Current track

Title

Artist

Current show

 

Background

“PASSEAR PELA HISTÓRIA” PORTIMÃO 10 AGO – 29 SET

Written by on 07/08/2019

Exposição “Passear pela História da Zona Ribeirinha de Portimão”

10 de agosto a 29 de setembro 

Mostra inaugura na Praça Manuel Teixeira Gomes e é organizada pelo Grupo de Amigos do Museu de Portimão (GAMP), em estreita colaboração com a Junta de Freguesia de Portimão, o Museu e o município de Portimão.

A exposição abre ao público no dia 10 de agosto, sábado, às 19h00, e estará patente até ao dia 29 de setembro.

«Potenciador de diversos encontros civilizacionais, económicos e culturais, este lugar de partidas e chegadas», localizado na margem direita do Arade, foi sendo desenhado e transformado na sua forma urbana atual, através do recurso a terras conquistadas ao rio».

Desde sempre e ao longo do tempo, revelou-se uma zona portuária «de forte intercâmbio comercial, marítimo e industrial, especialmente direcionada para a realidade piscatória, com especial destaque para a descarga do peixe, um dos momento mais aguardados e intensamente vividos no antigo cais, antes da mudança final dessa atividade para as novas instalações na margem esquerda do rio, em 1987».

Esta é a terceira edição de um projeto de exposições de rua, iniciado pelo Grupo de Amigos do Museu de Portimão em 2017.

A organização da mostra desvenda que «através de painéis metálicos e fotografias de grandes dimensões, a população residente, demais visitantes e turistas, são surpreendidos e confrontados com um inesperado mas agradável momento de encontro com imagens que marcaram a evolução histórica e social de Portimão e, neste caso, com esta dinâmica área localizada à beira-rio».

«Passear pela História» é uma proposta de exposições que pretende igualmente fortalecer a identidade da comunidade, valorizar a cidade e o município, enquanto destino cultural e de lazer, proporcionando, «de forma informal, uma descontraída viagem no tempo, entre memórias e vivências sociais resultantes de uma geografia atlântica e fluvial, que sempre caracterizou historicamente este município».

(via: barlavento.pt)