu Rita do Rocio Alves dos Santos, em Curitiba/PR. Graduou-se como 1º Sargento da Reserva na PMPR; cursou Redação Técnico-Científica e tem formação acadêmica em Pedagogia. São três seus livros publicados: Das pedras as flores, pela Editora Íthala, 2011; Da janela do quarto, pela Editora Blanche, 2015; Contornos e contrastes, pela Marianas Edições, 2018. Participou de 12 antologias, entre elas: “2ª Coletânea Poética – Mulherio das Letras”, 2018; “Festival de Literatura – Fazenda Rio Grande-PR”, 2018 e “Conexões Atlânticas IV”, 2019. A poeta ocupa a Cadeira 41 na AVIPAF – Academia Virtual Internacional de Poesia, Arte e Filosofia e é membro efetivo do Centro de Letras do Paraná, desde 2017.

Custódia Pereira – Seixal/ Portugal


Custódia seu nome, Pereira o apelido, em Santo André ubi nata est. Fez-se professora e escuta a voz dos poetas. É uma escrevivente. Obras publicadas. Imagens do eu poético em Florbela Espanca: do sentimento à identidade, (2009) Edições Ecopy.


   Carmen Regina Saraiva Maia – Fortaleza/ Brasil

Quem sou eu? Médica e autora, escrevi o Livro:10 ENCONTROS DO CORAÇÃO ressignificando perdas ao longo da minha vida (na primeira parte do livro). Sou como um sol disparando raios para todos os lados. Essa é uma metáfora que me define (Fogo puro que queima e arde, mas também ilumina e aquece!). Formação: Medicina pela UFC. Especialização em Clínica Médica e Cardiologia. Concluindo Curso de Formação em Tanatologia, pela RNT e TCC- Terapia Cognitiva Comportamental, pelo Programa de Ansiedade (AMBAN) do Instituto de Psiquiatria do HC da Faculdade de Medicina da USP. Participei de várias Oficinas de Escrita Terapêutica e Curso de Facilitadores de Escrita Terapêutica com a Central de Escritores. Experiência como Facilitadora de Escrita Terapêutica em Dois Módulos (Autobiográfico e Temático: Superação/Resiliência).

                  Maria Elizabete Nascimento de Oliveira -Cáceres / Brasil

Sou natural de Paranaíba/MS e, atualmente, professora na área de linguagens no Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica/CEFAPRO. Livros publicados: A educação Ambiental e Manoel de Barros: diálogos poéticos (2012) e Asas do inaudível em asas de vaga-lume (2020). As palavras esteticamente trabalhadas são, para mim, refúgio e redenção, uma das janelas possíveis para se vislumbrar outros mundos, espaços onde, acredito, podemos enxergar arco-íris e plantações de girassóis. Minhas brincadeiras poéticas são feituras de memórias e saudades.

Rosa Morena – Fortaleza/ Brasil

Nasceu em Itapipoca (CE). Cursou Pedagogia. Em 2014, foi premiada com o Livro Jaci, a filha da Lua no Edital Paic, Prosa e Poesia. Em 2015, lançou
Movimentos Intransitivo. Recebeu Menção Honrosa em dois certames: no XVIII Prêmio Estadual Ideal Clube (2015) e no Prêmio Carlos Drummond de Andrade, de Brasília (2017). Em 2018, Lançou o livro Micropoemas e teve o livro Pedro, o menino do mar, selecionado no Edital Mais Paic. Em 2016 e 2018, foi  selecionada no Concurso de Poemas no Ônibus e no Trem da cidade de Porto Alegre-RS. Em 2019 recebeu o 1º lugar no XXI Prêmio Ideal Clube de Literatura – Prêmio José Telles, gênero conto.

                           Helena Maria Sousa – Fortaleza/ Brasil

Nasceu em Itapipoca- CE, aos 09 de setembro de 1948. Formou-se em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará. Em 2014 publicou textos na Coletânea da Almece. Em 2017 participou da Antologia Cartografia da Palavra Livre. Em 2018 foi destaque no XX Prêmio Ideal Clube de Literatura – Prêmio José Telles com o poema Catarse.

                                               Luísa Currito – Elvas/ Portugal


Nasceu em Elvas. Vê na escrita uma forma de libertação de emoções e sentimentos. É uma eterna apaixonada pela natureza onde encontra a sua fonte de energia e inspiração. Há uma frase que a caracteriza: – Nada melhor do que a voz da natureza como companheira de pensamentos. É autora do livro de poesia Provavelmente Sentimentos e do romance A Chave do Destino. Integra ainda as colectâneas Som de Poetas; Palavras de Veludo; Entre o Sono e o Sonho; Elvas à Vista; Antologia XVIII Encuentro de Poetas en Red de Badajoz; Eurocidade – literatura e arte; Ei-los que partem; Contos ao vento e Quando o Amor é Cego. Com esta última participação recebeu uma menção honrosa. No ano 2015 participou no Prémio Glória Marreiros, com a novela: Amor entre muralhas e valeu-lhe mais uma menção honrosa.

Sergia A. – Teresina-PI / Brasil


É mestra em Letras/Literatura, Memória e Cultura. Tem produções acadêmicas e literárias publicadas em revistas culturais e coletâneas diversas. É autora dos livros Quatro Contos (Quimera Editora, 2018) e Adejo [Poemas] que faz parte da Coleção Um Mulherio das Letras (Venas Abiertas Editora, 2019).

                       Teca Mascarenhas – Santa Catarina/ Brasil

Maria Tereza Fiuza Lima Mascarenhas Passos é catarinense nascida em Rio do Sul. Poeta, Filósofa e Professora Universitária, vive em Balneário Camboriú (SC), é membro da Academia de Letras e Diretora do ‘Bureau d’Art Teca Mascarenhas’. Obras: Tempo de Migração, Meu Singular é Plural, Peso-pena e nem parece que é AVESSO (no prelo); é coautora de antologias.

Joana D’arc Pinheiro – Lisboa/ Portugal

É brasileira, casada e mãe de dois rapazes. Atualmente vive em Lisboa com a família. Doutora em Linguística Aplicada, com várias publicações acadêmicas na área da Linguística do Texto e do Discurso, a autora dedica-se também à escrita literária. Em 2018, recebeu destaque no XX Prêmio Ideal Clube de Literatura com o poema intitulado Mudança. Já publicou os livros de poemas Maioridade Poética (2018), Palavras Poemas Prendas (2018) e 3 tempos (2019). Sua mais recente obra é a narrativa infantil O dia esperado (2020).

Ana Cava – Niterói / Brasil

Ana Paula Cava é uma poeta brasileira, nascida em Niterói-RJ Participou das antologias “Poesia e Cia” livro editado pela UFF( Universidade Federal Fluminense); “Água Escondida” pela poeta Neide Barros Rego; e “Declarações d’Amor” pela Dowslley Editora e Mulherio das Letras em 2019.

Liz Rabello – São Paulo/Brasil

LIZ POR LIZ

Sou de São Paulo, Capital. Escritora por acaso. Professora por opção. Lecionei durante muitos anos e lia para meus alunos obras dos famosos e dos não tão famosos assim. Ao me aposentar já estava escrevendo. Pertenço a duas Academias: ALPAS/RGS e ANLPPB/Campinas/ SP. Escrevo como quem salga páginas de tinta com lágrimas. Escrevo memórias, fatos reais ou fictícios quando a fantasia se une à realidade. Escrevo utopias, esperanças inatingíveis
que só me servem para caminhar. Escrevo lutas, para me dar mais forças para guerrear. Uso armas palavras.

  Lucirene Façanha – Fortaleza / Brasil


Nascida em Morada Nova Ceará, gosta de artes em geral, é associada da ACE, participa dos grupos: Clube Ponto de leitura Itinerante, Clube de Leitura Abraço Literário, Criação Literária. Participou das Antologias Cartografia da palavra livre, Fez-se dezembro em nós e Ecos do Nordeste. Destaque no XXI Prêmio Ideal Clube de Literatura.

Fatinha do Barreiro – Setúbal / Portugal

Maria de Fátima Soares Pereira, nasceu no lugar do Barreiro, freguesia de Valadares, concelho de São Pedro do Sul, Distrito de Viseu. Da sua terra natal saiu com 17 anos para trabalhar em restaurantes como cozinheira, profissão que exerceu até atualmente. Sempre foi apaixonada pela escrita e publicou o seu primeiro livro em 2008, “A voz do coração” na Papiro Editora.Vive em Setúbal desde 2010.

Kilvia Mesquita- Fortaleza/ Brasil

É autora do livro “Os 40 ladrões que existem em você – como identificar e superar a autossabotagem financeira”. Doutora em Economia e Bacharel em Administração de Empresas, Kilvia Mesquita é professora dos cursos de Ciências Econômicas e Finanças da Universidade Federal do Ceará. É facilitadora de grupos de escrita terapêutica com ênfase na área financeira, palestrante, consultora e colunista de finanças pessoais.

Rosa Acassia Luizari – São Paulo/ Brasil


Nasceu em São Paulo. É pedagoga e membro da Academia de Letras, Ciências e Artes do Brasil (ACILBRAS-Volta Redonda-RJ) ocupando a cadeira 525 e tem como patrono o maestro e comendador Armando Caaraura. É colaboradora das revistas Caderno Literário Pragmatha, Avessa, Literalivre, Evidenciarte, Revista de Poesia da Editora Trevo e Brasil Nikkei Bungaku. Participa de coletâneas e antologias de poemas, contos e crônicas. Finalista do 28º Concurso Nacional de Poesia Augusto dos Anjos. Os temas linguagem, arte, ciência e filosofia são os preferidos da autora. Membro atuante de grupos de estudos em literatura brasileira. Os textos da autora estão publicados pelas editoras Porto de Lenha, Dríade, Celeiro de Escritores, Recanto das Letras, Biblio Editora, Darda, Perse, Pragmatha, IGM, EHS Edições e Planeta Azul. Publica textos na plataforma virtual Escritores Eleutheros. Seus trabalhos são certificados de pleno reconhecimento pela qualidade da obra literária.


                                Terezinha Pereira – Minas Gerais/ Brasil

Nasceu em Pará de Minas/MG, em 1948. Autora de romances e de contos, tem alguns livros publicados. Pesquisadora de autores de Pará de Minas. Organizadora de livros relacionados à literatura. Foi professora e bancária. No entanto, desde sempre, tem um caso com as palavras, com as quais tem calma ou tumultuosa convivência. Tem intensa alegria de estar com pessoas que apreciam boas conversas. Acredita que, num certo tempo, publicará seu livro preferido. Por isso, escreve. Sua ambição maior? Ter uma vida longa e uma morte breve. Conceito ouvido por aí e incorporado a seu pensar. Pretende continuar a fazer viagens a mundos ainda não conhecidos e a mundos inventados por artistas das palavras.


