Current track

Title

Artist

Current show

NTR BY MORNING

09:15 11:30

 

Background

“SOU DO FADO I LISBOA NA RUA. EM AGOSTO E SETEMBRO QUATRO GRANDES CONCERTOS DE FADO NA PRAÇA DO MUNICÍPIO LISBOA.

Written by on 20/08/2018

Quatro noites, quatro fadistas. Novas vozes e vozes de sempre. A Praça do Município é este ano o lugar escolhido para se fazerem ouvir o trinar das guitarras e as palavras dos poetas, com concertos de entrada gratuita que celebram Lisboa, o amor e o ciúme, a sorte e o destino. Um espetáculo que faz parte da programação do Lisboa na Rua 2018.

 Paulo Bragança, Teresinha Landeiro, Sara Correia e Katia Guerreiro são os nomes que irão levar o fado à Praça do Município, em Lisboa, numa série de quatro concertos em nome próprio. “Sou do Fado” é o nome da iniciativa co-produzida pelo Museu do Fado e integra a programação deste ano doLisboa na Rua, evento cultural organizado pela EGEAC. Paulo Bragança é o primeiro a subir ao palco, na noite de 23 de Agosto, revelando a presença e a voz que fizeram dele o fadista rebelde e inovador dos anos 1990. Tendo ficado associado a uma estética gótica e às influências de vanguarda que introduziu no fado, editou o primeiro álbum em 1992. Depois de cerca de dez anos afastado, regressou em 2017 e abraçou de novo o fado com a mesma alma do início. Recentemente lançou o tema Cativo, a primeira amostra de Exílio, o álbum em que tem vindo a trabalhar com o produtor Carlos Maria Trindade. Uma semana depois, a 30 de Agosto, a protagonista é Teresinha Landeiro que leva à Praça do Município o seu primeiro disco – Namoro, com letras escritas por si numa renovação do repertório tradicional. Considerada uma das fadistas mais representativas da nova geração, canta desde pequena e foi na sua primeira actuação em público – aos 12 anos – que conheceu a fadista Raquel Tavares, hoje sua madrinha artística e grande referência.Sara Correia é a fadista que se segue, no dia 6 de Setembro, mostrando a força de quem nasceu e cresceu no meio do fado. Com apenas 23 anos mas muitas competições de fado ganhas, é hoje presença assídua nas melhores casas de fado da capital, onde tem aprumado a técnica e treinado o sentimento aliado ao poema. Neste concerto irá apresentar o seu primeiro álbum. A programação “Sou do Fado” termina na noite de 13 de Setembro com a actuação de Katia Guerreiro, uma das mais importantes fadistas da actualidade. A celebrar a maioridade da sua carreira, Katia Guerreiro é unanimemente reconhecida como uma das principais embaixadoras do fado no mundo, tendo sido este ano escolhida pelo tenor Plácido Domingo como a representante portuguesa da iniciativa Ode2JoyChallenge, desafio que celebra e promove o património cultural europeu. Katia Guerreiro encontra-se a terminar o seu décimo álbum, produzido por José Mário Branco.

Lisboa na Rua

Os quatro concertos integram a programação do Lisboa na Rua’18, uma iniciativa da EGEAC que, todos os anos, leva para as ruas, parques e jardins da capital muita música, dança, performances e outras manifestações culturais. Apesar de os programas serem sempre diferentes de ano para ano, há algo que se repete: é tudo gratuito e ao ar livre. À semelhança dos anos anteriores, o Museu do Fado associa-se ao evento e oferece a quem quiser a oportunidade de assistir a quatro concertos memoráveis de quatro artistas ímpares, cada qual homenageando o fado – a sorte e o destino – com o seu jeito e a sua essência. 

Sou Fado | Lisboa na Rua 18

Praça do Munícipio – Lisboa | 21h30 | Entrada Livre

  23 de Agosto – Paulo BragançaPaulo Bragança, o fadista punk como alguns o apelidaram, esteve em exílio espiritual e artístico durante mais de uma década e regressa para retomar um caminho que está longe de ter concluído. Editou o primeiro álbum em 1992. Neste regresso a Portugal, assinou já uma colaboração com os Moonspell, no tema In Tremor Dei, do disco 1755, dedicado ao Terramoto de Lisboa. Em nome próprio, o EP Cativo, lançado este ano, é uma primeira amostra do que vai ser Exílio, o álbum em que Paulo Bragança está a trabalhar com o produtor Carlos Maria Trindade.30 de Agosto – Teresinha LandeiroTeresinha Landeiro é uma das fadistas mais representativas da nova geração do Fado. Nasceu e cresceu em Azeitão e cantou pela primeira vez aos 12 anos. Depois de 10 anos de palcos, de aprendizagem, de partilha e crescimento, Teresinha Landeiro apresenta agora o seu primeiro disco, Namoro, com produção musical de Pedro de Castro. As letras, escritas por Teresinha Landeiro, são uma renovação do repertório do fado tradicional.6 de Setembro – Sara CorreiaFilha de família fadista e de Lisboa, Sara Correia nasceu no fado. Cresceu a cantar nas mais prestigiadas casas de fado de Lisboa e venceu muitas competições de fado, como a Grande Noite do Fado, e hoje é tida já como uma referência. No concerto da Praça do Município vai apresentar o primeiro álbum, um disco homónimo. 13 de Setembro – Katia GuerreiroReconhecida como uma das mais importantes fadistas do novo milénio, Katia Guerreiro é, acima de tudo, uma embaixadora do Fado e de Portugal nos vários palcos e círculos culturais internacionais por onde tem passado, sejam eles a Ópera de Ancara, o Olympia de Paris, a Filarmónica de Berlim ou salas no México, Tailândia, Japão, Líbano ou China. A celebrar 18 anos de carreira, Katia Guerreiro está a terminar o seu 10.º álbum, com produção de José Mário Branco. 
(via: museudofado, publico, Electrico28)