[There are no radio stations in the database]

    AS CORES DOS AUTORES “ANTÓNIO MANUEL PALHINHA” NA ESCRITA O SENTIDO DA VIDA.

    Written by on 12/06/2020

    14:30/16:30H 13 JUNHO

    AS CORES DOS AUTORES.

    Na tela da Rádio, Histórias, Conversas, Confidencias, Sensibilidades. Esculpindo Memórias.

    Produz e Realiza JORGE GASPAR.

    Na emissão de hoje, a presença de António Manuel Palhinha.


    Em destaque o seu livro “No Silêncio das Palavras – Fragmentos de Mim”, Chancela Emporium Editora.

    Lançamento no Centro Cultural Malaposta com Apresentação do Dr. Mário Máximo.

    Em retrospectiva também os seus trabalhos literários: “O Menino que Sonhava com as Letras”(Conto Infantil), Chancela Chiado Editora, O Espantalho Espanta “Milharucos (Conto Infantil), Chancela Chiado Editora, “Desassossego da Minha Alma” (Poesia e Prosa),Chancela Edições Vieira da Silva.

    ANTÓNIO MANUEL PALHINHA

    António Manuel Palhinha nasceu em Lisboa na Maternidade Alfredo da Costa (Portugal) no dia 13 de Maio de 1967 dia de Nossa Senhora de Fátima. Desde os primeiros dias foi residir para a cidade de Odivelas onde vive até aos dias de hoje. Um apaixonado pela Medicina, nomeadamente Cardiologia e Medicina de Catástrofe. Foi alistado das Formações Sanitárias da Cruz Vermelha Portuguesa tendo sido aluno de mérito na 5ª Escola de Alistados da Delegação da Amadora – primeiro curso até então em que um aluno do sexo masculino se distinguiu como primeiro classificado – Gestor de Emergência e Serviços Continuados e Gestor em Emergência de Catástrofe, Licenciado e Doutorado pela Boston University em Emergency Management and Continuity Services. É pioneiro em vários projetos de âmbito nacional e internacional como: – Formação em Primeiros Socorros para Cegos e Ambliopes (Projeto Pioneiro a Nível Mundial); Projeto Socorrismo na nossa escola, Projeto Saúde na nossa escola, Projeto de Língua Gestual Técnica em Saúde para profissionais de Saúde e Emergência, realizado na Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa. É Formador Certificado pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional Português desde 1999, e pelo Concelho Cientifico-Pedagógico para a formação contínua de professores desde 2003, em várias áreas e domínios com aplicação a Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico e Secundário. 

    Um amante das letras, desde cedo manifestou interesse pela poesia começando aos 10 anos a redigir os seus primeiros versos e poemas. Aos 28 anos começou a escrever os primeiros contos infantis, romance e crónicas. Intercala nas suas obras infantis páginas em branco, convidando as crianças a fazer ilustrações da história, como uma fórmula de incentivo à interação com o livro e desenvolvimento do interesse pela leitura. Um conceito que estimula a criatividade e o imaginário, permitindo a estes, no momento da leitura ou como ouvinte do conto, sentirem-se também, um coautor da obra, fazendo ilustrações no próprio livro ou ainda escrever a sua própria versão.

    No âmbito das letras é autor do projeto SONHAR COM AS LETRAS. Projeto cujo lema é “Onde Existir uma Criança faça chegar-lhe um LIVRO”. Projeto com a possível adaptação a jovens e adultos analfabetos ou com baixa literacia. Já enquadra uma peça de teatro e foi implementado no Brasil pela Associação Cultural Barão de Ayuruoca numa cidade do interior do estado do Rio de Janeiro – Cidade Mar de Espanha. A peça de teatro infantil adaptada do livro O Menino que Sonhava com as Letras percorreu 4 cidades do interior do Estado do Rio de Janeiro tendo alcançado mais de 1800 crianças, jovens e adultos no ano de 2017. Em Portugal nunca recebeu apoios.

    – Projeto “AS CRIANÇAS DA MINHA RUA FORAM ESCRITORES POR UM DIA” Com apresentação na VII Bienal de Culturas Lusófonas – VII Encontro de Escritores Lusófonos na Cidade de Odivelas em 2019.

    PEÇAS DE TEATRO ADAPTADAS DOS SEUS LIVROS INFANTIS:

    – O MENINO QUE SONHAVA COM AS LETRAS – Adaptação do seu livro infantil com o mesmo título pelo Grupo de Teatro da Associação Cultural Barão de Ayuruoca. 