NegrAnória d’Oxum – Bahia/ Brasil

NegrAnória d’Oxum é o pseudônimo de Maria Anória de Jesus Oliveira, baiana, professora da Universidade do Estado da Bahia. Estreou nos Cadernos Negros em 2016. Ano seguinte publicou nas coletâneas: Mulher em Prosa, com o conto Divagações d’outrora (Mulherio das Letras/Paraíba); Mulher Poesia, pela Editora Cogito; Outras Carolinas: Mulherio das Letras da Bahia; Antologia Profundanças (Salvador/BA, 2019).

                     Lindevania Martins – Maranhão/ Brasil

Nasceu em Pinheiro-MA. É graduada em Direito com Mestrado em Cultura e Sociedade. Ex-delegada de polícia, é defensora pública atuando no Núcleo Especializado de Defesa da Mulher e População LGBT da Defensoria maranhense. Contista e poeta, é autora dos livros de contos “Anônimos” (Prefeitura de São Luís, 2003), “Zona de Desconforto” (Editora Benfazeja, 2018) e “Longe de Mim” (Sangre Editorial, 2019). Autora do livro de poesias “Fora dos Trilhos” (Ed. Venas Abiertas, 2019). 


                    Rose Pereira – João Pessoa/ Brasil

Advogada, escritora, poetisa, dançarina, e palestrante. É membro na União Brasileira de Escritores da Paraíba UBEPB; Comissão Brasileira de Mulheres da Carreira Jurídica – ABMCJ; e na Comissão de Mulheres Advogadas da OAB-RO. Estudante de dança, exercita suas habilidades como terapia, fazendo da liberdade dos movimentos do seu corpo, meios para incentivar o empoderamento e despertar o sagrado feminino. Com formação técnica em oratória clássica, apresenta-se, declamando poesias e realizando palestras. Na cozinha procura traduzir em sabor outros nobres sentimentos. É autora do livro/Romance IN GUARDA, e de outros poemas publicados.



Esther Alcântara – Salvador/ Brasil

É poeta e por vezes também escreve crônicas e letras de música. Natural de Monte Aprazível (SP), viveu a metade da vida na capital paulista e hoje vive em Salvador (BA). Atua há 27 anos na área editorial como editora e revisora de textos e está à frente da editora Carpe Librum. Dedica-se, ainda, à encadernação artesanal e flerta com livros de artista: em 2015 participou da exposição de livros de artista “Entre a dobra e a obra: memórias” na Biblioteca Mário de Andrade (SP) com a obra Raízes; em 2016 publicou o minilivro Vinte poemas para serem lidos com lupa; em 2019 promoveu oficinas de livros artesanais na Casa de Castro Alves, em Salvador. Participa de saraus e promove o Sarau Vosz. Tem textos publicados em antologias no Brasil e em Portugal, e em revistas e sites como Mallarmargens, Cult, Escambau, Gueto e Crônicas da Copa. Em 2017 lançou o livro de poemas Piracema. Em 2019 organizou e editou a coletânea A mulher e o livro – uma relação em prosa e verso, lançada na Flip e na Flipelô do mesmo ano. No momento prepara nova obra poética.



Nicoleta Peceli – Sintra/ Portugal

Nasceu em 19 de Dezembro de 1981. Em 2007 decidiu partir, da sua Roménia natal, rumando a Portugal. Em 2014 vê editado o seu primeiro livro, com o título “No Fogo das Palavras”. Em 2016 volta editar o segundo livro, com o título “ O Segredo de uma só Palavra… Mulher ! “. Assinalam-se, depois, participações em diversas antologias e coletâneas. Apaixonada pela poesia e pela divulgação da sua escrita junto das pessoas, cria, numa rede social, uma página própria com o título do seu primeiro livro. Participou na 4.ª edição do prémio “Autor publica”, em programas da TV, radiofónicos de poesia e poetas mantendo uma regular presença em tertúlias e encontros dos seus pares.

                          Rosário Pedroso – Cascais / Portugal

Nasceu em Lisboa na freguesia de Santa Justa a 19 de abril de 1963. Tem raízes no Alto Minho e na Beira Litoral. Vive em Cascais e é professora do Ensino Secundário.

– Autora do livro de poesia, Por uma hora não vale a pena, Lisboa, dezembro,1981, Edição do autor;

– Autora do livro de poesia, Extramuros Espaços e Tempos Habitáveis, Pastelaria Studios,2016.

– Coautora em diversas antologias,entre as quais CONEXÕES ALTÂNTICAS, Infinita, ECLÉTICA e MUNDOS (2016-2020),editora Colibri.




          Agnete Maria Sombra Teixeira Carvalho – Fortaleza/ Brasil


“Agnete, intensa sem ser tensa. Ama se descobrir. Rápida em obedecer e ceder aos princípios divinos. Sede por transformação. Apaixonada em desatar os nós que vivencia. 
Formada em Odontologia pela UFC ( Universidade Federal do Ceará ), em 1983, com especialização em Prótese Dentária, Implantodontia e Prótese Sobre-Implantes. Empresária, atuando desde 1984 em Clínicas Privadas, restabelecendo Sorrisos Saudáveis. Serviu ao Exército Brasileiro-Militar da Reserva, como 1a Tenente. Participou por 13 anos das Conferências do Ministério Verdade Viva, Servir é Reinar. Concluiu Oficinas de Leitura Terapêutica e Escritas Terapêuticas, de Autobiografia, Contos,  Crônicas e Ensaios pela Central de Escritores e Academia de Escrita. Escritora e Autora do livro NAS ENTRELINHAS DOS NÓS… e com o Projeto do 2o livro em andamento ( SOLIDÃO POVOADA!).Atua também com palestras e sessões de autógrafos. “



                          Patrícia Aniceto – Minas Gerais/ Brasil

Patrícia de Paula Aniceto é de Santos Dumont (MG). É mestre em Literatura Brasileira e doutoranda em Estudos Literários na Universidade Federal de Juiz de Fora. Iniciou sua participação em Antologias nos Concursos de Redação promovidos pela Academia Brasileira de Letras e pela Folha Dirigida. Publicou em várias Antologias poéticas e possui um vasto elenco de publicações acadêmicas. 

    Liège De Melo – Recife/ Brasil

Liege Costa de Melo Ferreira, nasceu em Triunfo/PE, mora em Recife. Advogada, Turismóloga, Poeta e Cronista. Participou, com poemas das antologias: “1º Concurso Nacional Novos Poetas-Prêmio Augusto dos Anjos” (Videira Editora); “Trilogia de Antologias Festas Pernambucanas” (Natal, Carnaval e São João); “Os Sete Pecados Capitais” “ Os Dez Mandamentos” (Enseada das Letras/Ed.Culturais); “Ecos do Nordeste Brasil 2018/2019” (In-FinitaLisboa/Ed.Moxotó);“Comemorativa Dia Internacional da Mulher/Poesia” e “ Conexões Atlânticas IV” (Infinita Lisboa) Com crônicas dos livros “A EMPETUR – 4 Décadas” (Tarcísio Pereira/Editor) e “O Colégio Stella Maris de Triunfo: Muito Além de um Patrimônio Material ”.(IGP-Indústria Gráfica Pernambuco) Autora do livro “Ledos Devaneios” (Novoestilo Edições do Autor) Fanpage: edosdevaneos; Instagran @liégedemelo.

                         Luzia Costa Becker – Berlim / Alemanha

É doutora em Ciência Política. Desde 2011, vive em Berlim onde trabalha com Migração e Integração após fazer pós doutorado na Humboldt Unveristät zu
Berlim sobre o tema. Desde 2015, participa de encontros literários, escrevendo poemas e crônicas. Em 2018, publicou o livro infantil „Lulu & Didi: dois amigos diferentes/zwei ungleiche Freunde pela Epubli, Berlim. Tem textos publicados em antologias na Alemanha e Portugal. A última antologia é fruto da produção do seu atual grupo literário: GLENSE – Guerrilha Literária Espontânea na Sala de Estar.

Renata Frade – Lisboa/ Portugal

Escritora, jornalista, Mestre em Letras pela UERJ e ativista. Doutoranda em Feminismo na Universidade de Aveiro. Autora de contos e poesias na Antologia Patuscada, Antologia Casa do Desejo e Ninhos (Editora Patuá); Contágios (Oito e Meio); Antologia Nacional Poética Mulherio das Letras 2018; Pontes (Amazon) e no principal portal de conteúdo português, SAPO. Organizadora e coautora de O Livro Delas (Rocco); Coautora de Leitura, literatura e linguagens: novas topografias textuais (Cultura Acadêmica, Fundação Editora da UNESP, 2018) e de capítulo no livro Gênero, Notícia e transformação social (Ria Editorial, 2019). Também criadora de LitGirlsBr, primeiro projeto brasileiro multiplataforma de autoras nacionais de literatura brasileira, pela iniciativa foi premiada com troféu Roseli Doleski Pretto pelas Jornadas Nacionais Literárias da Universidade de Passo Fundo, em 2017. Membro de Os quinze, confraria literária brasileira.

                           Debora Pedroni – Podstrana/Croácia

Nasceu em Niterói, RJ, em 1980. Cursou Letras/Inglês na UERJ entre 1998 e 2003. Em 2008, começou a trabalhar em navios de cruzeiro da empresa Royal Caribeean e viajou os 5 continentes durante quase 5 anos, tendo passado por mais de 60 países. Hoje, mora na Croácia e trabalha com criação de conteúdo, além de dar aulas de inglês e português pra estrangeiros. Foi recentemente convidada a ser Embaixadora da Rede Mulher Empreendedora na Croácia, e desde então produz textos e artigos voltados ao empreendedorismo feminino. Participou de algumas de algumas antologias e coletâneas no Brasil e exterior, as mais recentes sendo a Coletanea Reedificações e A Essência de Tudo. Contribui também para as revistas Pixe e Africa e Africanidades.

                        Aila Magalhães – Fortaleza/ Brasil

Apaixonada por palavras em suas mais diversas combinações. Minimalista, escreve poetrix há quase 20 anos, tendo participado de sete antologias do gênero, além de outras com poemas tradicionais. Família, amigos, livros, música, sapatos confortáveis, viagens, pores-do-sol e café alegram seus dias. Estudou Sociologia, Geografia e Letras. É servidora pública do Estado do Ceará.

