“MOMENTO VIVO 71 POEMAS FAVORITOS & 21 NOVOS” RONALDO WERNECK

Written by on 13/01/2020

MOMENTO VIVO 71 poemas favoritos & 21 novos (Editora Tipografia Musical ).
De selva selvaggia (1976), seu primeiro livro de poesia, a o mar de outrora & poemas de agora (2014), Werneck, num processo cabralino de catar seus feijões, revisita aqui toda sua obra poética, com um plus de 21 novos poemas. (Bruno D´Abruzzo, Editor/São Paulo)
(Editora Tipografia Musical / Novas Grafias, São Paulo, 2019)

Ronaldo Werneck nasceu em Cataguases-MG, morou por mais de 30 anos no Rio de Janeiro e voltou a viver na cidade natal desde o final do século passado.

Jornalista e crítico, colaborou com vários jornais e revistas cariocas: Jornal do Brasil, Pasquim, Diário de Notícias, Última Hora, Revista Vozes, Revista Poesia Sempre e Revista História, ambas da Biblioteca Nacional. Em 2013, organizou a edição especial sobre Cataguases para o Suplemento Literário Minas Gerais. Desde 1968 colabora com o Suplemento, onde publicou poemas, resenhas e algumas críticas de cinema.

Poeta, tem nove livros publicados: Selva Selvaggia (1976), pomba poema (1977), minas em mim e o mar esse trem azul (1999), Ronaldo Werneck Revisita Selvaggia (2005), Noite Americana/Doris Day by Night (2006), Minerar O Branco (2008), cataminas pomba & outros rios (2012), o mar de outrora & poemas de agora (2014), MOMENTO VIVO 71 poemas favoritos & 21 novos (Editora Tipografia Musical ) 2019.

O escritor lançou também em 2009 o livro-ensaio Kiryrí Rendáua Toribóca Opé – humberto MAURO revisto POR ronaldo WERNECK e os livros de crônicas Há Controvérsias 1 (2009) e Há Controvérsias 2 (2011). Em 2001, gravou em show ao vivo o cd Dentro & Fora da Melodia/Que papo é esse, poeta?

Editor de Suplementos Literários, ensaista, tradutor e crítico de literatura, cinema e artes plásticas, tem textos e artigos publicados em vários veículos da mídia. Desde os anos 1990, assina a coluna “Há Controvérsias”, publicada em vários blogs e no Jornal O Liberal, de Cabo Verde. Produtor Cultural, foi um dos realizadores dos dois Festivais Audiovisuais de Cataguases – Música e Poesia (1969/1970) e Coordenador da Exposição Os Mineiros do Pasquim, em 2008.

Videomaker, editou em 2009 dois filmes sobre a trajetória do cineasta Humberto Mauro, sOLdade mauro move O mundo. Dedica-se, atualmente, a editar registros audiovisuais captados em vários formatos (Super 8, VHS, Super VHS, digital) ao longo dos últimos 30 anos.

Membro do Pen Clube do Brasil, Ronaldo Werneck é verbete da “Enciclopédia da Literatura Brasileira”, da Academia Brasileira de Letras, e do Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira.


Current track

Title

Artist