TEATRO INDEPENDENTE OEIRAS APRESENTA “OS IMPAGÁVEIS”

Written by on 25/06/2020

Sextas e sábados às 21:30 De 4 de junho a 1 de agosto

PRIMEIRO TEATRO A ABRIR PORTAS EM PORTUGAL, DEPOIS DO ENCERRAMENTO DAS ACTIVIDADE NO ÂMBITO DA PANDEMIA COVD-19

IMPAGÁVEIS

de Teresa Frota

68ª produção do T.I.O. 

4 PRÉMIOS

69 PRODUÇÕES

4.136 SESSÕES

421.329 ESPECTADORES

logo TIO com Lett

logoTIO

“Os Impagáveis” é uma comédia musical passada nos loucos anos 20. Estreou no Rio de Janeiro tendo sido convidada para importantes festivais no Brasil onde ganhou 7 dos 14 prêmios para que foi indicada, incluindo o Prêmio MEC – Troféu Mambembe (Ministério da Educação e Cultura), de Melhor Espetáculo. 

Estreia em Março de 2020, em Lisboa, com produção do Teatro Independente de Oeiras. 

O texto é da premiada autora Teresa Frota com encenação de Henri Pagnoncelli e interpretação de Ana Sofia, Carlos d’Almeida Ribeiro, Jaime Soares, Lourenço Henriques, Luís Viegas, Paula Marcelo e Pedro Rodrigues. As músicas originais são de Cacau Ferreira Castro. 

Com muita dança esta comédia de gangsters faz divertidas homenagens ao cinema, com citações a filmes como E tudo o vento levou, Casablanca, A Rosa púrpura do Cairo, O Pátio das Cantigas, Os Dois Ladrões, e a grandes comediantes como Bucha e Estica, Vasco Santana, Oscarito e Grande Otelo, Os Três Patetas, Jerry Lewis e Dean Martin. 

A história gira em torno de dois vilões, Luxúria e Carcaça, donos do mais famoso cabaré de Lisboa, o Lulu’s Club. Eles desafiam o Inspetor da Polícia, inspirado no detetive Sam Spade, com um plano diabólico para desestabilizar a economia do país.

 O clima negro é quebrado por números musicais coloridíssimos.

A pontuar a peça foi produzido um filme especialmente para o espetáculo com a estética do cinema mudo, que divide o espaço com a cena ao vivo. 

A brincar com o surgimento do rádio, do telefone e, principalmente do cinema, invenções que na época mexeram com a emoção das pessoas, a peça fala de questões atuais sem perder o foco no que realmente interessa: divertir. 

O espetáculo é uma injeção de bom humor, um retorno aos anos 20, anos loucos cheios de charme, sedução e perigos. 

Ficha técnica

Texto: Teresa Frota | Encenação e Direcção de Actores: Henri Pagnoncelli | Assistência de Encenação: Teresa Frota e Manuela Moog | Coreografia original: Marcello Caridad  | Coreografa residente:  Catarina Ribeiro | Produção: TIO | Produtores Executivos: Carlos d’ Almeida Ribeiro e Teresa Frota  | Musica original: Cacau Ferreira Castro| Produção Musical: Miguel  Teixeira | Direcção Musical: Pedro A. Rodrigues | Execução Cenográfica: Carlos d’ Almeida Ribeiro, Maycon Guane e Giovani Valada | Figurinos: Teresa Frota| Design Gráfico: Silvana Mattievich e Jose Pedro Ramos | Captação de Vídeo, Realização e Edição de imagens: José Correia | Fotografia: Nuno Fernandes | Operação de Luz: Maycon Guane | Sonoplastia e operação de som: Marcelle Souza | Direcção de cena: Tânia Monteiro | Assistentes de Palco: Mariana Goldani Rosa, Catarina Ribeiro, Solange Brás e Milena Vasconcelos | Assistente técnico: Nuno Vilarinho 

Elenco e Personagens 

Carlos d’Almeida Ribeiro……Carcaça e Carlinho

Lourenço Henriques…………..Inspector Zé de Brito

Pedro A Rodrigues……………..Manuel Joaquim

Jaime Soares………………………Guarda Magro

Luís Viegas………………………….Joaquim Manuel

Paula Marcelo…………………….Luxuria 

Ana Sofia Gonçalves……………Molly

Preços

Bilhete Normal: 15,00€

Maiores de 65 anos: 12,00€

Menores de 25 anos: 12,00€ 

Duração e Classificação

Duração: 90 m

Maiores de 12 anos

Localização

Edifício Parque Oceano | Rua Dr. José Joaquim de Almeida, 2 – Sto. Amaro de Oeiras


Current track

Title

Artist