Irene Matias – Lisboa/ Portugal 

 Maria Irene Martinho Ferreira Cardoso Matias, nasce a vinte e quatro de abril de mil novecentos e quarenta e oito, na Freguesia de St. Maria, Concelho de Lagos, Distrito de Faro. Funcionária Pública na secção de contabilidade. Participou em diversas coletâneas e já publicou um livro. Ganhou uma Menção Honrosa em Poesia no Concurso “LUÍS DE CAMÕES” da Editora Gerábriga Associação Cultural de Alenquer, a qual lhe foi entregue em um evento efetuado no Museu Mestre João Mário de Alenquer. 

                      Cássia de Oliveira Figueiredo – Fortaleza/ Brasil

41 anos, Natalense residente em Fortaleza. Graduada em Direito pela Estácio de Sá em 2008, especializanda em Metodologias ativas pelo IBfece, professora da área jurídica, ética, filosofia, escritora, poetisa e compositora, palestrante em eventos literários na cidade de Fortaleza. Classificada nos concursos de poesia Poetize 2019 com a poesia Amarras e Poetize 2020 com a poesia Fênix. Co-autora do livro Procura-se a mulher Fortaleza 2020. Redatora e ghost writter freelancer. Instagram : poetisacassiadeoliveira.

                                C. Gonçalves – Barreiro / Portugal

C. Gonçalves é o pseudónimo desta contadora de histórias, apaixonada pela vida, pelos sonhos, pelas emoções e pelo amor. Nascida em 1972 no Barreiro, onde vive desde sempre. Integra o corpo não-docente do Instituto Superior Técnico, desde 1991.Licenciada em Estudos Europeus, Minor em Arte, Literatura e Cultura, em 2013. Os livros e a música sempre ocuparam um lugar de destaque na sua vida, ambos associados à expressão dos sentimentos e das emoções, como um bem essencial à sua vida e dos quais não se consegue separar. Participou de diversas coletâneas. Publicou o livro Para além do Impossível (2017, Chiado Editora).

Diana Pilatti – Campo Grande- MT/ Brasil

Professora Graduada em Letras e Mestre em Estudos de Linguagens, UFMS e aprendiz de poeta. Publicou seu livro de estreia na Primeira Coleção do Mulherio das Letras, 2019, com o título “Palavras Avulsas”, participou de várias coletâneas e revistas, divulga poesia nas redes sociais @dianapilatti

Celeste Pereira – Lisboa / Portugal

Nasci no interior do Algarve. Na serra do Caldeirão. Aí aprendi as primeiras letras. Mais tarde fui viver para Faro, onde tirei o curso Comercial e tomei o gosto pela leitura . Era leitora compulsiva da biblioteca itinerante da Gulbenkian nos anos 60. O Curso Comercial deu-me a hipótese de ser o banco o meu emprego de sempre. Escrevia com muita facilidade. Escrevi cartas de amor em rascunhos que as minhas amigas tornavam como suas, e enviavam para os seus namorados. Depois da reforma dediquei-me a pintura a óleo, mais uma das minhas paixões. Agora que comecei a ouvir poesia, e porque o tempo se esvai, comecei uma outra paixão, a escrita.

  Gilsa da Rocha Magri – São José do Rio Preto – SP / Brasil

Bacharel em Direito, Servidora Pública aposentada pela Universidade Federal de Mato Grosso, atualmente residindo em São José do Rio Preto, interior do Estado de São Paulo, Brasil. Primeira publicação, poemas no livro Assim Nasce um Escritor de 1987, produzido e editado pela escola onde estudava. Em junho de 2018, poemas publicados na Antologia do Desejo da Editora Patuá de São Paulo, que foi distribuída durante a FLIP 2018, em Parati -RJ. Em outubro de 2018, participação no livro Oito Poetas Sete Rupturas, também pela Editora Patuá.Em julho de 2019, poemas publicados em Conexões Atlânticas, pela  In-Finita Lisboa. Em 2020, participação na coletânea Duetos Dordianos, coordenada por João Dordio, também pela In-Finita Lisboa

     Tita Tavares – Lisboa / Portugal


MARIA AUGUSTA ALMEIDA TAVARES (conhecida por Tita Tavares no círculo de amigos e da poesia), nasceu em Fornos de Algodres, uma vila no sopé da Serra da Estrela, distrito da Guarda, na província da Beira Alta. Viveu e estudou nessa localidade até aos 17 anos, idade com que veio para Lisboa, onde continuou a sua vida académica e em seguida a carreira profissional na banca privada.A paixão pelas palavras esteve sempre presente na sua vida  mas só há alguns anos, com a passagem à reforma, encarou a escrita com dedicação, quer a poesia quer a prosa.

                          Mariana Freitas – Lyon/ França

É escritora, jornalista e doutora em comunicação. Explorando mundos desde que saiu de sua cidade natal, Brasília, morou do Norte ao Sul do Brasil e também nos Estados Unidos, China e, atualmente, França. A curiosidade, o interesse social e a paixão por culturas diferentes estão sempre presentes em seu trabalho. É autora do romance “Que o Oriente me oriente”, publicado no Brasil em 2018, pela Editora Letramento. E possui textos publicados em duas coletâneas, no Brasil e na Europa

     Cláudia Marczak – Braga/ Portugal

É professora, psicóloga e escritora, nascida em Santos, São Paulo. Reside, atualmente em Braga, Portugal. Possui dois romances publicados pela Editora Penalux (A flor da pele e O mundo Perfeito), um livro de contos publicado pela Editora Patuá (Multiverso Cotidiano), dois livros de poemas (Caos – independente e Lugar Algum – Editora Corpus – Portugal)  uma coleção de livros infantis, publicada pela Editora Fabris (Nas Asas da imaginação). Participou das Coletâneas:  Mulherio pela Paz, Com os pés na terra, Histórias (Mal)Cheirosas, Meus primeiros versos.

                       Maria Esmeriz-Thomas – Figueira da Foz/ Portugal

Natural de Vila Nova De Cerveira,a residir em Figueira da Foz.Tradutora juramentada .Publicou contos, poesia,reportagens primeiro prémio em “cartas de Amor”(Crónica Feminina). Participou em Antologias AAAGP com poesia e ilustração  e em Antologias Sui Generis “Brisas de Outono” e “Abençoada Mangedoura ” 2020. Artista  plástica activa em em diversas colaborações com extensas exposições no país ,Espanha e Brasil. A preparar exposição de pintura/poesia baseada na obra de Florbela Espanca.

   Cacau Nascimento – São Paulo/ Brasil

Claudia Maria Santos do Nascimento
Nasceu em 24/02/1971, na cidade de Guarujá/SP.
Pós graduada em Serviço Social e exerce o cargo público de Assistente Social.
Membro do Coletivo Feminista Literário Mulherio da Letras desde 2018
Participação em várias coletâneas.

Fortunata Fialho – Évora / Portugal

Sou Maria Fortunata Moreira Crispim Fialho, natural de Aldeias de Montoito – Évora, a viver em Évora. Professora de Matemática, licenciada em Matemática via Ensino pela Universidade de Évora. A leitura fez parte dos meus dias desde criança, a escrita foi surgindo naturalmente. Escrever é um balsamo para a alma e um excelente psicólogo. Nas páginas em branco escrevo desabafos, desejos e sonhos. Tenho participações em diversas obras coletivas. Obras individuais: Sentidos ao vento (Momentos) _ livraria Bubok e Amazon; Simplesmente… Histórias _ Chiado Editora; Quero um Poema…; Poesia Colorida _ Poesia Fã Clube.

                           Janice Reis Morais – Minas Gerais / Brasil

Mineira de Conselheiro Lafaiete, sócio fundadora da AMAR (Ponto de Cultura
AMAR). Desde 2015, participa da Antologia Lafaiete em Prosa e Verso. Homenageou as violas de Queluz (Patrimônio Imaterial de sua cidade) na Revista Contos e Letras Especial Bienal 2018. Em 2019, participou de diversas antologias no Brasil e em Portugal e de algumas edições das Revistas Literárias SG MAG (Portugal) e Evidenciarte (Brasil). Participou do Concurso Internacional Premio Cidade de Conselheiro Lafaiete da Academia de Ciências e Letras da cidade (ACLCL) 2019, alcançando premiação.

Cristina Amorim – Rio de Janeiro/ Brasil


É jornalista há 26 anos – foi repórter nos jornais Tribuna da Bahia e A Tarde (BA – BRA). Integrou as antologias do Poetrix 5 e 6 – esta última, comemorativa dos 20 anos do movimento. É autora dos blogs Poesia pra Toda Obra e Lado B de Salvador – este, com mais de 15 mil visitas de 80 países nos cinco continentes, ao longo de oito anos – e contadora de histórias.

                              Dulce Baptista – Brasília/ Brasil

Professora aposentada da Universidade de Brasília. É autora do livro Bibliotecária Pós-moderna, publicado em 2011, em Brasília, pela editora Thesaurus. Contista, publicou a coletânea Sob os céus do planalto e outros contos (2005), e participou de diversas antologias. Finalista no concurso Cuentáme un conto (2017), promovido pelo Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Salamanca. Dedica-se também à poesia, tendo publicado o poema “Viver” na obra coletiva Caminhos da palavra, organizada pelo grupo
Mulherio de Letras do DF.

                         Mary Cristina Rosa – Curitiba/ Brasil

Mary Cristina Rosa Santa Brígida, natural de Belém/PA, residente em Curitiba/PR, é oficial de carreira do Exército brasileiro, professora de Língua Portuguesa da Seção de Apoio Pedagógico do Colégio Militar de Curitiba e especialista em Estudos Literários pela Universidade Federal do Pará. Escreve poemas desde a adolescência. Atualmente publica seus escritos na página “Poemas de Instante” do Facebook.

                      Conceição Ferreira – Tavira/ Portugal

De nacionalidade portuguesa, Conceição Ferreira nasceu em Angola, na cidade de Benguela e vive em Tavira desde 1983.
Licenciou-se no Instituto Superior Técnico, em Lisboa, e é docente de Matemática do 3.º ciclo/Secundário.
A escrita poética acompanha-a desde a adolescência.
“Sussurros” foi o seu primeiro livro de poesia, publicado pela In- Finita

                    Beatriz H. Ramos do Amaral – São Paulo/ Brasil

Paulistana, é poeta, ensaísta, contista, romancista e musicista. Autora com 7 prêmios literários e com mais de 15 livros publicados, entre os quais “Encadeamentos”, “Planagem”, “Primeira Lua”, “Alquimia dos Círculos”, “A Transmutação Metalinguística na Poética de Edgard Braga”, “Os Fios do Anagrama”, “Peixe Papiro” e “O Avesso do Arquipélago”, este editado em Lisboa pela In-Finita. Seu livro “Encadeamentos” foi objeto de estudos, análises e tese da Dra. Anna Luiza Bauer na PUC de São Paulo. Formada em Direito pela USP (1983) e em Música pela FASM (1985), é também Mestre em Literatura e Crítica Literária pela PUC-SP (2005). Como coordenadora e idealizadora, realizou projetos literários na Secretaria Municipal da Cultura de São Paulo, Centro Cultural São Paulo, Biblioteca Mário de Andrade. Também foi Secretária- Geral e Diretora da UBESP (União Brasileira de Escritores). Desde 1995 até hoje tem escrito resenhas, análises críticas, prefácios.

