“PUBLICAÇÃO DA MORTALIDADE” – A POESIA REUNIDA DE VALTER HUGO MÃE.

Escrito por em 11/03/2018

Uma viagem pelos diferentes momentos da criação poética do autor, somos neste livro surpreendidos por imagens intensas, espelho da vulnerabilidade perante a dureza do mundo, uma poesia íntima que comove e perturba com a maneira própria como são tratados os seus temas fundamentais: sagrado, criação, solidão, amor, fragilidade, violência.

à mínima palavra santa
a sobra de um gato
se move na casa

animal litúrgico

deus é proibido pela
sinfonia que começa

escutar
de todo o modo
é prece

Valter Hugo Mãe é um dos mais destacados autores portugueses da atualidade. A sua obra está traduzida em variadíssimas línguas, merecendo um prestigiado acolhimento em países como o Brasil, a Alemanha, a Espanha, a França ou a Croácia. Publicou sete romances: Homens imprudentemente poéticosA desumanizaçãoO filho de mil homensa máquina de fazer espanhóis (Grande Prémio Portugal Telecom Melhor Livro do Ano e Prémio Portugal Telecom Melhor Romance do Ano); o apocalipse dos trabalhadoreso remorso de baltazar serapião(Prémio Literário José Saramago) e o nosso reino. Escreveu alguns livros para todas as idades, entre os quais: Contos de cães e maus lobosO paraíso são os outrosAs mais belas coisas do mundo e O rosto. A sua poesia está reunida no volume publicação da mortalidade (Assírio & Alvim). Publica a crónica Autobiografia Imaginária no Jornal de Letras.

Opiniões do leitor

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


NTR – Network Rádio

A Rádio Que Se Distingue na Rede

Current track
TITLE
ARTIST

Background