FILME PORTUGUÊS “LISTEN” VENCEDOR PRÉMIOS “LEÃO DO FUTURO” E “ESPECIAL DO JÚRI”

Written by on 12/09/2020

EM VENEZA. Depois dos prémios paralelos conquistados sexta-feira em Veneza, o filme “Listen”, da portuguesa Ana Rocha de Sousa, conquistou o prémio “Leão do Futuro” e o prémio especial do Júri da secção “Horizontes”.

MCCHoje às 18:28

A primeira longa-metragem da cineasta era uma das películas nacionais a competir na secção oficial “Horizontes”, na 77.ª edição do mítico festival italiano (a outra era a curta “Tee Shift”, de Laura Carreira).

Visivelmente emocionada, a realizadora subiu ao palco onde foi entregue o palmarés deste ano e, em lágrimas, agradeceu ao “Instituto do Cinema e Audiovisual, à RTP e Rodrigo Areias”, produtor português de “Listen”. Mas mais importante que o meu cinema, sublinhou Ana Rocha de Sousa, “a mensagem que queremos divulgar é que é importante proteger os que precisam de proteção. Este filme é dedicado a todas as famílias atravessam tempos difíceis”.

Pouco depois, o segundo anúncio: “Listen” conquistou também o prémio Especial do Júri da secção onde competia. A cineasta, incrédula, voltou a agitar a sessão com uma demonstração de grande euforia. Agradecendo ao júri, realçou que “toda a gente percebe que isto é muito emocionante, Muito obrigado!”, repetiu.

“Listen” é a primeira longa-metragem da atriz e realizadora Ana Rocha de Sousa e a narrativa inspira-se em factos reais. É um drama familiar de uma família portuguesa emigrada no Reino Unido, a quem os serviços sociais lhe retiram os três filhos menores, por suspeita de maus tratos.

Esta sexta-feira, foi anunciado que Ana Rocha de Sousa tinha conquistado o Bisato D’Oro para Melhor Realização, um prémio decidido pela crítica independente em Veneza, e também o galardão o prémio “Sorriso Diverso Venezia, pela sua abordagem às questões sociais”.

Trata-se de uma coprodução da portuguesa Bando à Parte e da britânica Pinball Londo. Foi rodado nos arredores da capital inglesa e tem elenco português e inglês, encabeçado por Lúcia Moniz, Ruben Garcia e Sophia Myles. Chegará aos cinemas portugueses em 2021.

Em 2019, o prémio Bisato d’Oro de melhor realização foi atribuído ao filme português “A Herdade”, de Tiago Guedes.

(via: jnartes)


Current track

Title

Artist