Carla De Sà Morais – Suíça

Carla Gossuin-Azevedo, é luso-suiça. Nasceu em Angola, passou por Portugal, mas é a Suiça, por mais de 20 anos o seu país de adoção, tornando-se assim numa cidadã helvética. Embora escreva desde a adolescência, é somente a partir de 2015 que entra no universo literário nacional e internacional, consagrando-lhe e dedicando-lhe todo o seu tempo. Foi premiada varias vezes pelos seus trabalhos. Defensora de causas sociais, é membro da Sociedade de Proteção aos Animais. É diretora adjunta da Helvetia Editions, Representante Internacional na Suiça do Jornal Sem Fronteiras, membro de varias Academias Literárias, filiada à Associação Portuguesa de Poetas. De Gaveta em Gaveta, é o seu 1o livro de poesias, lançado em abril de 2017 e cuja 2a edição saiu em setembro de 2019, sendo traduzida para o francês: de Tiroir en Tiroir. Via Láctea/La Voie Lactée, é o seu 2o livro e o 1o volume duma coleção infanto juvenil Aprendendo em Poesia/Apprendre avec la Poèsie, lançado em abril 2018. Assina os seus trabalhos com o pseudónimo de: Carla De Sà Morais.

                                   Vallda – Açores / Portugal

Vallda, pseudônimo de Carla Valadão é natural de Santa Cruz da Praia da Vitória, Açores. Foi co-autora em duas coletâneas da edições “o declamador”. Delírios Poéticos e Delírios de Verão.

Maria Luísa Campos Teixeira – Coimbra / Portugal

Participei nas Colectâneas, alma in versos, Água-pé Castanhas e Letras das Edições Vieira da Silva e na Antologia Literária Comemorativa do Primeiro Ano da Fundação da ALBAP. Sou membro da Academia de Artes e Poesia, ALBAP e Coordenadora Académica Para os Assuntos de Portugal.O meu amor pelas letras já vem dos bancos da escola primária, mas só há poucos anos, tive tempo para dar asas ao meu sonho, chamado poesia.

                        Carmen Lúcia de Queiroz Pires – Recife/ Brasil

Após cinqüenta anos dedicados a Psicologia, sua profissão acadêmica, abraçou a
Literatura como forma de expandir seu outro talento: escrever. Seus poemas e
contos estão publicados nas Antologias: II, III e IV CONEXÕES ATLÃNTICAS, ECO DO NORDESTE 2018, LIÇÕES DA BICHARADA, MULHERIO DAS LETRAS DE GUARUJÁ E DE PORTUGAL além de participações no FESTIVAL DE POESIA DE LISBOA E CONCURSO NACIONAL DE NOVOS POETAS

          Alice Santos – Lisboa/ Portugal

Nasceu em Lisboa. De 1983 a 1998 residiu em Macau e fixou residência a Norte no regresso a Portugal. As suas paixões são a fotografia, a música e os livros. A música levou-a ao Coral de Letras da Universidade do Porto, a escrita e os livros encaminharam-na para www.escritartes.com e a prefaciar dois livros. Tem participado em coletâneas de poesia, prosa e contos. Aceitou o desafio de alguns autores e apresentou vários livros de poesia. Frequenta eventos onde se diz e ouve poesia. Venceu o concurso “Quadras ao Gerês” no Encontro Nacional de Poetas em 2014. 

Daniele Barbosa Bezerra – Fortaleza/ Brasil

Professora e contista. Já teve obras publicadas em diversas coletâneas nacionais e internacionais. Foi premiada no gênero conto em 2011 e 2013 pela Editora Delicatta (SP). Em 2012 foi agraciada com o prêmio da Prefeitura Municipal de Fortaleza, com o livro de contos, “Os doze contos de solidão”.

   Rossana Jansen – São Luís do Maranhão/ Brasil

É jurista, pós-graduada em Direitos Humanos, com especialidade em transparência, acesso à informação e accountability. A autora participou em coletâneas poéticas como IV Conexões Atlânticas Brasil Portugal e Antologia Comemorativa Dia Internacional da Mulher -Poesia. Além disso, em coletâneas de contos bilíngues francês-português ao exemplo de Notre plume et la France équinoxiale/ Nossa pena e a França equinocial. Ela é membro dos coletivos Mulherio das Letras – Brasil e Leia Mulheres São Luís – MA. A obra “Self-se se puder” (2019) é sua primeira publicação individual enquanto poeta. 

                  Cleonice Bourscheid – Porto Alegre / Brasil

Nasceu em Porto Alegre, onde vive com a família numa casa próxima ao rio. É poeta, professora, tradutora e produtora cultural.
Apaixonada por pássaros, tem se dedicado a observá-los a partir de seu jardim, na orla do rio Guaíba, nos parques da cidade e em áreas de preservação. Para crianças publicou os livros de poemas Passa, Passa, Passarinho, Comadre Corujinha e Compadre Gavião, Piquenique no Jardim e Vovô, Vicente e o Vento.
Fazem parte de sua trilogia Tributo à Natureza, os livros Ave, Pássaro, Ave, Flor e Ave, Água. Participou de antologias no Brasil e no exterior, tendo recebido diversos prêmios.

                          Cássia Nascimento – São Paulo/ Brasil

Jornalista, apaixonada pela escrita, literatura e toda forma de arte comunicadora. Em 2008 autopublicou “O teto branco”, e antologias poéticas Risco Editorial, LivroLivre 2014, Benfazeja Senhoras Obscenas 2016, Poetize2018 Vivara Ed Nacional, Senhoras Obscenas em Damas Entre Verdes 2018 e em Antologia Poética, Patuá 2019. Idealizadora do projeto Mandala Poética, feito à mão! 
Cristina Vianna

                    Gesilda Medeiros – Pernambuco / Brasil

Nascida em Natal, Rio grande do Norte. Veio muito cedo para Recife, hoje se encontra morando na cidade do Paulista,PE que ama de paixão. Libriana por natureza veio a este mundo em uma bela noite de luar, mas tem o sol a iluminar e esquentar em dias mais frios. Sua veia poética se desenvolveu na maturidade com uma delicadeza ímpares romântica. Menina mulher em todas as faces teu brilho inspirador em versos escritos e falados com tanta clareza e detalhes. Vai deixar um peso muito importante para nossos vindouros apreciadores. Tem um blog Meu mundo em poesias. Facebook Gesilda Melo(/Gesilda.melo). Ocupa a cadeira 44 na academia de letras da cidade do Paulista,PE. Tem participação em diversas coletâneas de poesia.

                         Maria Elisa S Ribeiro – Brasília/Lisboa

Nascida no Rio de Janeiro, transita atualmente entre Brasília e Lisboa. Escreve contos e poemas. Tem textos publicados em antologias e coletâneas e escreve regularmente nos Blogs coletivos de autores As Contistas e Janela de Poesia. Seu livro “A segunda natureza”, coletânea de contos, está em fase de finalização e será lançado em 2020 pela editora Verlidelas. 

                     Renata Maurício Sampaio – Minas Gerais/ Brasil

Nasceu numa manhã de maio, em Montes Claros, norte de Minas Gerais, no Brasil. Sua paixão pela leitura e escrita perpassa toda a sua trajetória vivencial. Suas escolhas são frutos dessa inclinação às letras: em 2002, graduou-se em Letras/Português pela Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES; em 2003, especializou-se em Linguística Aplicada ao Ensino do Português; em 2014, bacharelou-se em Direito, mesmo ano em que concluiu o mestrado em Estudos Literários, ambos pela UNIMONTES. Em 2019, tornou-se doutora em Estudos de Linguagens pelo Centro de Educação Federal e Tecnológica de Minas Gerais – CEFET-MG e, desde 2010, é professora efetiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais – IFNMG, atuando no eixo Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Seu trabalho de investigação tem sido dedicado à linguagem, poesia, técnica e tecnologia. Considera a literatura um antídoto para o sufoco diário.

                  Maria Cleide Bernal – Fortaleza/ Brasil

Iniciou suas publicações poéticas em Coletânias em 2008 em “Poemas do Intervalo” editado pela ADUFC Sindicato (três coletâneas); nas antologias da Taba Cultural – Rio de Janeiro “Letras no Brasil” (uma antologia); em In-Finita (uma coletânea) em Ecos do Nordeste;  Iniciou suas publicações em prosa em “Histórias Reais e Fantásticas” – Ensaios Críticos sobre a política contemporânea brasileira, pela Editora Taba Cultural, Rio de Janeiro, em 2010;
Publicou em 2014 “A Flor e o Cacto” – oemas e Prosa, pela Editora Premius, Fortaleza. 

                           Cláudia Gonçalves – Porto Alegre/ Brasil


É brasileira, poeta, artista visual e artesã. Coordenadora Editorial do Proyecto Cultural Sur/Brasil e Coordenadora do Projeto, “Poeta, mostra tua cara na escola”. Atualmente, parte das suas criações é desenvolvida no atelier próprio, “ArtNano” e faz um trabalho direcionado às escolas do ensino público, integrando dois projetos do Sesc: um estadual, “Mais Leitura” e um nacional, “Arte da Palavra”. Ministra oficinas [talleres-workshops] de mini livros em bienais, feiras de livros, congressos, escolas, ONGs e centros culturais. Até o momento, o trabalho já foi desenvolvido em vários estados brasileiros e nos seguintes países: Argentina, Uruguai, Colômbia e Chile. Livros: “Entrelinhas” Edição artesanal da Fábrica de Cataventos – MG/ 2011; “Cerne” Ed: PCSUR – RS / 2015 ; “Nanico” mini livro de microcontos, Edição artesanal ArtNano – RS/ 2018.

