MILANO DESIGN FILM FESTIVAL A 12 E 13 SETEMBRO NO MAAT

Written by on 11/09/2020

Milano Design Film Festival acontece a 12 e 13 de Setembro, inserida na programação Mode 2020.

Maat

A arquitectura e o cinema estarão em destaque no MAAT, no âmbito da programação Mode 2020. A 12 e 13 de Setembro, o museu na zona ribeirinha da cidade recebe o MILANO DESIGN FILM FESTIVAL, que apresenta uma selecção especial de documentários que exploram temáticas da arquitectura e a sua relação com a construção na cidade.

“O que representam os estilos, os materiais ou as proporções de um prédio? O que esperam os clientes dos arquitectos? Uma expressão do poder, da riqueza, do glamour, da inovação?”, questiona a sinópse do evento. “Se as edificações reflectem a época da sua construção, a sensação que se pretende criar deve ser vital, envolvente. Quando se habita ou simplesmente se observa um edifício é possível identificar-se com o mesmo, partilhando a sua linguagem e a mensagem que inevitavelmente este exprime”.

A programação arranca no sábado (12), às 15.00, com a projecção de Addis Abeba. Chinese New Flowers, de Silvan Hagenbrock, filme que aborda a transformação da capital nos últimos anos graças à intervenção da construção chinesa. The Real Thing, de Benoit Felici, produção gravada em realidade virtual, por sua vez, viaja pela China dando a conhecer todos os monumentos e áreas residenciais copiados de outros pontos do mundo.

Jean Nouvel Reflections, de Matt Tyrnauer, Francis Kéré: An Architect Between, de Daniel Schwartz e QE II Supreme Courts, de Alex Chomicz são outras das fitas em cartaz no primeiro dia do evento.

No domingo (13), é a vez de Palace for the People, de Boris Missirkov e Georgi Bogdanov. O duo de cineastas explora a vida e a morte de cinco edifícios da arquitectura socialista, que com o passar dos anos foram testemunhas dos tumultos que assolaram a Europa de Leste na segunda metade do século XX. O Palácio Nacional da Cultura em Sofia, na Bulgária ou a Universidade Estatal de Moscovo, na Rússia, o Palácio do Parlamento em Bucareste, na Húngria, são alguns dos edifícios dados a conhecer. Sleeping Beauties, de Alexandre Humbert, acompanha a viagem de Julia, num resort de luxo abandonado na cidade Mudurnu, no noroeste da Turquia. Learning by Doing, de Fabio Petronilli, The Impossible Cities, de Chus Dominguez e Petite Histoire des Plateaux Abandonnés, de Rä di Martino são as restantes obras em exibição no segundo dia.


Current track

Title

Artist