Current track

Title

Artist

Current show

 

Background

AS CORES DOS AUTORES 69ª EMISSÃO 14:30/16:30H VÍTOR ILHARCO. SISTEMA PRISIONAL. JUSTIÇA E DIREITOS HUMANOS.

Written by on 07/06/2019

AS CORES DOS AUTORES.

Na tela da Rádio,Histórias,Conversas,Ideias,Sensibilidades.Esculpindo Memórias.Produz Realiza JORGE GASPAR.

Emissão 69 – 8 Junho. A presença de Vítor Ilharco, a propósito do livro “SISTEMA PRISIONAL PORTUGUÊS – TODA A VERDADE” Chancela Emporium Editora.

“Este livro, para além de obra recomendada ao cidadão comum, deveria até constituir, também, um compêndio obrigatório para os responsáveis políticos da área da Justiça, dos Direitos Humanos, da Reinserção Social e, sobretudo, dos Serviços Prisionais….”
Prof. Doutor António Garcia Pereira, Advogado

“Pela obra de Vítor Ilharco perpassa um grito amargo de revolta. A demonstrar a verdade de que “a prisão deixa o preso fora da lei.”
Dr. Alberto Pinto Nogueira, Procurador-Geral Adjunto, Jubilado

“A obra aborda um dos mais candentes temas incluídos na tutela dos Direitos Humanos no Portugal do Século XXI – a questão prisional!”
Dr. Paulo Saragoça da Mata, Presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados 

“É ao combate do sabor amargo desta realidade que o autor dedica o melhor de si próprio e nos faz acreditar que “vale a pena” lutar pela reinserção à luz dos princípios universais da democracia, de que os grupos mais fragilizados não podem ser excluídos.”
Dra. Maria do Céu Cotrim, Presidente da “APAR”

Vítor Ilharco

Nasceu em Castro-Daire. Foi jornalista durante anos (iniciou a sua actividade, na década de 70, no “Jornal do Fundão”). Foi Director dos jornais “O Raio”, “A Semana de Leiria” e “Zona Centro”, da revista económica “Portugal – As Empresas Privadas” e do jornal humorístico “O Chato”. Foi Director de Informação da “Rádio 94 FM”. Chefiou a Delegação do Porto do Jornal “O País”. Tem colaboração espalhada por vários jornais de diversos países. A partir de 1992 abraçou a carreira de assessoria política e de imprensa que desempenhou em três países. É, actualmente, Secretário- Geral da “APAR – Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso”, de que é fundador e sócio número um.