 Laura Monte Serrat – Paraná/ Brasil

Escritora desde a adolescência, mas para cadernos, livretos e gavetas. Em 2004 publicou de forma caseira um livreto denominado Saberes e sentimentos, inspirado em uma brincadeira chamada “Poesia na Roda”, coordenada por Susi Monte Serrat e João Bello, no Largo da Ordem em Curitiba. Depois disto passou a produzir e a publicar nas redes sociais e em livros de sua autoria sobre Educação e Psicopedagogia. Destaque para: Educação de Crianças Pequenas/2006; Psicopedagogia: Momentos do Aprender/2006. Espiral Poética /2018. Coletâneas e antologias: Conexão I; II; II;IV; V de 2015 a 2019; Parnaso Poético I; II 2017 e 2018; Marianas – produzida pelo Coletivo Marianas em 2019. Participação da Feira do Poeta em Curitiba e do Coletivo Marianas em Curitiba.

Morgana Poiesis – Bahia/ Brasil

É jornalista, poetisa, atriz-dançarina e performer. Graduada em Comunicação Social, especialista em Comunicação e Política, mestra em Artes Cênicas e doutora em Performances Culturais. Colaborou com os jornais O Planalto, Folha Solta e o O meio, com o programa de rádio Minutos de Poesia, com a revista baiana de literatura Organismo e com o portal Cronopios. Desde 2015, produz livros-objetos artesanais com poesias, contos, manifestos e cartas, participando de exposições e saraus em feiras de publicações independentes, no Brasil. É roteirista e apresentadora do programa de rádio Maria Bonita: mulheres na literatura brasileira. Desde 2019, é integrante do grupo Mulherio das Letras. Baiana, atualmente mora em Vitória da Conquista-BA.

                            Lúcia Wan – João Pessoa/ Brasil

Maria Lúcia Alves Wanderely (na literatura, Lúcia Wan) – psicóloga; psicanalista do EPSI (João Pessoa-PB – Brasil). Participou: de várias coletâneas de poesia, com algumas premiações; da Coletânea de contos do Mulherio das Letras 2018. É autora do livro de poesias Mergulho.

                             Fátima Soares – Recife/ Brasil

Mulher, negra, brasileira. Nasci em 19/12/1954 em Recife-PE-BR. Trabalho, estudo, leio e escrevo desde a infância. Professora, arte-educadora, poeta, mãe e avó. Atuei em escolas publicas de 1978 a 2017, em salas de aula e bibliotecas escolares. Aposentada, criei o LIVRO ABERTO Sebo Itinerante, vivo espalhando livros. Publiquei MEMORIAL DA PROFESSORA FÁTIMA SOARES – Quando Fala uma Operária da Educação – 2010; Retalhos de Vida – 2016; Carta para mim, para você e para outros – 2019. Também poemas, contos e ensaios em diversas coletâneas. Participo do coletivo Mulherio das Letras. Email: fatimarsoares@hotmail.com

                          Fabrícia Martins – Fortaleza / Brasil

Natural de Caridade (CE). Na infância adorava ouvir as histórias dos cordéis que sua avó costumava ler. Cursa Letras na Universidade Estadual do Ceará. Adora escrever, em especial, poemas e cordéis. Em 2019 foi selecionada para participar das coletâneas de poemas e minicontos infantis, organizadas pelo Instituo Horácio Dídimo (CE). 

Socorro Borges – Teresina/ Brasil

Maria Do Socorro Borges,doutora e mestra em Educação, historiadora especialista em Política Contemporânea. Professora da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina, e natural de Caxias – MA, cidade de poetas. Pesquisa Educação em Direitos Humanos, com foco para infância, juventudes e mulheres na relação com as diversidades. É Sociopoeta, com última publicação em 2019 do livro “De Mulher-Maravilha à Cidadão Persi: Professoras Capulanas do Educar em Direitos Humanos. 

                      Carolina Bernardes – Ribeirão Preto/ Brasil

É doutora em Teoria da Literatura (UNESP), com pesquisa sobre a obra de Nikos Kazantzákis. Publicou sobre o autor grego em revistas acadêmicas, no Brasil, Chile, Portugal e França, além da obra A Odisseia de Nikos Kazantzákis: epopeia moderna do heroísmo trágico (Cassará, 2012). Como escritora, publicou a obra infantil Flauis (2010, prêmio “Grandes Empresas na Literatura”) e o livro de contos Retalhos e Epopeias (Patuá, 2012). Atualmente, desenvolve o projeto Oikospoética, em pós-doutorado pela UNICAMP, e escreve uma epopeia moderna sobre mulheres em seus círculos lunares.

Denize Ribeiro – São Paulo/ Brasil

Nascida e residente na cidade de São Paulo, nasceu em 1971, mãe de duas filhas, secretária de profissão, formada em Letras e amante das palavras. Flertou com várias artes e agora se aventura na literatura, participando de oficinas criativas e colaborando com algumas antologias.

         Inês Nabais – Almada / Portugal

“Nasceu em Lisboa em 1982. É autora de quatro livros de poesia, um deles com pseudónimo. Escreve em vários registos e sonha ser argumentista. De 2013 a 2015 participou, organizou e editou diversas coletâneas de prosa e poesia e livros a solo de vários autores. Em 2015 fundou a Edições Hórus. Prefacia obras individuais e coletivas e tem vários espaços nas redes sociais.”

                     Claudia Lundgren – Teresópolis – RJ/ Brasil

48 anos, é educadora infantil e escritora, natural de Teresópolis. Acadêmica de Letras, já participou de dezenas de antologias poéticas, e conquistou diversos prêmios através do seu trabalho literário. É autora dos livros “Alma de Poeta”, e do recém lançado “Simplesmente Poemas”

Ju Lopes – Curitiba – PR/ Brasil


Lopse (Juliana Lopes) é poeta e musicista natural de Porto Alegre/RS e reside em Curitiba/PR. Com participação em concursos literários, teve a primeira publicação em 2019, na coletânea “Quem dera o sangue fosse só o da menstruação”, da Editora Urutau. E publica com regularidade poemas no instagram (@lopselazuli) e o projeto de prosa intitulado Crônicas de Curitiba em medium.com/@lopse.

   Virna Teixeira – Wimbledon/ London

Nasceu em Fortaleza, Brasil. Ela é poeta, tradutora, editora e médica. Seus livros e plaquetes de poesia foram publicados na América Latina, Portugal e Reino Unido. Virna participou de várias antologias de poesia e de festivais de poesia no Brasil e exterior. Ela vive em Londres há alguns anos e dirige a Carnaval Press, uma editora independente especializada em poesia brasileira em tradução. Ela também é editora da revista de poesia online Theodora.

                    Rosalina Vaqueiro – Sesimbra/ Portugal

Rosalina Vaqueiro, tradutora, professora de inglês, 2º lugar entre 1.256 candidatos no Concurso Internacional Prémio Cultural “O Feiticeiro das Letras”; no Brasil. Em 2015 júri representante de Portugal no Campeonato Internacional Prémio de Excelência Literária, no Brasil para autores lusófonos em seis países. Participação em mais de quarenta  Antologias e Colectâneas – poesia e prosa- em Portugal e no Brasil. Em 2015 livro de poesia “Ao Fluir da Pena”. Participação na revista Efémera. Em 2016 Participação no II Encontro de Escritores Brasileiros e Portugueses; e no II Salão do Livro de Portugal – Lisboa. Em 2019 Júri no 12º Concurso Literário “Até que a vida nos separe”. Participação em tertúlias literárias.

Aparecida Vines – São Paulo/ Brasil

Natural de Guapiara, SP, nascimento 18/07/1948, residente em São Paulo, Capital. Graduada em Letras (Português e Inglês). Escreve contos e está terminando um livro (romance baseado numa história real, em fase da revisão). Fez cursos de escrita criativa: Carreira Literária, UNIL e Marcelino Freire. Participa de 4 coletâneas: 3 de contos (2 da ed. Oito e Meio, RJ e 1 da ed. Seleções e Publicações, Ourinhos, SP) e 1 de poemas (ed. IGM). 

  Alessandra Barcelar – São Paulo/ Brasil

É historiadora, vive em São Paulo, onde nasceu, e atua na área de Gestão Hospitalar e Economia da Saúde. Publicou contos em várias revistas literárias do Brasil, de Portugal e da Alemanha. Colaborou na coletânea Conte outra vez, um tributo a 30 anos da morte de Raul Seixas, que obteve grande repercussão na mídia. Colaborou na coletânea MITOS MODERNOS I, que recebeu o prêmio LE BLANC DE LITERATURA E ARTE SEQUENCIAL, como melhor Antologia de 2018. Atualmente organiza uma coletânea de contos sobre realismo mágico/fantástico com previsão de lançamento para 2020. 

                               Celia Oliveira – Ceará/ Brasil 


 Nasceu em Sobral-Ceará. Escreveu: O Melhor Tempo(2013) ; Na Quietude da Noite(2014); Recôndito das Pérolas(2016); Adaptação das Fábulas de ISOPO (2017);Viagem de Nós e Dos Outros Dias (2018) ;Participou de várias antologias nacionais e internacionais; Membro efetivo das seguintes academias, em Fortaleza: Da Academia de Letras e Artes de Fortaleza (ALAF), da Academia Feminina de Letras do Ceará (AFELCE), da Academia de Letras Juvenal Galeno(ALJUG), da Academia de Letras dos Municípios do Ceará (ALMECE); da Associação Cearense de Escritores(ACE), da Associação dos Jornalistas e escritores do Brasil (AJEB); Do Conselho Internacional dos Acadêmicos de Ciências Letras e Artes (CONITER), da ALA Feminina da Casa Juvenal Galeno; Colaboradora do jornal “Luzeiro”; Autora de vários artigos publicada na WEB, na Revista Consulex e no site da Associação Portuguesa de Direito e Sociedade Científica; Membro do Núcleo Acadêmico de Letras e Artes de Portugal(N.A.L.A.P).

                                       Vitoria Porto – Salvador/ Brasil

Maria Vitoria Porto Lima, artista híbrida e educadora, nascida em Salvador,BA. Estudou Artes Plásticas na Universidade Católica do Salvador, começou a escrever poesias aos 13 anos de idade, participando de Saraus no tempo de escola. Ministrou oficinas artísticas e poéticas nos Encontros de Estudantes Universitários em diversos estados (Espírito Santo, Pernambuco, Minas Gerais, Viçosa,rio de Janeiro). Ganhou um prêmio de fotografia (2019) na Eclettica, pela Galeria d´Art do mestre Guiliano Ottaviani.