    – O ESPANTALHO ESPANTA “MILHARUCOS” – Adaptação do seu livro infantil com o mesmo título pelo Grupo de Teatro da Associação Cultural Barão de Ayuruoca.

    Obras já publicadas:

    O Menino que Sonhava com as Letras (Conto Infantil), um livro que promove o incentivo à leitura (Chiado Editora), com páginas em branco onde o autor convida as crianças a interagir com o livro a ilustrar ou a escrever a sua versão do conto;

    Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é CAPA%2BO%2BMENINO%2BQUE%2BSONHAVA%2BCOM%2BAS%2BLETRAS.jpg

    O Espantalho Espanta “Milharucos” (Conto Infantil) – Um livro que sensibiliza contra o racismo, o preconceito, a indiferença. Escrito em prosa poética, com os diálogos dos personagens em verso. É atualmente um livro reconhecido como um forte contributo no combate ao bullying (Associação Portuguesa Anti – Bullying) – Obra Escrita em 2000, editada e publicada em 2015 (Chiado Editora). Mantém o mesmo princípio das páginas em branco. Integra um projeto do gabinete de Psicologia Escolar na Escola Básica Casal da Barôta – Massamá – Queluz, para o ano Lectivo 2018/2019. O objetivo deste projeto é promover a leitura, bem como o desenvolvimento de competências cognitivas, emocionais e relacionais, diretamente implicadas na aprendizagem escolar e na aquisição de competências sociais.  O Espantalho Espanta “Milharucos” venceu ainda o prémio de Melhor Livro Infantil no Estado de Santa Catarina no Brasil;

    Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é _MG_3810.JPG

    Desassossego da Minha Alma (Poesia e Prosa), Editora Vieira da Silva;

    Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é DMA-1024x864.jpg

    No Silêncio das Palavras Fragmentos de Mim: Obra mais recente indicada para prémios literários nacionais e internacionais. (Conto, Crónicas, Prosa Poética, Reflexões) É uma obra de forte intensidade literária. Interpõe o sonho e o pensamento racional, a fantasia e o discurso analítico, ecos de contemplação e de entrelace entre as imagens, a meditação, os sentidos e as palavras. Uma obra mais intimista onde o autor confidencia um universo de emoções e sentimentos; encontro e desencontro de desejos e reminiscências que se misturam no tempo psicológico da sua verdade (…) Um livro indicado para jovens do 10º ao 12º ano, estudantes universitários e adultos. Emporium Editora. Lançamento realizado em Portugal no dia 07/12/2018.

    Várias crónicas publicadas em revistas literárias e culturais no Brasil, França e Suíça.

    – Conta ainda com mais 12 obras registadas na Inspeção Geral das Atividades Culturais entre as quais: Poesia, Prosa Poética, Crónicas, Conto e Romance.

    OBRAS COLETIVAS PUBLICADAS EM QUE PARTICIPOU

    7ª Antologia Poética da ALAF Literarte Celebra o Ceará – Academia de Letras e Artes de Fortaleza. 

    I Antologia do Núcleo Académico de Letras e Artes de Lisboa – Vozes Portuguesas. (Coordenador e mentor da Antologia)

    É Urgente o Amor Poesia (Editora Edições Vieira da Silva)

    Poema Mulher – Poesia (Editora Edições Vieira da Silva)

    – 1ª Antologia da Academia de Letras e Artes de Brumado – Bahia (Brasil)

    – Coautor na Colectânea Literária IDEÁRIOS de Poesia, Prosa poética e Ensaio em Setembro de 2019 com nomes consagrados da poesia e literatura Portuguesa e Brasileira – Alice Vieira, António Sem, Mário Máximo, Álvaro Giesta, Célia Moura, Flávio Ulhoa, Joaquim Moncks, Clara Maria Barata. 

    Instituições Nacionais e Internacionais de que é membro

    – Foi Presidente do Núcleo Académico de Letras e Artes de Lisboa (Janeiro de 2016 a Junho de 2017);

    – Membro Efetivo da Associação Portuguesa de Escritores – nº 1450;

    – Membro Efetivo do PEN Clube Português – Afiliado do PEN International A MAIOR E A MAIS IMPORTANTE organização mundial de escritores empenhada na defesa, não só da sua liberdade de expressão, mas também dos direitos e dos valores humanistas.

