FESTIVAL DIGITAL “ABRIL AGORA” 25 ABRIL 14:00|22:30H

Written by on 25/04/2020

Pela mão do Movimento 2519 nasce o Festival Digital ABRIL AGORA.

Durante o período de quarentena provocado pela pandemia Covid-19, o Movimento 2519 propõe que as comemorações do 25 de Abril sejam feitas através dos meios digitais, e não na rua. Para isso desafia artistas e não artistas a partilhar intervenções criativas para celebrar a liberdade, sem sair de casa.

O Festival ABRIL AGORA cresce da necessidade de marcar o dia de um dos momentos mais importantes da História recente de Portugal, numa altura em que a organização de eventos públicos com presença física está interdita.

Durante o dia 25 de Abril, João Afonso, Nuno Barroso, Linda Rodrigues, Atelier Ser, Filipe Monteiro e Artelier? entrarão em directo a partir da página de Facebook do Movimento 2519 para a realização de concertos, leitura dramatizada, workshp de serigrafia, espectáculo de magia e uma “Queima-Canção”.

Em diferido, será transmitida a peça de teatro musical “A Memória Não Morre”, pela mão da Companhia de Teatro do Ribatejo e Tons de Abril.
A dupla CANTUSd’Alma apresenta um tema de Zeca Afonso cantado A capella, Castro Guedes faz a leitura dramatizada do texto próprio “- É a Revolução! – Qual? A nossa ou a deles?” e Filomena Gigante apresenta “Fruto Proibido”, ilustrado por Luís Gigante.

A interpretação em Língua Gestual Portuguesa estará a cargo de Dalila Pereira e Cláudia Valadares. Por constrangimentos logísticos, nas intervenções em directo não haverá lugar a interpretação.


Current track

Title

Artist