                  Teresa Lino Vicente – Alfeizerão/ Portugal


Natural de Alcobaça, autora do livro de poesia Sonhos e Maresia publicada em 2018 pela editora Emporium Co-autora nas Colectâneas: Dança de Palavras, Poesia com Reticências, Poesia a Cores, Folhas Brisa e luz, Espuma sol e Pedras pela Pastelaria Studios Editora. Colectânea, Apenas Saudade pela Papel D’arroz Editora. Antologia, Pérolas da Costa de Prata, Pérolas de Poesia, MP produções.Nas Antologias, Poetas Lusófonos Contemporâneos, Perdidamente II e Perdidamente III, Pastelaria Studios Editora. Foz do Arelho – Poesia, MP Produções Conexões Atlânticas Brasil-Portugal. In-Finita Flor de Natal, edições O Declamador Tem uma página na internet, Teresa Lino Vicente – Autora, onde vai publicando o que vai escrevendo.

                               Rosa Silva – Lisboa/ Portugal

Rosa Maria da Silva Gonçalves nasceu em Mirante do Paranapanema/SP. Mudou-se,ainda criança, para Vilhena/RO. Graduou-se em Letras e a especializou-se em Língua Portuguesa na UNIR. Em 2017, concluiu o Mestrado em Estudos Literários na UFU. Atualmente, cursa o Doutoramento em Estudos Africanos no ISCTE-IUL, em Lisboa. É professora de Língua Portuguesa no IFRO.

   Ceila Maria Ferreira – Rio de Janeiro/ Brasil

Escritora ligada ao Mulherio das Letras Nacional e ao Mulherio das Letras Rio. Tem um romance publicado e que mereceu o Prêmio Clarice Lispector da Diretoria da UBE-RJ. Mantém o blog Crítica & Arte. É professora de Crítica Textual lotada no Departamento de Ciências da Linguagem da Universidade Federal Fluminense.

                 Camila Nobeling – Jundiaí, SP – Potsdam/Berlim

Formada em direito na PUC-SP e Unianchieta – SP e linguística germânica e ciências da informação na HU Berlim. Trabalha desde 2005 com redação, tradução e atualmente com cursos de idiomas on-line. Escreve histórias infantis, poesias e contos, além de outras 300 mil palavras enquanto equilibra o café no metrô. Luta por um mundo com literatura junto ao coletivo literário GLENSE que publicou sua primeira antologia em 2019. Seu conto “Seu Rã” foi publicado na antologia Sehnsucht ist ein verdorbenes Wort, 2016, Bübül, Berlim. Participou também de antologias da editora In-Finita em Portugal. 


                       Georgina Caçador – Coruche / Portugal

Nasceu em Coruche em Julho de 1963.
Escreve desde os 12 anos. As suas publicações iniciaram-se em 2015. Desde aí tem publicado regularmente em várias antologias em Portugal e no Brasil. Toma posse Do Núcleo Académico de Artes e Letras de Portugal em 2016. Publica o seu primeiro livro de poesia a solo em 2017. “Viveiro de Palavras”, pela Editora Vieira da Silva. “Portugal a Dois Tempos”, cronicas, foi o segundo livro pela mesma editora, em 2018. Em 2019 recebe o premio Destaque Literário pela
Literarte e o título de Embaixadora da Paz pela Academia de Artes e Ciências de Buenos Aires. Ama a ideia de que a defesa da língua portuguesa, passa pela união dos povos da lusofonia.

Yvonne Miller – Aldeia/ Pernambuco


Nasceu em Berlim em 1985, mas mora, namora e se demora no Nordeste do Brasil desde 2017. Escreve contos, crônicas e literatura infantil; de vez em quando também chega um poema. Faz parte do Mulherio das Letras Ceará, é colunista do coletivo de escritoras Bora Cronicar e tem textos publicados nas coletâneas Paginário e Veredas (Aliás Editora). Além de literatura gosta de gatos, cactos, comida picante, MPB, boa companhia e silêncio.

Foto: (Pâmela Soares) 

               Maria Eunice Sisti Fabricio – Santo Ângelo- RS/ Brasil


Formada em Ciências Sociais. É pintora e poetisa. Como membro da Casa da Poesia – São Paulo, foi eleita Poeta Revelação 2018/2019, com participação em várias Antologias. Escreve para jornais e revistas. Membro da Academia de Letras do Brasil- ALB- Sucursal São Paulo sendo laureada com o honroso prêmio Gente em Evidência Brasil 2019. Tem como lema: ” Perpetuar, através da sua arte, a beleza do Criador e, com a sua poesia, o sentimento que lhe vai na alma frente às vicissitudes que a vida lhe oferece. ” 

                  Sabrina Santos Souza – Alfenas – Minas Gerais/ Brasil


Mulher negra, filha, irmã, tia e amiga. Baianeira natural de Águas Formosas. Graduanda em Letras pela Universidade Federal de Alfenas.
Escritora, pesquisadora, contadora de história e Integrante do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas – NEABI.

Fabiola Rodrigues Ferreira – Rio Grande do Sul/ Brasil


No ano de de 1994 meu poema “A Hora” foi publicado em Antologia Poética. Promovido pelo Sindicato dos Eletricitários de SC. O mesmo foi lido por artistas em espetáculos culturais em Saraus de Porto Alegre. No ano de 2000, após retornar de Lisboa, onde vivi por um ano, trouxe na bagagem vários Poemas que produzi inspirados no dia- a- dia da capital portuguesa.
Os textos deram origem a um lindo projeto músico-literário chamado Rimas lusófonas, e foi apresentado em diversos espaços culturais. Após quase 20 anos, essa é minha primeira participação em evento literário.

Cassiana Lima Cardoso – Petrópolis – RJ/ Brasil


Professora de Língua Portuguesa e Literatura no Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira, o CAp- Uerj. Mestre em Poética e doutora em Literatura Comparada. Participou de uma antologia de haicais e uma coletânea de contos, todas pelo Mulherio. Publicou, no ano de 2019, o livro “Desastrada & outros contos breves”.

Clara Patachão – Cascais/ Portugal

Nasceu em Lisboa em Dezembro de 1953. Aos 14 anos ingressou no mundo do trabalho, na área da eletrônica. Posteriormente casou e ingressou no mundo da moda. Após esta fase dedicou-se ao teatro profi ssional como atriz, fazendo parte do Teatro Variedades do Parque Mayer, onde contracenou com actores como Camilo de Oliveira, Ana Zanatti, Luís Aleluia, Francisco Nicolson, Luísa Barbosa, Vitor Norte, Luís Mascarenhas, entre outros, sob a direção do encenador César de Oliveira. De seguida entrou no campo empresarial, ligada ao mundo da beleza. Mãe e avó, actualmente encontra-se reformada. Foi jornalista no jornal A Tarde e na revista Portugal Turismo e Actualidade. Ao longo da sua vida sempre se dedicou à sua paixão a Poesia. Desde 2016 até à presente data, já colaborou em mais de três dezenas de antologias. Em 2017 publicou o livro “Poemas Sentidos” Em 2019 publicou os livros “Emoções de Seda” e “Amor Sente-se”.

Jane Caneca – Fortaleza – CE/ Brasil

Professora, pedagoga, escritora e contadora de histórias, Jane Caneca está no seu quinto livro. Formada em Letras e Pedagogia e especialização em psicopedagogia. Autora dos livros: A Borboleta Rosa ( Paic), A Borboleta Incolor ( Editora Premius), Talissa e o Gatinho Manhoso (Editora Premius), A casinha triste e o Carrinho Amarelinho do Jandro. 

Melissa Suárez – São Bernardo do Campo – SP /Brasil


Prosadora, poeta e dramaturga. Seus poemas foram escolhidos para a antologias de concursos de poesias da Universidade Federal de São João del-Rei e da editora Scortecci em 2015. Teve contos seus publicados nas antologias Primeiramente (@link, 2017), Mulherio das Letras – Contos e crônicas (Mariposa Cartonera, 2017) e 2° Coletânea de Prosa Mulherio das Letras ( Indicto, 2018). Sua peça Duas foi um dos três textos escolhidos pelo Corredor Latino Americano de Dramaturgia para representar o Brasil no Encontro de Dramaturgia Internacional Emergente em 20 18. Seu primeiro livro de contos, Travessências, será lançado em março de 2020 pela editora Patuá.

Aparecida Amaral – Salvador – BA/ Brasil

Natural de Guanambi, Aparecida reside em Salvador e sua afinidade com a poesia vem desde a infância. Em 2017 participou pela primeira vez da antologia Retalhesias da Editora Kawo Kabiysile, da Antologia Poética Internacional Vol. III e da XII Focus da Editora Cogito. Em 2018 publicou em Mulher Poesia 3, Focus XIII pela Cogito Editora e na coletânea “Ai que saudades que eu tenho’ pela Editora Pimenta Malagueta. Participa em 2019 Mulher Poesia 4 , Antologia Internacional Vol. VI e Focus XIV da Cogito, Versos Inversos, Víeis da Alma e Tautogramas da Darda Editora, Palavras sem fronteiras da Literarte – 4º Festival de Poesia de Lisboa da Helvetia Éditions e Ecos do Nordeste – Brasil da In-Finita Editora.

Rosalina Lopes Pires Fialho – Rio Claro -SP/ Brasil


Sou graduada em Ciências Contábeis e Pedagogia, pós-graduada em neuroaprendizagem, funcionária pública, exercendo a função de Professora de Ensino Fundamental na Rede Municipal de Educação de Rio Claro, SP. Sou aspirante à Poetisa, adoro escrever poemas, já tive algumas obras premiadas em concursos literários locais e nacionais, fui classificada em primeiro lugar pelo CNNE Poesia Inédita em 2019, com o Poema Vale de Lágrimas. Ainda não tenho livro autoral publicado, é meu grande sonho. Sou uma mulher sonhadora, tenho uma Fé inabalável em Deus. Sou tantas mulheres em uma, sou corajosa e ao mesmo tempo temerosa, sou forte e tão frágil como uma rosa, quero ser grande e ao mesmo tempo pequenina, sou eu, Rosalina. 

Anne Karolynne Santos de Negreiros – Campina Grande – PB/ Brasil


Poetisa de Campina Grande/PB e enfermeira especialista em saúde mental. Publicou cordéis ilustrados (Ministério da Cultura) e o livro “Poesia popular: ferramenta de inclusão na saúde mental” (EDIFS, 2019). Desenvolve o projeto “Cordel Personalizado”, tendo escrito mais de cento e cinquenta biografias através da literatura de cordel. Membro titular da Academia de Cordel do Vale do Paraíba e do Coletivo Cordel Paraíba. Seus trabalhos podem ser acessados nas redes sociais como “Cordel Personalizado”, no Instagram, Facebook e YouTube.

Paula Costa – São João de Ver / Portugal


Nasci a 29 de março de 1980, vivo em São João de Ver. Sou casada, escrever depois do meu marido é o que mais amo fazer! Participei pela primeira vez na Coletânea Toca a Escrever Dez Anos, uma experiência da qual gostei bastante.Um livro, quem sabe para breve! O sonho alimenta a alma, e alegra a vida! 