    Member of International Writers and Artist Association – IWA (USA);

    Académico Correspondente Internacional Fundador da AMBA – Academia Mineira de Belas Artes – Minas Gerais;

    – Académico Correspondente Internacional da Academia de Letras e Artes de Brumado (Primeiro Escritor e Poeta Português a ingressar na Academia);

    – Académico da Divine Académie Française des Arts Lettres ets Culture – Paris, Condecorado com a medalha e Grau de Embaixador Cultural para a Língua Portuguesa;

    – Membro da Communauté Européenne des Arts – França – desde Maio de 2017

    – Académico Correspondente Internacional da Academia de Letras e Artes de Fortaleza.

    – Académico Correspondente Internacional da Academia de Letras Música e Artes de Salvador.

    – Orador na VI e VII Edição da Bienal de Culturas Lusófonas e Encontro de Escritores da mesma na Cidade de Odivelas.

    – Orador VII Encontro de Escritores Lusófonos sob o tema: A ARTE DA ESCRITA TODO O POETA, TODO O ARTISTA É ARTESÃO DE UMA LINGUAGEM.

    – Participante no I Congresso Internacional José Saramago 2019

    – Participante no VI e VII Fórum da Lusofonia

    – Participante na III Edição dos Prémios da Lusofonia Género Literatura (vencedora escritora Nélida Piñon) – Primeira Mulher Presidente da Academia de Letras do Brasil em 1995.

    – Participante na conferência “A CULTURA A QUE TENHO DIREITO” Outubro de 2017 da Fundação ARPAD SZENES

    PRÉMIOS, CONDECORAÇÕES, HOMENAGENS E DISTINÇÕES

    Premiado com Diploma e Medalha de Destaque Literário Lusófono no II Encontro Internacional de Culturas Lusófonas – Portugal – Caminha/Maio de 2016

    Condecorado com a Medalha de Mérito Cultural Austregésilo de Athayde – Em prol do engrandecimento da Cultura Luso – Brasileira – Academia de Letras e Artes de Paranapuã (Fundada em 21 de setembro de 1989) – Rio de Janeiro Em Janeiro de 2017

    – Condecorado com a Comenda Honorifica Barão de Ayuruoca – Instituto Cultural Barão de Ayuruoca. Pelos relevantes serviços prestados à Cultura e bem-estar de toda a Sociedade – Em Janeiro de 2017

    – Condecorado com a Comenda da Paz Nelson MandelaPor Serviços Prestados à Humanidade, através da INFLUÊNCIA INTELECTUAL, CIENTÍFICA E ARTÍSTICA – Em 16 de Dezembro de 2016 – Conselho Internacional dos Académicos de Ciências, Letras e Artes/Instituto Comnène Palailogos de Educação e Cultura. Entidade Académica Signatária do Pacto Global da ONU sob o nº 39 621 – São Paulo

    – Condecorado com a Comenda Honorifica Conde Phellipe Cheverny – França – Honra e Reconhecimento de Valor Artístico – Em 25 de Maio de 2017 – Communauté Européenne des Arts.

    Condecorado com a medalha Grau de Embaixador Cultural para a Língua Portuguesa pela Divine Académie Française des Arts Lettres ets Culture – Paris

    – Homenageado com o Troféu Cristo Redentor pela Academia de Letras e Artes de Paranuapã – Rio de Janeiro, em reconhecimento pelas iniciativas culturais promovidas além- mar e pelas ações desenvolvidas em prol do conhecimento e da cultura.

    – Prémio melhor do ano 2017 categoria Livro Infantil – Estado de Santa Catarina – Brasil.

    – Homenageado pela Revista Repórter X – Suíça – em reconhecimento do trabalho Cultural e Literário em prol da Língua Portuguesa – Genève 2017

    – Homenageado pela Cidade de Odivelas/Distrito de Lisboa pelos serviços prestados – 2019

    – Indicado ao Grande Prémio de Crónicas e Dispersos Literários, Obras publicadas em 2018, da Associação Portuguesa de Escritores (APE).

    – Indicado ao Prémio de Narrativa 2019 do PEN Clube Português.

    – Indicado ao Grande Prémio Internacional Oceanos – Prémio de Literatura em Língua Portuguesa 2019.

    António Manuel Palhinha intitula-se um escrevinhador de palavras, sonhador das letras e um cidadão do mundo.