Current track
Title
Artist

Current show

QImusIQ

00:30 02:30

Background

“O HOMEM QUE NÃO CONSEGUIA PARAR” DE DAVID ADAM. UMA INCURSÃO NOS RECANTOS MAIS SOMBRIOS DAS NOSSAS MENTES.

Written by on 10/06/2018

O Homem Que não Conseguia Parar,  de David Adam.

O autor sofreu de perturbação obsessiva-compulsiva (POC) durante vinte anos. Este livro é a sua tentativa desassombrada para compreender a doença e as suas manifestações. O que pôde levar uma rapariga etíope a comer a pouco e pouco uma parede da sua casa? Ou dois irmãos a morrerem sob a avalanche de objetos e lixo que tinham compulsivamente recolhido? Em que momento uma ideia inofensiva se transforma numa vaga de pensamentos indesejados? Baseando-se na investigação neurológica mais recente, bem como em relatos de pacientes e de tratamentos, desafia as ideias feitas sobre normalidade e perturbação mental. Escrito com clareza, humor e lirismo, este livro extraordinário é não apenas a história de um pesadelo pessoal mas uma incursão nos recantos mais sombrios das nossas mentes.

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Depois de sofrer de perturbação obsessiva-compulsiva durante 20 anos, Adam procurou tratamento […] A terapia cognitiva comportamental, e uma dose diária de antidepressivos, permitemlhe hoje controlar os pensamentos intrusivos. Mas como este livro demonstra de forma tão explícita, o interior da mente humana é um local mais estranho do que aqueles de nós que se consideram “normais” gostariam de admitir.»
(The Telegraph)

«Um dos melhores e mais acessíveis estudos sobre uma perturbação mental que surgiram nos últimos tempos. […] David Adam afirma que não se trata de um livro de autoajuda, mas, se ajudar alguém, então os seus “pensamentos estranhos” terão servido para alguma coisa.»
(The Guardian)

«Claro e extremamente acessível… um livro importante com valiosos esclarecimentos para os doentes – bem como para os profissionais da saúde mental, a família e os amigos de todos os que sofrem de POC. Altamente recomendado. Vai mudar a sua maneira de pensar.»
(Sunday Times)

«Uma viagem pelo cérebro de quem sofre de POC, que nos elucida como evoluiu cultural e cientificamente o modo como encaramos e tratamos de uma perturbação que afeta cerca de 3% da população mundial.»
(Nature)

David Adam é escritor e chefe de redação da Nature. Foi correspondente do The Guardian de ciência, medicina e ambiente. Considerado autor do ano, na categoria de artigos de fundo, pela Association of British Science Writers, realizou reportagens na Antártida, no Ártico, na China e na floresta amazónica.