Mardenia Maria de Sousa Magalhães – Caucaia – CE/ Brasil


Natural de Pires Ferreira-CE nascida em 27 de setembro de 1980, graduada em Pedagogia pela UVA- Sobral- CE, pós-graduada em Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa e Literatura pela FAEL-PR. É professora da rede municipal na cidade de Caucaia CE, onde reside atualmente, é coautora de diversas antologias e conquistou alguns prêmios literários. Lançou em 2017 dois livros de poemas” Sinta a CALIDEZ dos poemas” e “Nó poético” por publicação independente pela Amazon,com e em 2019 lançou na Bienal Internacional do Livro do Ceará o livro infantil “O incrível poder de comer verduras” pela Premius Editora.

Ana Maria Rocha Barrozo – Fortaleza – CE/ Brasil

Nascida em Fortaleza, Ceará em 06 de março de 1958. Pedagoga, Educadora de Jovens e Adultos. Atuante em projetos para desenvolvimento socioeconômico em comunidades do nordeste do Brasil. Conhecedora de várias realidades por percorrer e vivenciar vários caminhos nacionais e internacionais. 

                                   Eliana Machado – Nice/ França


Nasceu em São Paulo e vive na França. Doutora em literatura, é professora de espanhol em Mônaco. Além de docente, é escritora, poetisa, tradutora (Ed. Actes Sud), editora (Les Éditions des Trois Rivages) e escritora de obras didáticas. Possui possui 7 livros publicados. Sua obra é bastante variada, sem embargo o fil rouge machadiano é o respeito à alteridade sob suas mais diferentes formas e tamanhos. Seu romance de ficção científica Brasil: aventura interior recebeu em 2017 o prêmio de melhor romance Talentos Helvéticos Brasileiros III (Suíça). Em 2016 recebeu o Prêmio Excelência Literária da União Hispanomundial de Escritores (UHE) e em 2014, o prêmio de Melhor Autor Estrangeiro da União Internacional da Imprensa Francófona (UPF) de Mônaco.

          Nonô (M.ª Leonor Costa) – Mem-Martins-Sintra/ Portugal

Amante da cultura, das artes e das letras a inspirar com poesia, haikus e contos cada vez mais pessoas. Natural de Lisboa. Mestre em biblioteconomia (Faculdade de Letras de Lisboa), e licenciada em História Moderna e Contemporânea (ISCTE). Criadora do blogue Poemas daNonô. Publicou até à data em 20 coletâneas antologias das seguintes editoras – Chiado Editora, In-Finita, Edições Vieira da Silva, O Declamador, Pastelaria Studios, Lugar da Palavra, Orquídea Edições. Brevemente irei publicar a minha primeira obra.

                              Adna Raul – Salvador – BA/ Brasil

Pedagoga e Pós-Graduada em Psicopedagogia Clínica e Institucional. É coordenadora do Núcleo de Poesia, Cultura e Arte do (M7MS) Movimento das 7 Mulheres de Salvador, tem poemas publicados no livro Gran Premio Giuliano Ottaviano Ecletettica World – Itália, do livro Literart Celebra o Nordeste, nas Antologias: Focus XII, Mulher Poesia vol. 2 ,3 e 4. Cogito Internacional vol. IV Ecos do Nordeste vol. 1 e 2. Participa do Mulherio das letras – Portugal pela segunda vez.

                   Andréa Agnus – Jacarecanga – CE / Brasil

Escreve desde os 11 anos de idade, mas ficou até os 37 “dentro do armário”. Seus textos, antes disso, apenas encantavam amores e retratavam dores particulares. Recentemente, assumiu-se como escritora escancarando de vez todas as suas portas e quebrando todos os seus cadeados. Norteia sua vida pela arte dos rabiscos, música, declamação poética e escrita. Participante do site Letra Viva do II Festival de Poesia de Fortaleza (2019) e se lançou na antologia poética Procura-se a Mulher (2020), auto-publicação em conjunto com 9 poetas.

                            Enne Marx – Recife/Leiria – Brasil/Portugal

Arte-educadora, Mestra em Intervenção e Animação Artísticas, e doutoranda em Estudos Artísticos (Coimbra, PT). Atriz e Palhaça, no Brasil atuou em hospitais entre 2002 e 2017(Doutores da Alegria), fundou a primeira banda de palhaças (As Levianas) e o Festival PalhaçAria, com a Cia Animèe. Fundou a Teachingclowning e faz parte da Rede de Palhaças do mundo. 

Rita Feitoza – Fortaleza – CE/ Brasil

Rita Brígido é graduada em Letras e Direito, e pós-graduada em Direito. Analista Judiciária, responsável pela execução do Programa de Difusão Cultural da Justiça Eleitoral do Ceará. Membro da Associação Cearense de Escritores. Autora de poemas e contos publicados em coletâneas e jornais. Abraça a poesia como a plenitude de ser e de viver.

                 Ana Luzia Oliveira – Rio de Janeiro/ Brasil

Co-autora do oráculo Lâminas da Mãe Terra; autora do poema “Minhas Mulheres”, publicado na antologia “Quem dera o Sangue fosse só o da Menstruação”, da Editora Urutau/2019. Escritora, por necessidade de me conhecer e de me re-conhecer em palavras.

                        Rita Almeida – Lisboa/ Portugal

Nasceu em 1981 em Lisboa. Umas vezes trata as palavras de forma lúdica e outras deve levá-las mais a sério. A autora é licenciada em jornalismo, mestre em Português Língua Segunda e Estrangeira e doutoranda em Educação. Dedica-se profissionalmente às letras e às línguas, como tradutora e professora de Português Língua Estrangeira. Tendo as línguas como paixão, fala, além da sua língua materna (o português), outras cinco: espanhol, italiano, francês, inglês e neerlandês. Quando não está a reescrever – ou a ensinar – as palavras dos outros, dá asas às suas.

Clarisse Pacheco – Rio de Janeiro/ Brasil

Escritora, jornalista, terapeuta floral, mãe da Gabriela. Adora ler, escrever, viajar, cozinhar, cuidar de plantas e bichos (ah, tenho três gatos e um jardim no parapeito). Tem facilidade para aprender coisas novas e confiar nas pessoas. Desconfia dos caminhos fáceis, mas acredita no ser humano.

                    Andréa Mascarenhas – Salvador – BA/ Brasil

Carioca radicada na Bahia. Professora/pesquisadora da área de Literatura (UNEB). Ministra Oficina de criação literária. Participa do ‘Dicionário de escritores contemporâneos da Bahia’ (2015), da versão eletrônica do Projeto ‘Mapa da Palavra.BA’ 2016 (FUNCEB), da Publicação eletrônica ‘Profundanças II’, da Coletânea ‘Um girassol nos teus cabelos – poemas para Marielle Franco’ (2018) e do Projeto ‘Doce poesia doce’ (2017). Organizou o livro ‘Escuta de conchas: literaturas baianas’ (Eduneb, 2016). Faz parte da Confraria Poética Feminina. Publica em Coletâneas e Revistas nacionais e internacionais. @marenhas 

                          Rita Lages – Belo Horizonte- MG/ Brasil

Professora universitária, formada em Letras e Pedagogia, possui mestrado e doutorado em Educação. Publicou Palavras Brincantes (poesia para crianças) em 2018, pela Cora Editora. Publicou, em 2019, o livro Rescaldo (poemas), pela Editora Vienas Abiertas, dentro da coletânea do Mulherio das Letras, Brasil. Participou, como autora, da antologia Nós: poemas para tardes ensolaradas, publicada pela Lura Editorial, em 2019. Publicou produções acadêmicas, como livros, capítulos e artigos, entre outros. 

Marilis de Assis – Curitiba – PA / Brasil

Formada em Naturoterapia, com ênfase em Terapias Orientais, desenvolvendo o trabalho de Massoterapia, Florais e Reiki. Autora dos livros Tratado de Amor Minha Biografia e O Jardineiro da Rosa Vermelha, participação nos Parnasos I e II, sensível ao mundo espiritual, seus poemas falam de amor, magia e eternidade.

Clarissa Comin – Curitiba-PA / Brasil


É doutoranda em Estudos Literários pela UFPR. Tem artigos sobre Literatura Brasileira publicados em periódicos acadêmicos, além de traduções e textos ficcionais em revistas eletrônicas. Em 2019 publicou sua primeira ficção, vasto trovarr, pela editora Benfazeja. Em parceira com João Simino e Bruno Everton coordena o EntreProsas, grupo de escrita criativa da UTFPR, e organizou a primeira coletânea de poemas, – Fugacidade, Veracidade e Ferocidade -, que será publicada pela Kotter.

              Mariana Virgínia Moretti Carvalho – São Paulo / Brasil

Nasceu em 1988 em São Paulo, é pedagoga e amante da literatura latino-americana. Publicou o livro “O marulho do bar – ruídos da existência humana” (2017), contribuiu com o oitavo volume da Coleção Besouro “Edá Edá, Palavras e Cores da Criação” (2018), e participou das edições de Conexões Atlânticas II (2018) e do Mulherio das Letras (2019).

                     Maria de Fátima Bravo – Lisboa/ Portugal

Nasceu em Lisboa, capital de Portugal, como gosta de frisar. Tem o 12º ano liceal do curso geral de sociologia. Cedo mostrou interesse pela leitura e mais tarde pela escrita, tendo escrito o seu primeiro poema, com apenas 12 anos de idade. Mais tarde, já adulta, começou a frequentar tertúlias, saraus de poesia e outros eventos literários a ela ligados, essencialmente, os organizados pela In-Finita. Para além de poesia, também escreve romance e histórias para crianças. Tem também o talento da pintura, em quadros, gesso, tecido e bijutarias, apenas como hobbie. Até à data já colaborou em duas coletâneas e brevemente sairá o seu primeiro livro de poesia.

Mariângela Rocha Toloi Cardozo – São José do Rio Preto – SP/ Brasil

Sou formada em Direito. Escrevo humildemente quando tenho vontade. Tenho uma forte ligação com a terra, que é minha origem. Participei de três antologias, uma de cartas, em 2013, Prêmio Literário Fúlvia Tessarolo, outra em 2018, Antologia do Desejo, Paraty e a terceira em 2018, Oito Poetas, sete rupturas, idealizada pela casa das Flores de São José do Rio Preto. 

                   Karina Yara Jürgensen – São Paulo/ Brasil

Nascida em Limeira, no interior do Estado de São Paulo e formada em Pedagogia pela Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), atua como professora polivalente no ensino fundamental l do Sistema de Ensino Público de Limeira. Ama a Arte e os mistérios da vida, detesta os indiferentes.

Aldirene Máximo – São Paulo/ Brasil

Organizadora e revisora das coletâneas:
“Elas e as Letras “, “Elas e as Letras – Diversidade e Resistência” e “Elas e as Letras – Insubmissão Ancestral”
Autora dos livros:”Eu acredito no Amor!””Metáforas””Caderno de Recordações””O Encontro”Graduada em Letras e pós graduada em Psicopedagogia


Instagram: @catarsesemetaforas

Instagram: @bibbemteli

Suzana D’ Eça – Lisboa / Portugal


Licenciada em Ciências Históricas, foi Coordenadora de Relações
Públicas e Eventos na TVI. Actualmente é consultora de Cultura e Relações Publicas. Leitora obsessiva, desde a sua adolescência, começa a escrever poemas e contos desde cedo,tendo participado já em 30 coletâneas. É também co-autora de um livro de fotografias “A Essência da Memória”.
Publica em 2015 um livro de poesia “Sonhar Acontece”, com nova edição em Abril de 2017, sege-se “Manel Apita o Comboio” e “In Box”, ambos em 2016. Recebu vários prémios, sendo o último internacional, com a segunda edição do seu livro “Matilde a Noite e a Lua”.
Apaixonada pela pureza do mundo infantil, escreve em início deste ano de 2020 um segundo livro para crianças de nome "Matilde, a Noite e João Pestana. No Reino dos Animais Fantásticos; (Vieira da Silva edições).



Lena Marçal – Praia – Cabo Verde / África


É Mestre em Educação/Currículo pela PUC/SP-Brasil. Mentora do projecto Antologia “Mulheres e Seus Destinos”. Participou nas Antologias “Ser Mulher” e no “Ser Mulher III” projecto solidário. Coordenou vários projectos educativos e televisivos “Redação Coca Cola” “Prendi ku Fanta” e “Olimpíadas da Constituição”.

Jullie Veiga -Joinville-SC/ Brasil


Poeta, antologista, escritora.
É idealizadora da coletânea “Elas e As Letras” e das antologias “Nem Uma A Menos” e “Movimento Palavras Pretas”, feitas unicamente por mulheres. Organizadora ainda das antologias “Mãe” e “Poetize-se!”. As obras em questão foram todas produzidas pela Editora Versejar.
Autora de: “Confessional”, pelo selo Sangre Editorial | Caravana Editorial e “Ânima”, Editora Versejar.



Aniete Goes – Salvador-Bahia/Brasil

Escritora do livro “A Sabedoria de Ser Gente”, publicado pela Editora, Caminhos – 2016. Participa em diversas coletâneas no Brasil e em Portugal. 

Negra Luz- Salvador – BA/ Brasil

Negra Luz é Claudia Ferreira da Silva Almeida, Mestre em Direito, poetisa. Publicou, em 2020, o livro O Voo, pela editora Autografia. Possui diversos poemas em coletâneas como: CNNP, Poésis, Antologia Poética – Edição Primavera, Kama, Palavras de Mulher- Poesias. É membro do Movimento Exploesia, da CAPPAZ- Confraria dos Poetas pela PAZ e do Clube dos Poetas-BA. “O que me faz sentir, faz poesia.”

Valquiria Imperiano – Genebra /Suíça

Paraibana, naturalizada Suíça. Formada em Letras. Diretora/redatora da Revue Artplus (impressa e online bilíngue) na Suíça e da Revue Cultive online. Membro de várias academias no Brasil e APP em Portugal. Diretora de Relações Internacionais da União Brasileira de Escritores-UBE e das Letras do Lyceum Internacional Clube de Genebra. Fundadora e presidente da Association Cultive Art Littérature et Solidarité em Genebra. Organizou: o I Encontro Internacional de Autores e o 30°,31° 32°, 33°Salão do Livro de Genebra em 2019, o Cultive Intercâmbio Cultural Brasil-Suíça em 4 estados brasileiros. Realizou o I, II Festival Cultural Cultive (FECC) e a I,I,III Campanha da Felicidade em CAmjurupim-Pb. Tem 10 Publicações solo catalogadas na Suíça, Portugal, Brasil e no Instituto íbero Americano de Berlim.

Dirce Carneiro – São Paulo – SP / Brasil

Brasileira, formação em Letras, Universidade de São Paulo. Licenciatura em Língua e Literaturas Portuguesa e Brasileira pela Faculdade de Educação da USP.
Escreve nas redes sociais, site Recanto das Letras (Diana Gonçalves).
Grupo no whatssap Ciranda Poetrix.
Projeto de livro solo para este ano. Tem priorizado as publicações coletivas.
Colabora com revistas eletrônicas de Literatura.
Participou de Coletâneas (4) e Antologias (4) no Brasil com em prosa e poesia.

Raquel Lopes – Jaboatão dos Guararapes – PE/Brasil

Raquel Lopes da Silva, poetisa,pianista, estudante de filosofia. Como poetisa, participa de antologias, concursos e eventos literários. É membro da UBE. Membro da Academia de Artes, Ciências e Letras do Brasil. Tem livros de poesia publicados no site Amazon.com.

Beth Brait Alvim – São Paulo-SP/ Brasil


Escritora e mestre pelo PROLAM-USP (tema: Desvelando uma atitude poética para o mundo contemporâneo: experiências com poesia em Catamarca e Diadema). É colunista da Revista Entrementes. Tem obras em vários veículos e resenhas no Entrelinhas da TV Cultura.Convidada do Encontro de Escritores Bajo el asedio de los signos (Mex). Foi júri da Off  FLIP e autografou na FLIP(Paraty). Obras: Mitos e ritos(Scortecci, 1987), Visões do medo(Escrituras, 2007, prêmio PAC, SP), A febre e a mariposa (Patuá, 2018), A noite e o meio (Córrego,2019),poemas.Ciranda dos tempos-espaços do desejo,ensaio. Realiza cursos e curadoria de literatura e teatro. Apresenta seus poemas com a Orquestra SPIO.

Ana Mendes – Vevey/ Suíça

Luso-Angolana-Helvetica, parte de Angola como refugiada em 1975 para Portugal e estabelece-se na Suíça mais tarde, onde termina os estudos.
Mae de dois filhos, começa a escrever para eles e mais tarde para um público mais largo, contos,romances e biografias. Escreveu um livro infanto-juvenil “A ROSINHA E O CARDO SELVAGEM/LA PETITE ROSE ET LE HARDON SAUVAGE”/em duas línguas;história de seus avôs maternos.
E um romance policial “LES SECRETS DE SANSENSE”, factos passados na Suiça, actualmente em francês unicamente. Brevemente uma biografia e um romance de investigação. Participou em várias Antologias e Coletâneas em francês e português, membro também da ALALS em Genebra.

Dulce Sotto Mayor – Porto/ Portugal

Directora Técnica
Nasceu em Chaves
Reside na cidade do Porto,
onde se encontrou com as artes.
Gosta de poesia.
Abraçou e é comissária no Porto
do SER MULHER, Projeto Solidário

 Joema Carvalho – Curitiba / Brasil


Doutora, engenheira florestal, perita, autora do livro Luas & Hormônios,selecionado e editado pela Secretaria do Estado da Cultura (2010). Participação em coletâneas: Conexão IV, Nogue Editora (2018); Literarte (2019); Parnaso III (2019). Organizadora do E-book Tuíra (poemas de mulheres do Coletivo Marianas, tema meio ambiente, publicação prevista para junho 2020).



Renata Penzani – São Paulo/ Brasil


É escritora e jornalista. Em 2019, publicou seu primeiro livro, o romance infantojuvenil “A coisa brutamontes” (Companhia Editora de Pernambuco), finalista do prêmio Jabuti na categoria Juvenil, vencedor do Prêmio CEPE Nacional de Literatura Infantil e Juvenil. A obra foi selecionada para o catálogo da Feira Internacional de Literatura Infantil de Bolonha, na Itália. Escreve também poemas, contos e tudo o que couber no gesto de sentir pela ponta dos dedos.

Georgia Alves- Recife/ Brasil

Escritora e jornalista. Com Mestrado em Teoria da Literatura e Especialização em Literatura de Língua Portuguesa. Autora da novela: Reflexo dos Górgias (Editora Paés) e do romance Filosofia da Sede, (Chiadp Editora). Participa com seus contos nas antologias “Luz. Severa” (2020) e  “Recife de Amores e Sombras” (2017). E a crônica “Recife Inverno”, na Antologia Cronistas de Pernambuco (2012, Carpe Diem). Pesquisadora da obra de Clarice Lispector e Teolinda Gersão. Tem poemas publicados nas coletâneas “Além do céu, além da terra”. Agora do Mulherio das Letras (2020). É Mãe de Lorena e Enrico. Professora de Artes. Ensina Teoria e História da Arte e Design.
.

Sonia Cardoso – Curitiba / Brasil

Sou autora do romance “Allegra”, tenho poemas publicados nas antologias Poetas Paranaenses, Ápices das Emoções e Passageiros do Espelho, faço parte da AVIPAF: Academia Virtual Internacional de Poesia, Arte e Filosofia, cadeira 30

Neide Thethê  –  Bahia/ Brasil

É natural de Mutuípe (BA) Licenciada em Letras Vernáculas.Tem trabalho publicado pela Litteres Editora. Livros publicados pela Editora Mondrongo, Casamento Matuto e Cordel de São João pela casa de Cultura de Mutuípe. O Mapa da Palavra e Participa de eventos Literários, (como contação de histórias, apresentação de teatro e recital de poesias).

Adriana Mayrinck – Lisboa/ Portugal
autora e coordenadora da Colectânea Mulherio das Letras Portugal

Nasceu em 1970, em Recife e morou 38 anos no Rio de Janeiro. Criou a In-Finita em 2008 para assessoria literária e produção cultural. Desde 2010, fomenta e divulga a poesia, literatura e cultura luso-brasileira, morou no Rio de Janeiro e Recife, e em 2017 mudou-se para Lisboa e divulga os autores brasileiros e portugueses, em seus projetos e eventos. Representante em Lisboa do Projeto Solidário Ser Mulher, do Mulherio das Letras – Portugal, da União
Brasileira de Escritores (UBE-Recife) e do ELOS CLUBE (Teresópolis/RJ). Tem dois livros publicados (In-Finita – Dowslley Editora e In-Sensatez – Coleção 32 – Sangres Editorial), participou das edições do Fanzine Alfarrábios (Niterói-RJ) e de algumas coletâneas no Brasil, Portugal e Suíça

Julia Mayrinck
Designer da In-Finita

Daniela Franzolin
responsável pelo apoio logístico no Brasil


Current track

Title

Artist